pos keynesianismo

Páginas: 11 (2540 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
Pós Keynesianismo
A economia pós-keynesiana é baseada nas ideias de John Maynard Keynes. Difere da economia keynesiana em diversos aspectos. Os pós-keynesianos enfatizam o papel da moeda e da especulação financeira. Esses autores tentam retomar as origens do modelo keynesiano, enfatizando o papel da demanda agregada e a incerteza dos empresários. Acreditam que a leitura dada à obra de Keynespelo modelo IS-LM não é a mais correta dado que tem pouco foco no componente da incerteza. Na visão desses autores, a incerteza merece mais destaque, pois tem influência direta nos componentes da demanda agregada, como o consumo e o investimento.
A teoria pós-keynesiana esclarece, enfatiza e acrescenta elementos em relação à teoria de Keynes. Esse autor, de acordo com a visão pós-keynesiana,elaborou uma teoria monetária do emprego, ou seja, considerou que as variáveis monetárias causariam efeitos reais e, por isto, não poderia ser aceita a divisão rígida entre variáveis monetárias e reais da teoria neoclássica. Os autores pós-keynesianos criticam fortemente a teoria neoclássica.
Uma das características principais dessa escola – que tem como expoentes, entre outros, os economistas PaulDavidson, Hyman Minsky e Jan Kregel – é mostrar, de forma coerente e consistente, que uma economia, quando deixada ao livre jogo das forças de mercado, é incapaz de alcançar e/ou permanecer em uma posição de pleno emprego da força de trabalho. Usando uma linguagem mais técnica, os mercados não se auto equilibram e, por isso, são falhos.

Nicholas Kaldor
Nicholas Kaldor ( Budapeste , 12maio de 1908 - Papworth Everard, Cambridgeshire ,30 de setembro de 1986 ) foi um economista de origem judeu , que adotou a nacionalidade britânica depois de emigrar da sua terra natal, a Hungria.
Kaldor estudado em Modelo Ginásio de Budapeste, Berlim , e desde 1927 na Escola de Economia de Londres , onde foi professor entre 1932 e 1947 . Após a Segunda Guerra Mundial , ele fez parte da Comissão Económica paraa Europa. A partir de 1949 ele foi professor de Faculdade do rei em Cambridge.
Em 1934 , ele propôs o famoso modelo de teia de aranha para estimar a preços agricultura. Desenvolvido em 1939 o princípio da "compensação" chamada ideal de Kaldor-Hicks, em que se uma mudança na distribuição de renda permite Vencer, compensar os perdedores, o resultado é um aumento da produção e, portanto, obem-estar geral. (ver Welfare Economics ) produziu alguns dos primeiros memorandos sobre a criação do imposto sobre o valor acrescentado.
Sua principal de investigação relacionadas com o modelo de crescimento estável, que tenta determinar a variação da taxa de investimento em termos da taxa de lucro , que associa a sua teoria da distribuição.
Outra contribuição importante de Kaldor, do ponto de vista daeconomia keynesiana se refere aos efeitos dinâmicos de especulação, cujo estudo deriva de uma teoria de ciclos de negócios endógeno, que o levou a discutir com as posições deFriedrich Hayek sobre o assunto e dizer que se um boom econômico teve um altamente especulativo, o declínio pode ser muito forte e levar rapidamente a um nível muito baixo.

Hyman Philip Minsky 
(Chicago, 23 desetembro de 1919 - Rhinebeck, 24 de outubro de 1996) foi um economistaamericano pós-keynesiano. É conhecido por seus estudos sobre as crises financeiras e sua ligação com o ciclo econômico. Suas análises exerceram grande influência, não apenas na academia mas também nos meios financeiros. Em 1941, Minsky conclui seu curso de graduação em matemática na Universidade de Chicago. Depois disso, orienta-se para oestudo da economia. Em Chicago, é influenciado pelos trabalhos de Oskar Lange, Henry Simons, Jacob Viner eFrank Knight 3 . No verão de 1942, trabalha para Leontief em Harvard, onde permanecerá para prosseguir seus estudos. De 1943 a 1946, serve ao exército americano na Europa. Após a guerra, retorna a Harvard e prepara sua tese sob a direção de Schumpeter e obtém seu doutorado em 1954.
Uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Keynesianismo
  • KEYNESIANISMO
  • keynesianismo
  • Keynesianismo
  • Keynesianismo
  • Keynesianismo
  • Keynesianismo
  • Keynesianismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!