Pastoral Urbana

Páginas: 7 (1516 palavras) Publicado: 11 de dezembro de 2014
O PROFISSIONAL DA MISÉRIA

Disciplina: Pastoral Urbana
Instituto Teológico Quadrangular – Londrina
Curso Livre em Teologia
26/11/2014

RESUMO

A miséria se define em sofrimento, dor, carência, escassez, humilhação, vergonha e outros aspectos ruins que assolam a vida de qualquer ser humano. A miséria gera indignação, revolta, violência, fome, doença e morte. Ela afeta todos os setores dasociedade, porque nenhum setor a ataca com políticas adequadas a ponto de extingui-la. Mas se é tão ruim, por que ela cresce assustadoramente e não é tratada da forma que deveria? Porque ela é boa e altamente lucrativa para algumas pessoas influentes, conhecidas como profissionais da miséria, que fazem dela a sua fonte de poder e riqueza, um meio de vida com grandes satisfações e realizaçõespessoais a quem está no topo da pirâmide da sociedade. Com propostas remediáveis manipulam as vítimas da pobreza sem curas definitivas, não porque são incapazes de curá-las, mas porque se isto acontecer, se esgotará a fonte de suprimento de tudo o que o homem mau mais quer: poder, glória, honra e riqueza. O mal que é enxergado pela maioria dos bons, representa um bem imensurável para uma minoria má eperversa. Mas a Igreja de Cristo é capaz de interferir neste sistema e transformar vidas.

Palavras-chave: Miséria. Pobreza. Escassez. Fome. Violência. Doença. Morte. Poder. Riqueza. Ser Humano. Sociedade. Igreja.

1. INTRODUÇÃO

A pobreza está diante de nossos olhos. A desigualdade na distribuição de renda, o capitalismo selvagem, o consumismo desenfreado, a falta de política social aliadacom a corrupção humana em todos os setores e níveis da sociedade nos coloca frente a frente com a miséria, em qualquer lugar por onde andarmos nesta nação chamada Brasil.

A miséria tem seus redutos geográficos, mas não segue uma regra em relação a isto. Ela é encontrada nas esquinas, em bairros pobres e nobres, nos bares, parques, praças, viadutos, estradas, escolas, sertões, enfim, quando não aencontramos, ela bate em nossas portas suplicando por dinheiro, roupas e um prato de comida ou bocado de pão.

A miséria não faz bem pra ninguém ou pelo menos, não deveria. Gera fome, humilhação, violência, doenças e até a morte. Mas há pessoas com poder de influência que fazem dela um meio de vida para se enriquecer e se autopromover, inclusive de forma profissional e lícita perante as leis.São os ironicamente conhecidos como profissionais da miséria, que fazem da desgraça alheia a sua fonte de vida. São as lágrimas de muitos, garantindo o sorriso de poucos.

O que a Igreja pode fazer em relação a isto? Se o profissional da miséria leva a mentira, a estagnação e a alienação psicológica e política partidária, a pastoral urbana através dos cristãos pode levar aesperança da Verdade, através das boas novas para um novo caminhar.


2. DESENVOLVIMENTO

Quando se fala em miséria, logo nos lembramos das favelas, do povo no sertão nordestino, das crianças desnutridas na África e outros exemplos mais comuns notados no dia a dia de nossa realidade. Nossa mente percorre a cidade e o mundo visualizando cenas chocantes que presenciamos e vemos nos noticiários.

Entãoindagamos rapidamente sobre os motivos, causas e efeitos que ocasionam tal problema. A pergunta instantânea e mais frequente é: “Onde estão as autoridades responsáveis?” Ora, boa parte delas está cuidando deste problema, porém, não para elimina-lo, mas para que jamais acabe.

“Muitos artistas e intelectuais que falam na miséria como tema de livro ou filme, ou políticos que usam a miséria comocurral eleitoral, ganham dinheiro ou votos com a miséria dos outros. Ou seja, a miséria dá lucro.” (JABOR, 2014).
O profissional da miséria visa somente uma coisa: tirar proveito. Muitas vezes é um líder comunitário que estende a mão com fins políticos ou um traficante que desenvolve o papel assumido, mas não cumprido, dos gestores públicos em sua comunidade oferecendo ajudas, recursos e renda...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pastoral Urbana
  • pastoral urbana
  • Pastoral Urbana
  • pastoral urbana
  • Pastoral Urbana
  • Pastoral urbana
  • Pastoral Urbana
  • Pastoral urbana

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!