Script de teatro

Páginas: 5 (1196 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
1. Entrada com fundo sax. Com as luzes acesas e depois apaga e inicia com uma poesia para introduzir o filme e a nossa apresentação.
2. NE ME QUITTE PAS – Jacques Brel (Eldo, Marcos e Reuel)
3. Distribuição das frases dos personagens do filme.
4. Alimenta o desejo, mas mata o desempenho. 14:00 m ler um poema relacionado com vinho e sexo e depois explicar a cena. (Explicar a cena que remete)O SEXO DO VINHO
Soraia Ciganita
Quero te degustar,
como quem bebe um vinho,
ora doce, ora seco...
devagar... sorvendo cada gole,
de gota em gota.
A respiração -  a minha,
se mistura com a saliva,
minha língua passea pelos lábios,
que secretamente se abrem.
Um silêncio toma conta de mim.
Escuto meu prazer falar mais alto,
meus dedos percorrem labirintos,
respiro estremecida eentorpecida.
Movimentos lentos e desordenados,
percorrem meu corpo desnudo,
com minhas mãos trêmulas.
Faço uma dança sensual,
exploro o toque da minha pele macia,
meus seios enrijecem,
na rigidez do teu sexo,
minhas entranhas ficam úmidas.
As  pernas se retrai em busca do absoluto,
me excito com meus dedos,
soltos gemidos lúcidos,
troco as palavras pelos gestos sensuais,
O sabor do vinho.Imagino você em mim,
sussurando no meu pescoço
com seu hálito quente,
me acariciando suavemente,
beijando meu infinito,
me chamando de meu amor...
Sentindo o seu prazer,
misturado ao meu....
Como vermelho carmim.
Me beije mais uma vez,
me inventa no teu adultério,
me tira do sério...
me possui docemente assim...
mesmo na sua ausência,
desvenda meus mistérios
implode meu secreto,depois volte para o seu lugar,
totalmente livre de mim.

5. Logo cena 16:00. O sino toca, logo uma musica de fundo e uma poesia sobre Paris passado e presente
Poema quase crónica para Paris
Julio Rodrigues Correia
Abro os olhos
na manhã
clara de París.
Da janela vejo
o Sena
se espriguiçando
sob a Ponte de Alexandre
penetrando o útero
da cidade
fertilizando-a com brisas
geladas.Essa cidade se traduz
por palavras
pela história
e pela essência
libertária.
Na Praça da Concórdia
Homens mulheres meninos
com o sol nos braços
gesticulam e posam
para fotos
pisando distraidas
a memória
dos revolucionários.
Por um instante
penso em Marat
e Danton
(corifeus da liberdade)
tento arquitetar
um poema
e me debruço
sobre a lavoura da silabas
soldo palavra a palavramas o poema me custa
Paris é maior
que meu poema
Paris é maior
que todos os poemas
desisto e me exatasio
agora com o Sena
escorrendo livre solto
histórico resoluto
pelo Canal de Saint Martin
coberto por um sol azul
aonde a tepidêz do verão
amorna ruas praças e avenidas
transmitindo uma vontade
imensa de se viver...
París é um poema imenso
completo belo
essencial.
Paris,Fr, manhãde 19.08.2008.
Sob o Céu de Paris

Edith Piaf

Sob o céu de Paris
Se evola uma canção
Ela hoje nasceu
No coração de um rapaz
Sob o céu de Paris
Caminham os apaixonados
A felicidade se constrói
Sob um céu feito para eles
Sob a ponte de Bercy
Um filósofo sentado,
Dois músicos, alguns curiosos,
e também milhares de pessoas

Sob o céu de Paris
Vão cantar até de noite
O hino de umpovo apaixonado
Por sua velha cidade
Perto da Notre Dame
Por vezes se trama um drama
Sim, mas, em Paname
Tudo se arranja
Alguns raios do sol de verão,
O acordéon de um marinheiro
A esperança floresce
No céu de Paris

Sob o céu de Paris
Corre um alegre rio
Ele adormece à noite
os mendigos e os esfarrapados
Sob o céu de Paris
Os pássaros do Bom Deus
Vêm do mundo inteiro
Paraconversar entre eles
E o céu de Paris
Tem seu próprio segredo
Há vinte séculos ele está apaixonado
Por nossa Ilha Saint Louis

E quando ela lhe sorri
Ele veste sua roupa azul
Quando chove em Paris
É porque ele fica infeliz
Quando fica ciumento demais
Dos milhões de amantes dela
Ele faz sobre nós ribombar
Seu trovão retumbante
Mas, o céu de Paris não fica por muito tempo cruel
Para se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Script
  • SCRIPT
  • SCRIPT
  • Scripts
  • Script
  • Script
  • Script
  • script

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!