pais e filhos

Páginas: 6 (1431 palavras) Publicado: 5 de junho de 2015
Na primeira estrofe podemos perceber a frieza do ambiente, “estátuas e cofres” ; alguém se joga do 5° andar, suicidio, demonstração de conflitos, carências, insatisfações, talvez devido a falta de calor humano, amor.”Dorme agora” pode estar relacionado com o corpo imóvel,só o tempo é que continua com suas intepéries. Segue as etapas da vida: o querer colo( infância); o vou fugir de casa(adolescência; chegar de madrugada ( adulto ). O aconchego e o conforto que os pais proporcionam e passa a ser o porto seguro dos filhos. A empolgação dos pais ao escoçher o nome e a fé na postura e no caráter do filho ao escolher nome de santo e o nome mais bonito( desejar o melhor para os filhos). Começa então a reflexão do mundo, da falta de amor entre as pessoas, porque não temos a certeza de que oamanhã existirá ( oportunidade de amar e salvar hoje), pois amanhã se existir esses filhos é que tomarão conta dos pais e do país.Somos insignificantes perante o mundo, e não é pelo fato de sermos pais é que não podemos ser frágeis,indefesos. Um dia você que é criança também será pai e verá que contonua frágil.

A música deve ser interpretada frase a frase com todos pontos e virgulas que não existemnas estrofes . A música traz todas as frases soltas que pais e filhos já disseram um dia, ele apenas juntou tudo em uma musica , por exemplo : -”quero colo” – ( uma frase, uma criança falando) -”vou fugir de casa”- (um adolescente revoltado), por ai .A música reflete frases soltas de pais e filhos, como o próprio nome da música

Dorme agora
Uuuhum!
É só o vento
Lá fora… (Quando uma criança temmedo de alguma coisa que é apenas o vento, e os pais dizem isso.)
Quero colo! ( Fala de uma criança)
Vou fugir de casa (fala de um “aborrecente”)
Posso dormir aqui
Com vocês? ( Fala de uma criança)
Estou com medo
Tive um pesadelo (outra fala que uma criança diz normalmente)
Só vou voltar
Depois das três… (frase de um adolescente que já se acha um adulto)
Meu filho vai ter
Nome de santo
Quero o nomeMais bonito… (pais pensando num nome para o filho, quem sabe com um nome de santo o livra do mau)


Inicialmente o autor descreve um apartamento de classe alta de Brasília onde uma adolescente após discutir com os pais se jogou da janela do quinto andar. Esta história é verídica.
Dorme agora, quero colo, vou fugir de casa, posso dormir com vocês, estou com medo de um pesadelo, só vou voltar depoisdas três; descrevem a ambiguidade de ser adolescente: meio criança, meio adulto.
Meu filho vai ter nome de santo se deve a uma geração de pais católicos que faziam promessas para obterem dádivas dos santos e os homenageavam colocando o seu nome em um filho. Em alguns casos era a intenção de que seguissem a vocação de padres.
Quero nome mais bonito é, evidentemente, o conflito de uma nova geraçãode filhos descomprometida com a religiosidade dos pais, onde o que interessa é um nome mais “sonoro” para impressionar os demais de seu convívio.
A melhor parte é o refrão e é também a mensagem principal no meio destas “besteiras” que damos importância demais no relacionamento entre pais e filhos: Amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque o amanhã não existe e é agora que temos que fazero que é importante.
Me diz porque que o céu é azul, me explica a grande fúria do mundo, são questões que os filhos fazem aos pais quando ainda tem neles uma imagem de perfeição.
São meus filhos que tomam conta de mim, mostra a natureza do envelhecimento humano e a importância da família no final da vida.
Eu moro com minha mãe e meu pai me visita (famílias separadas), eu moro na rua não tenhoninguém (sem família), eu moro em qualquer lugar, já morei em tanta casa que nem me lembro (a casa não representa lugar da família), eu moro com meus pais (família tradicional).
Sou uma gota d’água, sou um grão de areia nos lembra de que não somos tão importantes como nos consideramos (humildade) e que é por ter um ego tão inflado que só desejamos ser entendido e nunca entender os pais.
Culpar os...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • PAIS E FILHOS
  • Pais e filhos
  • Pais e filhos
  • Pais e filhos
  • Pais e filhos
  • Pais e Filhos em Psicoterapia
  • RESPONSABILIDADE DOS PAIS COM FILHO
  • cifra pais e filhos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!