trabalho sobre economia industrial

3185 palavras 13 páginas
Tópico escolhido: 4. Inovação, visão evolucionista e alguns conceitos-chave; breve digressão sobre política concorrencial – Nelson & Winter (1982): caps. 1, 2 e 11; Pavitt (1984); David (1985); Dosi (1988); Metcalfe e Saviotti (1989); Arthur (1996); Baptista (1997): cap. 1; Possas (2004); Amorim (2009)
Começando o trabalho pela leitura do texto de Nelson & Winter (1982) temos a apresentação de uma teoria evolucionista distinta da teoria ortodoxa, referências a situações de equilíbrio e suposição de uma racionalidade otimizadora por parte dos agentes. O texto trata de uma teoria “evolutiva” onde o mercado, que é o “meio ambiente”, oferece o critério de sucesso, e o crescimento das firmas alteram os valores agregados, e é posto que o desenvolvimento depende da trajetória.
Nos modelos ortodoxos tínhamos racionalidade maximizadora com uma função objetivo e um conjunto de escolhas bem definido e uma adequação “racional” da escolha ao objetivo bem como uma crescente sofisticação matemática. Já nos modelos evolucionistas encontramos rotinas (comportamentos regulares e previsíveis), elas são postas como “genes” organizacionais, relativamente estáveis, se reproduzem e estão sujeitas à pressão seletiva. Observamos três tipos de rotinas: operacionais, de expansão e de modificação de rotinas. As rotinas operacionais são aquelas corriqueiras que não precisam de decisões de alto nível, já as rotinas de expansão são aquelas estratégicas; por fim as rotinas de modificação de rotinas ou de “busca”, tem essa busca como “mutação organizacional”, ela acaba alterando os genes, uma vez que observa e mercado e analisa o que é preciso ser feito.
Na parte de causas da inadequação ortodoxa é apontada a falta de realismo descritivo, e em contextos aplicados, multiplicação dos supostos probabilísticos para assemelhá-los ao “padrão” formal, é posto então alguns antecedentes históricos. O primeiro deles são as teorias gerenciais da firmas, de Baumol e Williamson, onde o suposto

Relacionados

  • A Transforma O Do Trabalho E Do Mercado De Trabalho Trabalhadores Ativos Na Rede Desempregados E Trabalhadores Com Jornada Flex Vel
    2820 palavras | 12 páginas
  • Resenha do capítulo 8 sobre Feminismo de Sandra W.
    9192 palavras | 37 páginas
  • Economia
    9138 palavras | 37 páginas
  • Economia
    21423 palavras | 86 páginas
  • Estudante
    3141 palavras | 13 páginas
  • Revolucao industrial
    480 palavras | 2 páginas
  • Interferência Governo Preço Mercado
    979 palavras | 4 páginas
  • A transformação do trabalho e do mercado de trabalho: trabalhadores ativos na rede, desempregados e trabalhadores com jornada flexível
    1640 palavras | 7 páginas
  • Desenvolvimento economico local
    6713 palavras | 27 páginas
  • Papel do estado na industrialização da economia
    2990 palavras | 12 páginas