Resumo do conto "O barril de Amontilado" de Edgar Allan Poe

Páginas: 2 (308 palavras) Publicado: 7 de maio de 2014
O conto inicia-se, a partir do relato de Montressor, com a seguinte frase: suportei o melhor que pude as mil e uma injurias de Fortunato, mas quando começou a entrar peloinsulto, jurei vingança. Então, ele conclui que para que a vingança seja válida, ela deve ficar impune e ser reconhecida por quem a sofre.

Em uma noite de carnaval,Montressor encontra Fortunato já embriagado e propõe a ele que o acompanhe até sua residência para verificar se o vinho comprado recentemente trata-se de um amontilhado legítimo.Fortunato que tinha fama de ser um grande conhecedor de vinho aceita o pedido e ambos seguem para o palácio de Montressor. A casa estava vazia devido ao dono ter dispensadotodos os empregados naquela noite. O caminho até a adega é difícil pois Fortunato sofre várias crises de tosse por causa do salitre presente no local e Montressor oferece aele vinho, que alivia as crises por alguns momentos. Os vinhos estavam guardados nas catacumbas do palácio, que abrigavam os restos mortais dos antepassados de Montressor.Ao ser questionado sobre o brasão e o lema de sua família, o dono do palácio responde que o brasão trazia a figura de um pé humano esmagando uma serpente que lhe mordia ocalcanhar e o lema de sua família era “Nemo me impune lecessit” que significa ninguém me fere impunimente. Ao chegarem à ultima cripta do local, Montressor põe em prática seuplano de vingança: acorrenta Fortunato na adega e o empareda vivo, mas antes faz com que sua vítima saiba da sua vingança, mas em nenhum momento do conto fica claro o motivopelo qual Montressor está se vingando.

O conto termina com Fortunato concluindo que o seu crime permaneceu em segredo durante meio século e exclama: In pace requiescat!
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • resumo dos contos de edgar allan poe
  • Ensaio sobre os textos o gato negro e barril de amontilado de poe, edgar allan
  • Os contos de Edgar allan poe
  • Contos de edgar allan poe
  • Releitura do conto de Edgar Allan Poe
  • ANÁLISE CRÍTICA DO CONTO: O BARRIL DE AMONTILLADO DE EDGAR ALLAN POE
  • Atividade dos contos de Edgar Allan Poe
  • Edgar Allan Poe: Contos de Terror

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!