A Tribo Joe Hill

Páginas: 66 (16443 palavras) Publicado: 22 de julho de 2015
A TRI BO

O Arqueiro
Geraldo Jordão Pereira (1938-2008) começou sua carreira aos 17 anos,
quando foi trabalhar com seu pai, o célebre editor José Oly mpio, publicando
obras marcantes como O menino do dedo verde, de Maurice Druon, e

Minha vida, de Charles Chaplin.
Em 1976, fundou a Editora Salamandra com o propósito de formar uma
nova geração de leitores e acabou criando um dos catálogosinfantis mais
premiados do Brasil. Em 1992, fugindo de sua linha editorial, lançou Muitas
vidas, muitos mestres, de Brian Weiss, livro que deu origem à Editora
Sextante.
Fã de histórias de suspense, Geraldo descobriu O Código Da Vinci antes
mesmo de ele ser lançado nos Estados Unidos. A aposta em ficção, que não
era o foco da Sextante, foi certeira: o título se transformou em um dos
maiores fenômenoseditoriais de todos os tempos.
Mas não foi só aos livros que se dedicou. Com seu desejo de ajudar o
próximo, Geraldo desenvolveu diversos projetos sociais que se tornaram sua
grande paixão.
Com a missão de publicar histórias empolgantes, tornar os livros cada vez
mais acessíveis e despertar o amor pela leitura, a Editora Arqueiro é uma
homenagem a esta figura extraordinária, capaz de enxergar maisalém,
mirar nas coisas verdadeiramente importantes e não perder o idealismo e a
esperança diante dos desafios e contratempos da vida.

A TRI BO
RUMO AO OESTE PELO DESERTO CHEIO de cores, deixaram o massacre
para trás e só pararam depois de percorrer mais de 150 quilômetros. Por fim, no
início da tarde, saíram da estrada ao chegarem a um restaurante modesto com
fachada de estuque branco e bombasde gasolina na frente. Quando passaram
diante do lugar, o estrondo de seus motores fez as vidraças chacoalharem.
Reuniram-se à esquerda do prédio, em meio aos caminhões estacionados, e ali
baixaram os descansos e desligaram as motos.
Race Adamson os havia guiado por todo o caminho. Em determinados
momentos, sua Harley chegara a ficar quase 500 metros à frente dos outros.
Desde que voltara a andarcom eles, depois de dois anos sem aparecer, Race
tinha adquirido o hábito de permanecer na dianteira. Ele se distanciava tanto que
muitas vezes parecia estar desafiando-os a tentar acompanhá-lo – ou talvez
quisesse apenas deixá-los para trás. Não queria parar ali, mas Vince o havia
forçado. Ao ver o restaurante surgir ao longe, Vince acelerara até junto dele,
ultrapassando-o a toda, e entãoesticara a mão para a esquerda em um gesto que
a Tribo conhecia bem: Sigam-me para fora da estrada. Como sempre, a Tribo
obedecera. Decerto mais um motivo para Race antipatizar com ele. O garoto
tinha muitos motivos.
Race foi um dos primeiros a estacionar, mas o último a descer da moto.
Continuou montado enquanto tirava as luvas de couro devagar, encarando os
outros com raiva por trás dos óculosespelhados.
– Você deveria bater um papo com seu filho – disse Lemmy Chapman a
Vince, indicando Race com a cabeça.
– Aqui, não – replicou Vince.
A conversa podia esperar até a volta para Vegas. Ele queria sair da estrada.
Queria passar um tempo deitado no escuro, queria um tempo para que o
embrulho no estômago passasse. Mais do que tudo, talvez, queria uma
chuveirada. Apesar de não estar sujo de sangue,sentia-se contaminado, e só se
sentiria bem depois de lavar o fedor daquela manhã.
Deu um passo na direção do restaurante, mas Lemmy segurou seu braço antes
que ele pudesse avançar.
– Aqui, sim.

Vince olhou para a mão agarrando seu braço – Lemmy não o soltou; de todos
os homens, era o único que não o temia – e em seguida para o rapaz, que já não
era mais um garoto havia muito tempo. Race estavaabrindo o baú sobre o pneu
traseiro e revirando seus pertences em busca de algo.
– Vou falar sobre o quê? Clarke já era. O dinheiro também. Não há mais nada
a fazer. Pelo menos não hoje.
– Você precisa saber se Race também acha isso, e não tomar como certo que
vocês dois sempre pensam a mesma coisa. Ele tem passado oitenta por cento do
tempo puto com você. E digo mais, chefia: foi Race quem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • eu e minha tribo
  • Tribos
  • Tribo
  • Tribo
  • TRIBO
  • tribos
  • Tribos
  • Tribos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!