Simulacao

Páginas: 21 (5218 palavras) Publicado: 24 de setembro de 2014
2 - COMO FUNCIONA A
SIMULAÇÃO (1)

Referencia principal:

Freitas, P. J. Introdução à Modelagem e Simulação de Sistemas, 2ª Ed.,
Visual Books, 2008, Cap. 2.

Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

1

Tópicos


Introdução

 Terminologia

Básica Utilizada em Modelagem e
Simulação de Sistemas

 Um

Exemplo Simples

Simulação Discreta deSistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

2

Introdução


A idéia central deste capítulo é fornecer aos usuários da
simulação a compreensão e o conhecimento mínimo
necessário ao bom emprego desta técnica.



Os tópicos aqui abordados, envolvem alguns conceitos que
facilitam a execução de uma das tarefas mais penosas
atribuídas aos usuários de programas de simulação: educar efazer compreender a outras pessoas a metodologia e os
benefícios advindos do uso deste técnica (Gogg e Mott,
1996).

Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

3

Introdução


Um modelo computacional (programa de computador) para a
simulação de um sistema executa, seqüencialmente e de
maneira repetitiva, um conjunto de instruções.



Na medida daexecução das instruções, os valores que
determinadas variáveis podem assumir são alterados, uma vez
que se modificam as condições que influenciam o
comportamento do modelo.



As variáveis mudam na medida em que o tempo simulado
progride. Além disso, como se tratam (na maioria das vezes) de
sistemas estocásticos, tais variáveis não tem seus valores
antecipadamente determinados.
SimulaçãoDiscreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

4

Introdução


Para que o modelo computacional evolua dinamicamente,
uma das soluções encontradas pelos pesquisadores foi
construir programas orientados



a eventos.

A medida da passagem do tempo, determinados
acontecimentos (eventos) provocam alterações em alguns
elementos do programa (variáveis de estado), os quais
sãoresponsáveis por informar a ocorrência de mudanças nas
condições que envolvem o modelo.

Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

5

Terminologia Básica Utilizada em Modelagem e
Simulação de Sistemas



Variáveis de Estado
Eventos



Entidades e Atributos



Recursos e Filas de Recursos



Atividades e Períodos de Espera



Tempo(Real) Simulado e Tempo de Simulação

Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

6

Variáveis de Estado
 Determinam

o estado de um sistema.

 Constituem

as informações necessárias à
compreensão do que está ocorrendo no sistema (ou
no modelo) num determinado instante no tempo.

 Exemplo:


Fábrica: o número de peças esperando para serem
processadasna máquina (fila da máquina) ou ainda o
estado da máquina, isto é, ocupada ou livre;



Banco: número de clientes esperando na fila do caixa;



Servidor Web: número de requisições aguardando na fila
da CPU, número de atendidas, etc.
Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

7

Eventos


São acontecimentos, ocorrências, (programados ou não). Suaocorrência provoca mudança de estado em um sistema.



Toda mudança de estado é provocada pela ocorrência de um
evento (pelo menos uma variável de estado se altera).



Exemplos


Chegada: de peças, de clientes ou de tarefas, respectivamente, em
cada um dos sistemas do exemplo anterior (fábrica, banco, servidor)



Início de processamento: pela máquina, pelo caixa ou pela CPU,respectivamente, em cada um dos sistemas;



Saída: de peças, clientes ou tarefas, respectivamente, em cada um dos
sistemas.

Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

8

Entidades e Atributos
 Entidades:


representam objetos do modelo.

Dinâmicas, movimentam-se através do sistema;
• Exemplos: Peças (que se movem pela fábrica); Clientes...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Simulação
  • Simulação
  • simulação
  • Simulação
  • Simulação
  • Simulação
  • Simulação
  • Simulação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!