Publico

Páginas: 6 (1353 palavras) Publicado: 27 de maio de 2013
Brasil
Os dados da indústria, do comércio varejista e do mercado de trabalho que foram divulgados até o final de abril corroboram o nosso cenário de crescimento para o PIB de 0,8% no 1ºt13 contra o 4ºt12 (+0,6% no período anterior). O destaque positivo veio da produção e da importação de máquinas e equipamentos, compatíveis com uma recuperação dos investimentos em ativos fixos. Continuamosprojetando 2,7% para o crescimento do PIB em 2013.
A possibilidade de um crescimento menos desequilibrado, a velocidade de recuperação em linha com o potencial até o final de 2013 e o aumento das incertezas com o cenário externo foram mencionados pelo Banco Central na ata da reunião do Copom de abril como o pano de fundo as decisões de política monetária, que devem ser na velocidade de 25 bps porreunião (assim como em abril) e completando um ciclo total de no máximo 100 bps de ajuste da taxa Selic.
Mas, os índices de difusão dos aumentos de preços no IPCA superaram em muito as médias históricas nos últimos seis meses; os núcleos do IPCA continuaram em níveis elevados; e a inflação acumulada em 12 meses até março superou o teto da meta de 6,5%. A expectativa é de desaceleração do IPCA no 2ºtrimestre para 0,3% na média mensalcontra 0,6% no 1º quadrimestre, puxada por menor pressão dos alimentos e impacto de descontos de tarifas. A nossa projeção para o IPCA em 2013 está em 5,8% (6,0% em 2014).
Com a divulgação da ata da reunião do Copom realizada em abril, a Itaú Asset Management alterou para 0,25 p.p. a velocidade mais provável dos próximos aumentos da taxa Selic no cenário básicoao invés de aceleração para 0,50 p.p. em maio e julho. Assim, considerando a alta que já foi anunciada pelo Copom em abril, o nosso cenário básico é um ciclo total com tamanho de 1,0 p.p. Ao final deste ciclo, a taxa Selic atingiria 8,25% ao ano contra 7,25% em março. Riscos para o cenário de 2014 poderão ser expectativas desancoradas e deterioração fiscal mais pronunciada. Por ora, não existenenhuma indicação do BC de que o ciclo possa ser retomado adiante.
Anteriormente, projetávamos um ciclo total de +1,5 p.p. (taxa Selic passando de 7,25% para 8,75%). Introduzimos no cenário básico uma segunda tranche de aumentos da taxa Selic em 2014 no total de 1,0 p.p. Assim, a taxa Selic poderia atingir 9,25% ao ano no início de 2014.
O Governo encaminhou ao Congresso o Projeto de Lei deDiretrizes Orçamentárias para 2014 contendo a meta nominal de superávit primário para o setor público consolidado de R$ 167,4 bi ou 3,1% do PIB. A diferença em relação aos anos anteriores veio com o fim da necessidade de compensação pelo governo central dos resultados não atingidos pelos governos regionais. Considerando esta particularidade, os descontos do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) e osefeitos das desonerações tributárias, o superávit primário poderia ser de apenas 0,9% do PIB.
De acordo com as nossas premissas para a realização de exercícios de sustentabilidade da dívida líquida do setor público, o superávit primário necessário para sua estabilização em torno de 35% do PIB seria de 1,7% do PIB. O nosso cenário para o superávit primário efetivo em 2014 é 1,2% do PIB contra 2,4%em 2012, seguido de 0,9% do PIB nos anos seguintes. Assim, a dívida líquida do setor público (DLSP) chegaria a 37% do PIB em 2016 contra 35% em 2012 e 42% em 2009. A piora do nível de endividamento não é crítico do ponto de visa dos fundamentos macroeconômicos, mas a dinâmica de queda da dívida nos últimos anos será interrompida.
Internacional
A visão do cenário internacional ficou menos positivaem comparação ao mês passado. O crescimento mais fraco na China no 1ºt13 foi o motivo (+7,7% A/A e +6,5% Q/Q).
Tínhamos projeções para o crescimento do PIB chinês abaixo do consenso e, por isso, ainda não faremos mudança no cenário básico que é de expansão média de 7,5% em 2013 (+8% há um mês). O destaque negativo no 1ºt foi a menor contribuição dos investimentos em ativos fixos, especialmente...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Publico
  • PUBLICO
  • Publico
  • Publico
  • Publico
  • Publico
  • Publicos
  • publicos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!