Maquiavel

Páginas: 8 (1996 palavras) Publicado: 2 de junho de 2014
Maquiavel não é idealista. É realista. Propõe estudar a sociedade pela análise da verdade efetiva dos fatos humanos, sem perder-se em vãs especulações. O objeto de suas reflexões é a realidade política, pensada em termos de prática humana concreta. Seu maior interesse é o fenômeno do poder formalizado na instituição do Estado, procurando compreender como as organizações políticas se fundam, sedesenvolvem, persistem e decaem. Conclui, através do estudo dos antigos e da intimidade com os poderosos da época, que os homens são todos egoísta e ambiciosos, só recuando da prática do mal quando coagidos pela força da lei. Os desejos e as paixões seriam os mesmos em todas as cidades e em todos os povos. Quem observa os fatos do passado pode prever o futuro em qualquer república e usar osmétodos aplicados desde a Antigüidade ou, na ausência deles, imaginar novos, de acordo com a semelhança entre as circunstâncias entre o passado e o presente.
Já O Príncipe foi escrito devido ao desejo de Maquiavel de retornar à vida pública, caindo na graça dos Médicis, que haviam retornado ao poder. Para tanto, tenta demonstrar o seu valor como conselheiro político através do livro, utilizando suacultura e sua experiência para elaborar um "manual", onde buscava saber qual é a essência dos principados; quantas são as suas formas; como adquiri-los; como mantê-los e porque eram perdidos. Além disso, alimentava a convicção de que uma monarquia absoluta constituía como a única solução possível naquele momento de corrupção e anarqu2ia da vida italiana, para unificar a Itália e libertá-la dodomínio estrangeiro
O príncipe, para defender a manutenção do seu principado, deve, pois, ser mais temido do que amado. O ideal seria ser igualmente amado e temido, mas isto não é fácil. Então, é preferido ser temido. Os homens quase sempre são ingratos, inconstantes, dissimulados, pusilânimes diante do perigo e ambiciosos. Oferecem tudo ao príncipe desde que o perigo esteja distante. O príncipe, esobretudo o príncipe novo, deve entender tudo isso, ser capaz de comandar com força, virtude, energia, ser temido sem, todavia, ser odiado. É na construção conceitual da ação política do príncipe que consiste o realismo político de Maquiavel. Libertando a política dos fatos abstratos de uma certa impulsão divina e pautada na ética individual, Maquiavel confere à política um status absolutamentenovo dentro da História. A política passa a ser, então, auto-referente, quer dizer, ela é autônoma com suas leis e condutas. Para que isso ocorra, é preciso superar as antigas antinomias da política convencional. Maquiavel conseguiu, com seu Príncipe, algo maior. Não só superou as contradições de uma política fundamentada por uma moral, mas fundou uma analise moderna de se pensar a política. Amodernidade nasce, pois, segundo uma regra de realismo político que mudaria o curso dos modos como pensamos e exercitamos a política. Maquiavel é um fundador. Um legitimador de uma época e de uma ação política que, embora escrito e teorizado no século XVI, parece hoje tão atual.



Maquiavel, escrevendo sobre o poder, o Estado, afasta-se da maneira edificante e moralista de escrever sobre o poder:o objectivo proposto ao soberano não é mais o bem mas sim o de saber manter-se no poder. Esta mudança de problemática funda-se, para Maquiavel, numa questionação radical da visão medieval e cristã da política
Trata-se simplesmente de avaliar a acção política em termos políticos.
A"boa política" é antes de mais aquela que atinge o seu objectivo mas não tem, para isso, de ser uma políticamoralmente boa ou edificante, virtuosa. O sucesso político não transforma um mal num bem: um crime, mesmo que útil em termos políticos, continua a ser um crime. Só que há que saber distinguir os planos e ver que há actos moralmente reprováveis que são úteis e até necessários em termos de política (de governo e de condução dos negócios internos e externos)
No oitavo capítulo d'O Príncipe, Maquiavel...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Maquiavel
  • Maquiavel
  • Maquiavel
  • Maquiavel
  • Maquiavel
  • Maquiavel
  • maquiavel
  • maquiavel

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!