Abordagem contingencial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2173 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A ABORDAGEM CONTINGENCIAL
Contingencia quer dizer algo que pode ou não suceder, pois depende das circunstancias. A abordagem contingencial diz que não se alcança a eficácia organizacional seguindo somente um modelo.
Uma nova perspectiva teórica foi trazida através da abordagem contingencial, a qual explica que a estrutura da organização e o seu funcionamento irão depender da interface com oambiente externo, ou seja, diferentes ambientes trazem diferentes modelos.

ORIGEM DA TEORIA DA CONTINGENCIA
Surgiu a partir de varias pesquisas que foram realizadas para verificar os modelos organizacionais mais eficazes nos diversos tipos de indústrias. Os pesquisadores abordaram inúmeros aspectos que compunham o sucesso ou não de várias organizações, para então passarem a compreender eexplicar a forma que as empresas funcionavam nas mais diversas situações.
“Na segunda metade da década de 70 mais um enfoque de ciências administrativas chega à América Latina, o enfoque contingencial ou situacional. Esse enfoque representa, em última análise, a constatação de que continua não existindo uma teoria administrativa aplicável a todos os casos e a todas as circunstâncias. Cada um dosenfoques ou combinação de enfoques se presta melhor à análise de certa e determinada situação do que outro enfoque ou cominação de enfoques.” ( WARLICH,Beatriz, 1986)
“A abordagem contingencial salienta que não se atinge a eficácia organizacional seguindo um único e exclusivo modelo organizacional, ou seja, não existe uma forma única que seja a melhor para organizar no sentido de se alcançarobjetivos altamente variados das organizações dentro de um ambiente de trabalho também variado” (CHIAVENATO, 1983)

PESQUISA DE CHANDLER
Em 1962, foram estudadas quatro empresas americanas de grande porte (a DuPont, a General Motors, a Standar Oil Co, e a Sears Roebuck & Co) por Alfred Chandler. Foi relatado que as estruturas estas empresas foram necessariamente adaptadas e ajustadas às suasestratégias por todo um processo histórico, que envolveu quatro fases:
Acumulação de Recursos: A expansão ferroviária fortaleceu o mercado de ferro e aço, e o mercado de capitais. E devido a isso, ocorreu um grande crescimento urbano, que foi gerado pelas facilidades geradas pelas estradas, como a migrações. Então, as empresas tiveram que ter as suas instalações de produção ampliadas, e tambémprecisaram organizar melhor a rede de distribuição das mesmas. Passaram então a deter o mercado de matérias primas, que favoreceu o crescimento dos órgãos de compra e aquisição de empresas fornecedoras. E partiu deste ponto o controle por Integração Vertical, que possibilitou o aparecimento da economia em escala.
Racionalização do Uso de Recursos: As empresas verticalmente integradas tornaram-segrandes e precisavam ser organizadas, porque tinham muitos recursos desnecessários. Então seria criada uma estrutura funcional para a redução dos custos. Os lucros dependiam da racionalização da empresa e de sua estrutura, que deveriam estar adequadas ás oscilações de mercado. E por esta razão passaram a se preocupar mais com planejamento, organização e coordenação.
Continuação do Crescimento:Devido à reorganização das empresas, ocorreu um grande aumento na eficiência de vendas, compras, produção e distribuição. Porém, os lucros baixaram e o mercado saturou-se, fazendo com que a diferença de custo entre as várias empresas diminuísse. Então surgiu a decisão para a procura de novos produtos e mercados, e também a diversificação dos mesmos. Esta nova estratégia gerou o surgimento dedepartamentos de pesquisa e desenvolvimento, entre outros.
Racionalização do uso de recursos em expansão: A cumplicidade crescente dos produtos e dos operários não tinha como serem atendidas devido à antiga estrutura funcional. E isto levou a uma nova estrutura funcional departamentalizada, onde de um lado ocorria descentralização de operações e do outro lado, a centralização dos controles...
tracking img