Vigiar e Punir

Páginas: 6 (1296 palavras) Publicado: 10 de março de 2014
Bentham supervisiona homens em prisões, para ver como é a reação de cada um deles nas celas, tentando encontrar semelhanças e diferenças de cada um, testando como ele vai relacionar-se numa fábrica, numa cadeia, numa escola, num parque, entre muitos e outros lugares que se pode imaginar aonde um homem pode não só vive, mas sim, se dedica a ajudar o seu próximo, fazendo com que, a vida não só deum, mas de todos sejam iguais, mas não chatas, muito difíceis, ou horríveis, porém ninguém quer ver a desgraça afetar a si próprio ou afetar a quem o ama.
Bentham acha que os seus prisioneiros são os seus portadores, para conseguir o poder. Os prisioneiros são vigiados por um vigia, que oficialmente o vigia muito pouco. Porém todo mundo deve ser vigiado, mas sem saber que está sendo vigiado.Mas os prisioneiros, usando sua inteligência, também vigiavam os vigias pelas poucas sombras transmitidas pelas luzes perto dos biombos ou até mesmos nas torres, onde os vigias ficavam, pois eles passavam cuidadosamente sem fazer barulho, e, sem saber que estavam também sendo vigiados.
O anel periférico: que são utilizados nas torres com uma grande luz para poder vigiar os prisioneiros, é um dosprincipais elementos utilizados para vigia-los.
Sendo assim, Todos usavam o seu “poder” para se interagir nesse aspecto, mas em conjunto concentrados nos corpos, nas superfícies, nas luzes, nos seus olhares no qual eles se encontravam presos.
E as cerimônias, os rituais, as marcas pelo qual eles consideram inútil, que o assegura desiquilibrado e diferente dos outros. Pois qualquer um podeexercer o poder como alguém de sua família, seus amigos, suas visitas, até seus criados podem exercer esse poder.
Também qualquer pessoa que visitava naquele lugar podia vigiar os prisioneiros que estavam nas celas, até mesmo uma pessoa que tinha malícia, ou o apetite que alguns exercem o seu conhecimento para melhorar a sua experiência pela vida na qual aquele ser gosta muito, ou até mesmo aquele quetem prazer em espionar e em punir.
E quanto maior o numero de espiona dor, maior a chance de o prisioneiro perder o seu sossego na cela.
O Panóptico: é uma máquina que fabrica efeitos homogêneos de poder, aonde não precisa usar a força física para exercer a obrigação de bom comportamento inquieto à calma, o servidor ao trabalho, o analfabeto ao estudo, o doente à cura e muito mais.
Benthamnunca imaginava que iria ser tão leve, pois ele conseguiu colocar seguranças nas casas, nas ruas, tudo na medida do possível “claro ninguém conseguiu colocar totalmente paz em nossa instabilidade”.
Bentham usou o zoológico como fonte para usar suas experiências (aonde se encontravam diversos animais naquele lugar, pois na época dele não existiam mais animais naquele zoológico), mas ele trocou oanimal pelo homem, sendo assim, o prisioneiro obedeceria ele mais fácil do que o animal para fazer o que ele quisesse.
Ele também utilizava a máquina para fazer o indivíduo obedece-lo, sendo assim treinando ou destreinando para melhor ou para pior em seu comportamento. Também queria juntar moços e moças, ou achar crianças na rua para criar crianças diferentes, com aspectos diferentes, ensinosdiferentes, e usava o panóptipo para fazer experiências com homens, sendo eles enfermeiros, médicos, contramestres, professores, guardas e muitas outras especialidades, modificando-o seus comportamentos para melhor. Esse lugar era como se fosse um laboratório de poder, usando a observação entre homens para ver os comportamentos para melhor. Esse lugar era como se fosse um laboratório de poder, usando aobservação entre os homens para ver os comportamentos e os desenvolvimentos deles.
O dualismo: que é um combate entre dois homens! É também considerado como uma ironia, por exemplo; quando uma pessoa está viva ela se encontra parada e quando uma pessoa está morta ela se encontra mexendo.
Voltando a se falar do panóptico, funcionava para ver como era a vida cotidiana dos homens. As prisões...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Vigiar e Punir
  • vigiar e punir
  • Vigiar e punir
  • Vigiar e punir
  • Vigiar e punir
  • vigiar e punir
  • Vigiar e Punir
  • VIGIAR E PUNIR

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!