Psi Ambiente Lugares

Páginas: 12 (2839 palavras) Publicado: 4 de junho de 2015

Unidade Curricular:
Psicologia Social do Ambiente


Relatório do artigo
Para o melhor e para o pior: múltiplas dimensões do significado de lugar

Lynne C. Manzo




Docente: Professora Doutora Paula Castro

Discentes: Valter Figueiredo, nº 67841
Gabriel Moisés, nº 69777

Lisboa, Março 2015
Resumo
Este artigo explora a natureza das relações emocionais das pessoas com os lugares, por forma aperceber que tipos de lugares são significativos para as pessoas, o papel que esses lugares desempenham nas suas vidas e os processos pelos quais adquirem significado.
Devido a estas relações serem comummente exploradas através de experiências positivas da residência, esta pesquisa foi levada a cabo, para explorar outras dimensões das nossas relações com os lugares.
Para tal foram realizadas 40entrevistas de profundidade a pessoas residentes na área metropolitana de Nova York.
A análise qualitativa revelou a diversidade e riqueza das relações emocionais das pessoas para com os lugares, indicando que o significado de lugar se desenvolve a partir de um vasto leque de emoções e experiências, quer positivas quer negativas.

Introdução
As teorias baseadas no lugar e as pesquisas sobre sentidode lugar, vinculação ao lugar e identidade de lugar, trouxeram uma contribuição valiosa para a compreensão das nossas relações com os lugares. Ao articular os papéis e significados que os lugares têm na nossa vida, esse trabalho validou aspetos importantes da experiência humana. Porem, até há bem pouco tempo, a maioria das investigações empíricas tem-se focado especificamente nas nossas relaçõescom lugares residenciais, e em experiências positivas desses lugares. Tipicamente, o enraizamento a um determinado lugar tem sido considerado como um objetivo valorizado.
Esta investigação oferece uma perspetiva valiosa, acerca das dimensões fundamentais da nossa relação com lugares fora da nossa residência. Sobretudo devido à força e importância dos conceitos de pertença, proteção e conforto, ainvestigação tem sido tendencialmente focada nos laços afetivos positivos aos lugares. Consequentemente, pouco se sabe sobre a forma como a negatividade, sentimentos ambíguos e experiência, contribuem para o significado dos lugares.
Com Brown e Perkins (1992) citados por Manzo (2005), percebeu-se que existem disrupções às relações positivas com os lugares. No artigo em análise, Manzo (2005),levanta as questões: “E se a relação com um dado lugar é negativa ou ambivalente à partida? Poderemos sentir-nos presos ou diminuídos devido ao relacionamento que mantemos com um lugar? Como poderemos compreender estes aspetos da relação com o lugar?”. Estas e outras dimensões das relações entre pessoas e lugares, são o objeto de estudo de Manzo (2005), no presente artigo, explorando quer o leque delugares para com os quais as pessoas desenvolvem vínculos emocionais, quer o leque de experiências que são geradores de significado.

Raízes filosóficas da investigação sobre lugares
Grande parte da literatura sobre as relações emocionais das pessoas com os lugares, tem raízes na fenomenologia. Esta perspetiva proporciona uma compreensão profunda, dos fenómenos complexos e intangíveis, que não seprestam a mensurações psicométricas. A fenomenologia apela ao retorno à experiência viva do dia-a-dia no mundo, e ao afastamento da objetificação dos lugares e do seu significado.

O foco na residência
A “casa” é frequentemente usada como metáfora espacial dos relacionamentos com diversos lugares, bem como para a forma de estar no mundo. (Hayward, 1975; Howard, 1993; Moore, 2000; Williams &McIntyre, 2001). Como Norberg-Shultz (1985) citado por Manzo (2005), refere, cada individuo necessita de um lugar fixo que toma a forma de casa: “O coração crente não gosta de vaguear por aí sem ter um lar, necessita de um lugar fixo ao qual regressar, quer o seu quadrado a que chama casa”.
Grande parte da investigação tem explorado o conceito de “sentir-se em casa”, como uma situação que habitualmente...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O LUGAR DA AFETIVIDADE NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL
  • o lugar do espaço na equação população/meio ambiente
  • Os Lugares da Psicologia: o projeto epistemológico da modernidade e a gestação do espaço Psi.
  • Psi
  • PSI
  • PSI
  • PSI
  • Psi

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!