RESENHA CRÍTICA

Páginas: 7 (1511 palavras) Publicado: 25 de abril de 2014
CENTRO UNIVERSITÁRIO
CURSO DE PSICOLOGIA
DISCIPLINA: PSICOLOGIA SOCIAL














RESENHA CRÍTICA

“Breve Incursão História: Social e Psicológica sobre o Terrorismo”






















Brasília-DF
2014
Félix, C.S. (2004). Breve Incursão História: Social e Psicológica sobre o Terrorismo. Revista Nação e Defesa. 109 (2),153-174.

A autora Carla Sofia Félix apresenta neste artigo uma breve Incursão histórica, social e Psicológica sobre o Terrorismo, a fim de proporcionar um momento de reflexão e discussão da complexidade que abrange esse tema. O objetivo é entender melhor o comportamento destrutivo do terrorista numa relação que pode ou não está ligado a um “potencial distúrbio psicológico”.
Diante de umcomportamento predatório assistimos constantemente em nossa história a presença desses atos desumanos, no qual alimentam sentimentos de medo e terror na sociedade. Num contexto mais complexo o que presenciamos com frequência é a admiração destes sujeitos, atitudes estas consideradas reforçadoras da criminalidade e da violência desmedida.
Numa análise mais abrangente a autora sugere cautela, pois hádiversos fatores que podem estar diretamente relacionadas ao terrorismo, como: o fator religioso, político, econômico ou social e ainda elementos de padrões psicológicos ou biológicos para serem estudados.
Na conjuntura histórica podemos verificar que estes comportamentos terroristas estão presentes em nossa civilização desde o início, estampados em grande parte pelo poder estabelecido contra naçõesinimigas ou até mesmo como forma de repressão do seu próprio povo. Baseado nisso Mazetto (2004) apresenta o Terrorismo de Estado, no qual é mais fácil reconhecer o ato terrorista externo, ou seja, no “indivíduo ou organização clandestina”.
A intolerância religiosa sempre foi determinante nas ações terrorista, a contar da Idade Antiga, no qual o Império Romano e outros países já na utilizavamtáticas de terrorismo contra os povos dominados. Na Idade Média por interesses econômicos, os atos de terror eram praticados em nome do fundamentalismo religioso, cristão e muçulmano.
“Nas Cruzadas, ocorridas nos séculos XII e XIII (...) não foram poucos os massacres praticados tanto por cristãos como por muçulmanos, cujas principais vítimas eram as populações civis das cidades conquistadas ereconquistadas.” (Mazetto, 2004).
Outro ponto importante colocado no texto foi a Santa Inquisição, onde o poder unilateral da Igreja impunha os seus dogmas sem limites, e com isso inúmeros inocentes foram condenados à morte, pois o Tribunal do Santo Oficio podia acusar e condenar qualquer um por heresia.
Entre diversos acontecimentos ocorridos no século XX, temos a continuidade desses atos deterror, impetrada em nossas memórias quando no fim da II Guerra Mundial, os EUA arrasa com Hiroshima e Nagasaki, num ato cruel e terrorista, ao lançar a bomba atômica.
Nesse sentido temos outros governos como o do líbio, “representado pelo líder, o coronel Kaddafi, várias vezes acusado de manter bases de treino e oferecer apoio logístico e financeiro aos terroristas palestinianos, do IRA e da ETA”.Outro governo constantemente financiador de grupos terroristas foi o de Saddam Hussein no Iraque.
Já no século XXI temos marcados em nossos registros o terrorismo de 11 de Setembro de 2001, com isso o terrorismo passou a fazer parte de varias discussões, provocando mudanças na política de segurança em diversos países.
A autora cita que os atos terroristas podem ter como causa maior “a aniquilaçãodos valores da sociedade democrática”. Em outros casos podem ser as causas que determinam os atos, como por exemplo: expulsão de estrangeiros, ter de uma imagem de poder, conservação do território, e claro os motivos religiosos.
Dessa forma fica claro no texto a relação desse tipo de ato com a criminalidade ideológica e guerra psicológica. Contudo, o terrorismo explana um apurado método de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha Crítica
  • Resenha critica
  • resenha critica
  • Resenha Critica
  • Resenha crítica
  • resenha critica
  • Resenha critica
  • Resenha Critica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!