Teologia B Blica E Minist Rio Pastoral

Páginas: 11 (2687 palavras) Publicado: 20 de julho de 2015
Teologia Bíblica e Ministério Pastoral
Bobby Jamieson19 de Fevereiro de 2015 - Igreja e Ministério
Como você descreveria o trabalho de um pastor? Onde você procuraria
modelos? Talvez você buscasse as respostas em algumas outras igrejas
locais e fizesse algumas adaptações que refletissem a agenda e os
programas de sua própria igreja.
Isso seria presumir, é claro, que todo mundo já sabe como umpastor deve
ser e o que ele deve fazer. Mas como nós sabemos qual é o papel
fundamental de um pastor?
Certamente, devemos olhar para a Escritura para descobrir o que é um
pastor. Mas em que lugar da Escritura? Poderíamos começar pelo trabalho
implícito às qualificações de um presbítero (1Timóteo 3.1-7; Tito 1.5-10)
e, cuidadosamente, considerar mandamentos explícitos dados aos líderes
de igreja.Quando ultrapassamos a superfície de alguns desses
mandamentos, contudo, uma interessante imagem aparece. Considere Atos
20.28 e 1Pedro 5.1-3, ambos dirigidos a presbíteros de igrejas locais:
Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito
Santo vos constituiu bispos, para apascentardes [gr.poimainen] a igreja de
Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue. (Atos 20.28,Almeida
Revisada Imprensa Bíblica)
Aos anciãos, pois, que há entre vós, rogo eu, que sou ancião com eles e
testemunha dos sofrimentos de Cristo, e participante da glória que se há de
revelar: apascentai [gr. poimanate] o rebanho de Deus, que está entre vós,
não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por
torpe ganância, mas de boa vontade; nem como dominadores sobre os que
vos foramconfiados, mas servindo de exemplo ao rebanho. (1Pedro 5.1-3,
Almeida Revisada Imprensa Bíblica)
Em ambas as passagens, a principal tarefa do pastoreio é resumida com o
verbo grego poimaino, cujo significado básico é “apascentar”, isto é, tomar
conta de ovelhas (Lucas 17.7; 1Coríntios 9.7). Tanto Paulo em Atos como
Pedro em sua primeira epístola resumem o trabalho de pastorear em uma
palavra:apascentar.
Em Efésios 4.11, Paulo se refere aos pastores como “apascentadoresmestres”, novamente demonstrando que a ideia de apascentar é básica no
que tange ao ofício pastoral. De fato, a própria palavra “pastor” vem do

latim pastor, que significa “apascentador”. Assim, apascentar é básico no
que tange à palavra “pastor” e às descrições bíblicas do pastoreio.
Mas onde nós aprendemos o quesignifica apascentar? Se você tem alguma
familiaridade com ovelhas e suas necessidades, então você já tem uma
ideia básica. Ovelhas necessitam ser alimentadas, cuidadas, guiadas e
protegidas. Os pastores fazem essas coisas por seu povo, transpostas para
um sentido espiritual.
O enredo bíblico do apascentamento
Mas essa metáfora assume uma profundidade ainda maior quando vemos
como ela se desvela ao longodo enredo da Escritura. Em última instância,
pastores aprendem o que significa ser um pastor pelo modo como o
próprio Deus apascenta o seu povo.
O Pastor Divino do Êxodo
O enredo bíblico do apascentamento começa, de fato, quando Deus traz o
seu povo para fora do Egito, guia-os pelo deserto durante quarenta anos e
os conduz em segurança à sua própria terra.[1] Ao descrever todo o
período do êxodoe da peregrinação no deserto, o Salmo 77.20 declara: “O
teu povo, tu o conduziste, como rebanho, pelas mãos de Moisés e de
Arão”.
Como um pastor, Deus estava pessoalmente presente com seu povo
(Êxodo 33.15-16). Como um pastor, Deus protegeu o seu povo (Números
14.7-9; Deuteronômio 23.14). Como um pastor, Deus proveu para o seu
povo. Ele os alimentou (Salmo 78.19, 105.40-41). Ele os curou (Êxodo15.26; Números 21.8-9).
Como um pastor, Deus guiou o seu povo a pastos verdejantes: “Com a tua
beneficência guiaste o povo que salvaste; com a tua força o levaste à
habitação da tua santidade” (Êxodo 15.13). Como um pastor, Deus gentil e
ternamente os conduziu adiante:
Atraí-os
com
cordas
humanas,
com
laços
de
amor;
fui para eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas
e me inclinei...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • CARACTER STICAS PASTORAIS DO MINIST RIO DE JESUS
  • Resenha do Livro Teologia B blica do Antigo Testamento
  • Teologia pastoral
  • Teologia pastoral
  • Teologia pastoral
  • teologia pastoral
  • teologia pastoral
  • teologia pastoral

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!