Psicologia do envelhecimento

Páginas: 2 (279 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
Texto do Goldfarb.

Segundo Goldfarb o aumento da população idosa vem acontecendo pelo aumento do progresso tecnológico, sendo que o que vem chamando aatenção é o uso de figura de linguagem para usar termos mais agradáveis para suavizar a expressão “velho”, pois esta causa um peso na nossa sociedade quefalar na palavra velho já causa medo e rejeição.
Goldfarb diz que nas sociedades tradiocionais o velho era considerado uma figura de sabedoria, era esteque ensinava aos jovens os valores, pois ele tinha o conhecimento, com o tempo isso foi se perdendo pois a sociedade foi ficando individualista em que ovelho por ele não ser mais um reprodutor de vida nem de riquezas este nada mais vale, o ser velho somente remete a tudo que diz a inutilidade, à dor, àfinitude e a morte. Sendo que a exaltação a juventude propõe um modelo desvalorizado o velho, anulando sua condição desajante bem como os seus direitos decidadania.
O velho pode significar muitas vezes a perda da ilusão própria potencia, aceitar a pulsão da morte, pois a morte é sempre fugida por todos por issoa velhice é muito temida. Hoje podemos verificar que existem varias campanhas para que os idosos tenham uma qualidade de vida melhor, mostrando a eles queeles podem se divertir na velhice, existem programas de viagens que incentivam os mesmos a ir a passeios turísticos e de lazer, planos de saúde especiais,programas de aulas de ginásticas e vários grupos para que os idosos possam estar incluídos, pois assim eles se sentem importantes também na velhice.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia do Envelhecimento
  • psicologia envelhecimento
  • Psicologia-Envelhecimento
  • Psicologia do envelhecimento
  • Psicologia do envelhecimento
  • Psicologia do envelhecimento
  • Filme Divã
  • Contribuições da Psicologia no Processo do Envelhecimento

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!