Trabalho

Páginas: 12 (2919 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014






AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NA
SEGURANÇA RODOVIÁRIA EM MEIO URBANO







Aluna: Izadora Nunes da Lapa

INTRODUÇÃO
Segundo as estatísticas oficiais, uma grande percentagem de acidentes são registrados em áreas urbanas portuguesas. De 2004 a 2010, cerca de 70% dos acidentes com vítimas e 45% das mortes ocorreram dentro das localidades . Tendo em vista amitigação da ocorrência de acidentes rodoviários, revela-se de extrema importância a integração de aspectos de segurança no processo de planejamento e gestão da rede viária urbana. A evolução futura dos volumes de tráfego bem como dos valores de outras variáveis, que derivam do desenvolvimento de novas infra-estruturas, é poucas vezes analisada com o objetivo de avaliar as respectivas conseqüênciassobre os níveis de segurança (por exemplo sobre o número de acidentes corporais que envolvem peões); o mesmo acontece com a avaliação integrada dos impactes das políticas de segurança sobre outros aspectos do funcionamento do sistema de transportes, a qual raramente é efetuada uma vez que são ainda escassos os instrumentos para a realizar. A avaliação integrada de impactes na segurança constituiatualmente um dos principais desafios para a investigação no domínio.
A presente comunicação destina-se a divulgar o trabalho realizado no âmbito de uma tese de doutoramento realizada no LNEC [2, 3]. Com este trabalho pretendeu contribuir-se para a melhoria da segurança rodoviária em meio urbano, através da criação de ferramentas que podem ser utilizadas em métodos de intervenção em que a segurançados utentes vulneráveis seja considerada explicitamente nas fases de planeamento e gestão das redes viárias.
A primeira ferramenta correspondeu à criação de uma base de dados georreferenciada dos acidentes rodoviários ocorridos na cidade de Lisboa entre 2004 e 2007, que permitiu a definição de mapas digitais, com possibilidade de uma grande diversidade de consultas e de cruzamentos deinformação.
A segunda ferramenta refere-se à elaboração de modelos de estimativa de frequência de acidentes (MEFA) para redes urbanas, segundo diversas desagregações: segundo o elemento rodoviário: em intersecções (intersecção de três ramos, intersecção de quatro ramos e rotundas) e em segmentos; segundo o tipo de acidente: atropelamentos e restantes acidentes com vítimas; e segundo a inclusão de variáveisexplicativas relacionadas com o ambiente rodoviário: simplificado (apenas com as variáveis de exposição) e global (com todas as potenciais variáveis explicativas). Foi considerada a incorporação de dados de exposição relativos aos utentes vulneráveis por forma a melhorar a capacidade de estimativa da sinistralidade em redes urbanas.
A comunicação está organizada da seguinte forma: o primeirocapítulo fornece um breve histórico sobre os modelos estatísticos desenvolvidos em Portugal e no resto da Europa, o segundo capítulo descreve a metodologia utilizada para a construção da base de dados de acidentes em SIG; o erceiro capítulo apresenta as características dos dados utilizados, o quarto capítulo centra-se na estimativa dos MEFA, o quinto capítulo resume os resultados da modelação, e oúltimo capítulo apresenta um resumo do trabalho desenvolvido e das vantagens da utilização destes MEFA em métodos de intervenção no planeamento e na gestão de redes viárias.

ESTADO-DA-ARTE EM MODELOS DE ESTIMATIVA DE FREQUÊNCIA DE ACIDENTES

O desenvolvimento de modelos de previsão de acidentes não é novo na investigação sobre segurança rodoviária. Diversos autores internacionais têmpublicado o seu trabalho nesta matéria. Uma vez que os padrões de concepção e operação (por exemplo, o tamanho do veículo, etc) são, obviamente, muito diferentes na Europa e noutros lugares do mundo, especialmente na América do Norte, esta seção centra-se nos modelos de estimativa de freqüência de acidentes desenvolvidos aplicados em países europeus.

BASE DE DADOS DE ACIDENTES GEORREFERENCIADOS...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • TRABALHO DE TRABALHO
  • Trabalho de Trabalho
  • trabalho para trabalho
  • trabalho de trabalho
  • Trabalho é trabalho
  • Trabalhos de trabalhos
  • TRABALHOS E MAIS TRABALHOS
  • Trabalho Trabalho

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!