POESIA

Páginas: 8 (1904 palavras) Publicado: 24 de março de 2014
ADORMECIDA - CASTRO ALVES
“Adormecida”, poema em que predomina o lirismo amoroso, estrutura-se em sete quadras com versos decassílabos.

Do ponto de vista temático, observa-se a presença de um locutor que contempla uma imagem altamente sensual – uma mulher semi-nua está deitada na rede.

Um cheiro agreste paira no ar. O sujeito poético descreve a noite como sendo divina.

O aspectosensual do texto comparece por intermédio de uma cena metafórica, altamente erótica, em que há um galho de jasmineiro que entra [e sai] pela janela do lugar em que se encontra a mulher observada pelo locutor.

Como contraponto à metáfora de cunho nitidamente erótico [os movimentos do galho estremecem a moça adormecida], na quinta estrofe, os atores da cena [mulher, galho do jasmineiro] sãocomparados a duas cândidas crianças.

O clímax do poema encontra-se na sexta estrofe, em que o locutor, continuando a descrição da cena erótica, relata que o galho ora chegava, ora afastava-se. Mais ainda: quando a mulher parecia ficar zangada, o galho, para não a deixar magoada, sacudia alegre/ uma chuva de pétalas no seio. Esta cena, por si só, configura uma alegoria de caráter nitidamenteerótico.

Ao final do poema, o locutor, embevecido com o que via, ao se referir à mulher amada, chama-a de flor [outra metáfora de cunho erótico].

Atente-se para que, na poesia lírica de Castro Alves, há forte caráter sensual. Por isso mesmo, diferentemente do que ocorria nas gerações anteriores da poesia romântica, a mulher é um ser de carne e osso e não paira mais distante e inatingível. Aocontrário, ela é sujeito ativo na cena amorosa.Deve-se salientar o fato que a mulher adormecida é uma imagem recorrente na literatura – não só romântica, mas também universal. Ela representa a amada idealizada e indisponível para o sexo [vide o conto de fadas A bela adormecida e o poema “Pálida à luz da lâmpada sombria”, de Álvares de Azevedo]. No poema de Castro Alves, entretanto, tal mulheraparece dotada de sensualidade e é agente de uma cena altamente erótica. Isso permite afirmar que em “Adormecida”, Castro Alves rompe com o modelo romântico de idealização feminina através da paródia de uma imagem recorrente na literatura.

ADORMECIDA - CASTRO ALVES
by fredsoncc (04/08/2007 - 14:00)
Uma noite, eu me lembro... Ela dormia
Numa rede encostada molemente...
Quase aberto o roupão...solto o cabelo
E o pé descalço do tapete rente.

'Stava aberta a janela. Um cheiro agreste
Exalavam as silvas da campina...
E ao longe, num pedaço do horizonte,
Via-se a noite plácida e divina.

De um jasmineiro os galhos encurvados,
Indiscretos entravam pela sala,
E de leve oscilando ao tom das auras,
Iam na face trêmulos - beijá-la.

Era um quadro celeste!...A cada afago
Mesmo emsonhos a moça estremecia...
Quando ela serenava... a flor beijava-a...
Quando ela ia beijar-lhe... a flor fugia...

Dir-se-ia que naquele doce instante
Brincavam duas cândidas crianças...
A brisa, que agitava as folhas verdes,
Fazia-lhe ondear as negras tranças!

E o ramo ora chegava ora afastava-se...
Mas quando a via despeitada a meio,
P'ra não zangá-la... sacudia alegre
Uma chuva depétalas no seio...

Eu, fitando esta cena, repetia
Naquela noite lânguida e sentida :
'Ó flor! - tu és a virgem das campinas!
'Virgem! - tu és a flor da minha vida!...'

http://afilosofia.no.sapo.pt/sofistas.htm

Sofistas (1)

A Democracia ateniense, devido ao espírito de competição política e judiciária exigia uma preparação intelectual muito completa dos cidadãos. Este facto influencioudecisivamente o desenvolvimento da educação.
Vindos de toda a parte do mundo grego, os sofistas (mestres de sabedoria), dedicam-se a fazer conferências e a dar aulas nas várias cidades-estado, sem se fixarem em nenhuma. Atenas é todavia a cidade onde mais afluem, onde no século V a. C. adquirem um enorme prestígio. Aproveitam as ocasiões em que existe grandes aglomerações de cidadãos, para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Poesia
  • poesias
  • Poesia
  • POESIA
  • Poesias
  • Poesia
  • poesias
  • Poesia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!