Lueji

Páginas: 22 (5324 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013
MITO, MEMÓRIA COLETIVA E ANCESTRALIDADE EM LUEJI, DE PEPETELA
Ana Claudia Duarte Mendes
PG/UEL – UEMS
Resumo: Neste artigo, faremos uma leitura do romance Lueji, publicado em 1989 por Pepetela, pela Associação de
Escritores Angolanos, destacando a questão da memória coletiva e do mito. O romance narra a trajetória da personagem
Lueji que a mais ou menos quatro séculos torna-se rainha daLunda, um dos reinos de Angola. Sua ascensão ao poder é
um fato raro entre os lundas, uma vez que a tradição reservava o poder aos homens. Esse fato por si é significativo, mas
as condições de sua ascensão ao trono são extraordinárias, envolvendo uma guerra entre irmãos, o que faz com que
estes acontecimentos tornem-se mito. Consideramos o sentido de mito a partir das formulações de Mircea Eliade,quando este afirma que as histórias de heróis são fixação de modelos exemplares, a se repetirem nos ritos e ordenarem a
vida na sociedade. São histórias que, por serem repetidas pelos membros da comunidade, foram preservadas na
memória coletiva, com versões diversas, como no caso do romance Lueji. Verificaremos como se configura no romance
o entrelaçamento da memória coletiva com a história,apresentando os conceitos teóricos presentes no texto narrativo, e
como estes se configuram enquanto parte do enredo. Por outro lado, analisaremos a trajetória da personagem Lueji, a
rainha, sua obediência aos antepassados e o papel dos mortos que traçam seu destino. Nesse sentido, trataremos a
ancestralidade sob a perspectiva africana, e a formulação das tradições, que são mantidas oualteradas, de acordo com as
necessidades do grupo.
Palavras-chave: memória coletiva, mito, Lueji, tradição
Abstract: In this paper, we are going to perform the Reading of Pepetela´s romance Lueji, published in 1989 by
Angolan Writers Association, highlighting the question of collective memory and myth. The romance narrates the
character Lueji trajectory who became Queen of Luanda about four centuriesago. Her ascension to power is an
uncommon fact amongst the Luanda people, since the tradition keeps the right of power to men. This fact, by itself is
meaningful, but her ascension condition to the throne was extraordinary, involving a war between brothers, what
makes this passage a myth. Taking into account Mircea Eliade´s sense of myth, seen that he asserts heroes stories are
examplingmodels fixation by means of rites that put order in social life. They are stories repeated by the members of a
community and preserved in the collective memory through different versions, as it is the Lueji case. We verify how, in
the romance, the interlacement of collective memory and the story takes place, by presenting theoretical concepts in
narrative text, and still how they are arranged asparts of the plot. On the other hand, we analyze the queen Lueji
trajectory, her obedience to her ancestors as well as the role of the dead who traced her fate. In this sense, concerning
ancestry we are going to departure from the Africans point of view, as well as the tradition formulation, that can be
kept or changed, according to the group necessity.
Keywords: collective memory, Myth, Lueji,tradition

O romance Lueji (o nascimento dum Império), publicado em 1989, pela Associação de
Escritores Angolanos, obra de Arthur Maurício Pestana dos Santos – Pepetela, faz parte de uma
produção literária inscrita na tradição de obras de resistência, constituindo-se estratégia para
lembrar, a fim de evitar as névoas do esquecimento. Consideramos que Pepetela tem sua trajetória
como escritorvinculada ao seu ideário estético e político, a sua participação ativa nas discussões
acerca da construção de um projeto de nação, das formulações do que venha a ser a angolanidade.
Segundo Adolfo (1992), “Pepetela consegue auscultar seu povo de tal maneira que todas as ideias
são contraditas no seu texto. Toda a gestualidade, a verbalidade de seus personagens são discutidos
e repensados no...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!