Trabalho sobre estupro

Páginas: 13 (3023 palavras) Publicado: 21 de setembro de 2015
ITB Maria Sylvia Chaluppe Mello
Giovana Delphino
Eliane Pimentel
Neide Soares
Ruth Andrade
Vanessa Paula
Estupro





















Barueri – São Paulo
2015
Giovana Delphino Nº20
Eliane Pimentel Nº
Neide Soares Nº35
Ruth Andrade Nº41
Vanessa Paula Nº44
ESTUPRO
Trabalho do 1º Módulo de enfermagem Apresentado a Professora Eliana Dias com o intuito de cativar o conhecimento e aprendizado sobreas polêmicas geradas no mundo.

Barueri – São Paulo
2015
Sumário
Estupro 4
Etimologia 4
Formas de Estupro 5
O estupro no mundo 7
Estupro no Brasil 8
Por que alguns homens buscam sexo forçado? 9
Estuprar é da natureza humana? 10
O que um estuprador tem de diferente? 11
Todos os tipos de estupro são iguais? 13
Referencias 14


































EstuproEstupro, coito forçado ou violação é a prática não consensual do sexo, imposto por meio de violência ou grave ameaça de qualquer natureza por ambos os sexos. Ele consiste em uma penetração da vagina ou do ânus (ou, no sentido mais amplo, também da boca) de uma ou mais vítimas por um ou mais indivíduos. As vítimas podem ser homens ou mulheres.


Etimologia

"Estupro" procede do termo latino stupru. "Violação" procede do termolatino violatione.





"Interior (o estupro)", pintura de Edgar Degas (1834-1917)







Formas de Estupro

O estupro pode ser:
Um ato individual de um ou mais indivíduos contra uma vítima ou um grupo pequeno. Se trata de atos isolados cometidos por indivíduos isolados. Essa forma é considerada, em praticamente todas as regiões da terra, um ato criminoso, pelo menos quando se refere a seres humanos. Umaforma especial é o estupro de vulneráveis, quando a vítima se encontra sob poder ou responsabilidade do estuprador. Uma outra forma especial é o estupro dentro do casamento, quando um dos parceiros, normalmente a mulher, não quer sexo mas é forçada pelo marido. Em muitos países e religiões, é considerado crime, inclusive na legislação; em outros, não, porque a mulher teria o dever de satisfazer osdesejos sexuais do marido.

Um ato generalizado com fundo corretivo, político, étnico, religioso ou doutrinário. Pertencem, a essa categoria, o estupro corretivo de lésbicas, o estupro étnico, o estupro com fins missionários em regiões muçulmanas e estupros sob critérios racistas, como o estupro de escravas negras por brancos no Brasil. Hoje em dia, essa forma de estupro raramente é oficializado nalegislação de um país, mas é aceita em muitas regiões pelos líderes ou pela sociedade. Essa forma de estupro somente é oficialmente liberada em regiões governadas pelaCharia (a lei muçulmana), porém nem todos os teólogos muçulmanos interpretam o Alcorão de forma que ele libere realmente o estupro em certas ocasiões.

Um meio corretivo dentro do sistema carcerário. Embora autorizado em muitospaíses, o estupro carcerário não tem legitimação na legislação a não ser em alguns países governados pela Charia.

Um fenômeno generalizado no decorrer de conflitos armados. Estupros de guerra são usados para humilhar, levar ao desespero, espalhar terror e medo e engravidar mulheres do inimigo. Embora que muitas vezes ordenados pelos lideres, não acham respaldo na legislação, a não ser em alguns paísesgovernados pela Charia.

Uma prática ligada à prostituição. Já que o estupro é definido como prática não consensual do sexo, uma mulher ou menina que não é prostituta por vontade própria, mas forçada por outras pessoas, é estuprada não somente pelos cafetões, mas também pelosclientes. O estupro de uma mulher, uma vez presa dentro do sistema de prostituição, é tolerado amplamente pela sociedade,mas quase nunca pela justiça. O estupro em massa de uma prostituta nova ou de uma menina em processo de transformação para ser prostituta é uma prática comum e, do ponto de vista dos traficantes e cafetões, absolutamente necessária para conseguir a sua transformação: a sociedade e os clientes sabem disso e frequentam e usam as prostitutas depois com a maior naturalidade. Porém, a relação...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Trabalho sobre Estupro
  • Trabalho Sobre Estupro
  • Trabalho sobre Estupro
  • SOBRE ESTUPRO
  • Doutrina Sobre Estupro
  • Resenha – reportagem sobre estupro
  • Pesquisa sobre estupro
  • artigo sobre estupro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!