qwert

Páginas: 2 (321 palavras) Publicado: 4 de abril de 2014

A Guerra do Fogo

O Filme “A Guerra do Fogo” retrata uma época há 80.000 anos a.C. no período Paleolítico que também era conhecido como Idade da Pedra Lascada, este período émarcado por muitas características entre elas a fabricação de ferramentas, a de caça de animais, a pesca e a agricultura; os homens eram nômades e também se organizavam em gruposonde o mais velho era o líder, e uma das grandes descobertas do período foi à produção do fogo.
Deste modo, o domínio do fogo é o principal do filme. O mesmo era essencial nestaépoca que era importante para a sobrevivência dos grupos onde a espécie Homo Sapiens dominava a forma de fazer o fogo e a espécie Homo Erectus o cultuava como algo sobrenatural,causando um intenso conflito no filme.O filme mostra 4 tipos de humanos que lutam pelo controle do fogo, na qual só um sabia que o fogo podia ser criado, e não era uma milagre enviadopelos Deuses. A espécie Homo Erectus era a tribo que cultuava o fogo e com isso lutaram o decorrer do filme para que o mesmo não fosse apagado e nem sequer retirado da tribo.
Aespécie Homo Neanderthalsis, pouco evoluída quase não se distingui dos macacos por ter corpos cobertos de pelos. Já a espécie Homo Heiderbergensis é conhecida por serem canibais,eram nômades e não tinham o conhecimento da arte de produzir o fogo. Por fim, existia a espécie Homo Sapiens a mais evoluída dos grupos por ter a comunicação era mais evoluída que erafeita através de uma linguagem própria. Essa tribo vivia em cabanas. Tinham conhecimento sobre as plantas medicinais dotados de conhecimentos superiores as outras tribos usavam aarmas como flechas, porém, o maior conhecimento era o conhecimento da técnica de fazer fogo.

Referencias Bibliográficas

http://resenhaguerradofogo.blogspot.com.br/
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • qwert
  • Qwert
  • qwert
  • qwert
  • Qwert
  • qwert

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!