Trabalho Sobre Estupro

Páginas: 5 (1103 palavras) Publicado: 18 de abril de 2015
'' Um bombeiro de 26 anos foi indiciado pelo estupro de duas crianças e um adolescente entre dezembro do ano passado e fevereiro deste ano, em Caxias do Sul. O bombeiro teria mantido relação com um adolescente de 14 anos e tirado a roupa de outro garoto de nove anos em dias diferentes. A investigação chegou ao suspeito a partir do depoimento de uma das vítimas. '' ( Bombeiro é indiciado porestupro de três menores em Caxias do Sul. Zero Hora. Disponível em:
A cada dia que passa podemos acompanha mais casos de estupro, o aumento de 18% nos registros de estupro no Brasil, no período de um ano, pode camuflar uma realidade ainda pior de crimes. Crianças, mulheres, todas vitímas desses crimes barbaros que nos chocam dia-a-dia. Oque leva uma pessoa a cometer tal crime é difícil dizer, na maioria das vezes o criminoso chegar a se defender usado a expressão '' usava roupas provocantes no momento do ataque '' [..] Chega a ser indignante se deparar com uma frase dessa, pois estudos comprovam que pessoas vitímas de estupro estavam fazendo atividades absolutamente rotineiras, como ir e vir da escola, o percurso de ir e vir dotrabalho. Não “meninas com roupas curtíssimas que estavam no baile funk” aquele estereótipo que ás vezes usamos. Mas a questão é uma só, uma pessoa merece ser estuprada por se encontra usando roupas curtas ? Todos tem o direito de se vestir do modo que deseja. Uma pessoa pode sair pelada em uma rua que ela mesmo assim não tem o direito de ser estuprada. A sociedade acaba criando essa ideia quedevemos nos vestir adequadamente, mas não mostrar que o errado não é a vitíma, mas o criminoso que na maoria das vezes não vai preso, e continua agindo várias outras vezes. Existe pessoas cansadas dessa situação, principalmente aquelas que já viveram casos desse tipo. Devemos tomar uma atitude gigante para que nossas crianças, e mulheres, e até mesmo meninos e homens não sofram mais com um crime tãotrágica.

Relato de uma mulher estuprada:


Tenho 25 anos e sofri abuso sexual aos 8, praticado por um tio. As lembranças daquela tarde ficaram muitos anos enterrados na memória. Eu sofri o abuso e como uma forma de “defesa” minha mente bloqueou tudo e eu achava que tinha imaginado tudo aquilo, tinha apenas lembranças borradas. Mas o que mais contribuiu para que eu tivesse bloqueado aquilo da minhamente foi eu ter contado para minha mãe e ela não ter acreditado, me disse que conhecia o irmão e sabia que ele não faria algo assim. Ser desacreditada pela minha própria mãe me fez perder minha identidade. Passei a acreditar que eu era má e que mentia. Meu corpo mandava sinais e ninguém entendia, passei a ter pesadelos noturnos, incontinência urinária e me tornar agressiva. Sem contar que emreuniões de família quando meu tio aparecia eu passava mal e achava que ia morrer, sintomas de ansiedade.

A mudança

Tudo mudou quando eu tinha 19 anos e estagiava em uma Vara Criminal da minha cidade, eu era responsável pelas audiências, eu acompanhava os depoimentos. Teve um caso de uma menina de 9 anos que sofreu abuso do padrasto, as semelhanças com o meu caso eram muitas. Me lembro de chorarescutando a menina (então com 12 anos) contar os detalhes do que aconteceu com ela, eu me sentia ouvindo minha própria voz em um gravador. Eu não lembro mas tudo que eu sei é que após a audiência eu travei, simples assim, travei, eu não conseguia mais fazer nada. Meu chefe pediu para eu tirar o resto do dia de folga, não lembro de ter chegado em casa. Sei que cheguei e fui dormir direto, do jeito quecheguei. No outro dia eu acordei e não sentia nada, nenhuma parte do meu corpo, eu não sentia minhas pernas, não sentia meus braços e não conseguia me levantar. Eu pensava em me levantar e meu corpo não obedecia. Gritei por ajuda e minha mãe veio me ver, fui direto ao Hospital, passando por todos os tipos de exame. Existia todo tipo de suspeita. Não encontraram nada em meus exames físicos....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Trabalho sobre estupro
  • Trabalho sobre Estupro
  • Trabalho sobre Estupro
  • SOBRE ESTUPRO
  • Doutrina Sobre Estupro
  • Resenha – reportagem sobre estupro
  • Pesquisa sobre estupro
  • artigo sobre estupro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!