livros

Páginas: 5 (1075 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
O NASCIMENTO DA MEDICINA SOCIAL
Em estudo o nascimento da medicina social, Michel Foucault (1979) dexia que com o capitalismo não se deu uma passagem de uma medicina coletiva para uma medicina privada, e sim ao inverso. A medicina moderna sempre foi uma medicina social. A sociedade mantinha sobre controle os indivíduos não se conduzem simplesmente pela consciência, mas começa no corpo. “Ocorpo é uma realidade bio política e a medicina é uma estratégia bio política”. O texto de Michel é uma analise que tem como principal objetivo de dizer que a medicina sempre foi social, coletiva e não sempre individual. Principalmente na medicina moderna, que nasceu nos fins do século XVIII, teria ou não essa concentração visa o individuo. deveria ser correta a acertiva de que a medicina modernatornou-se individual porque foi introduzida no mercado, visando o capitalista.

Foucault procurou mostrar a diferença, que a medicina moderna é um fato social que possui uma tecnologia e tem apenas como um de seus usos o tipo individuo que valoriza essa relação médico-paciente. Para deixa bem claro esse ponto de vista, Foucault citou que no livro de Victor Bullough (1965), conta que a história damedicina na Idade Média era do tipo individualista, mas com tamanhos coletivas discretas e limitadas. Por isso e outros fato Foucault levanta hipótese de que o capitalismo ao contrario de ter modificado a medicina coletiva em privada. Pois o corpo tornou-se força de produção, com isso, controla a sociedade através do indivíduo, sendo primeiro na biológico, somático e corporal. 

Tornando umarealidade bio-política, medicina é uma estratégia bio-política, que serve para o controle do corpo. Porem, apesar do corpo ter sido investido como forma de trabalho, esta não foi a primeira forma assumida pela medicina e sim em último lugar, já na segunda metade do século 19. Para organizar facilmente a coesão, Foucault mostra três etapas para a formação da medicina social: a medicina de Estado, amedicina urbana e a medicina da força de trabalho. 

Primeira - A medicina de Estado começou na Alemanha, em forma de ciência do Estado, onde se torna objeto e estudo concreto. Os conhecimentos se desenvolveram de forma mais rápida e centralizada na Alemanha, levando em conta as conciencias Bullough (1965) “a necessidade de se fazer inquéritos sobre recursos e o funcionamento dos estados quecompunham a Alemanha, que naquela época ainda se encontrava dividida, sob intenso clima de conflitos e afrontamentos”. Outra razão era para essa rápidez para ascensão da ciência do Estado foi a condição econômica estagnado em que se encontrava a Alemanha, que impulsionou a burguesia se juntar ao soberano para melhor Estado.  

Segunda. A medicina urbana aconteceu na França, exatamente pelodesenvolvimento das estruturas urbanas.alaguns país também se encontrava divididos em varios territórios bipolares, além da existência de poderes rivais num mesmo território em representantes do poder estatal. Esse objetivo vinham colocar razões, tanto econômicamente, pela intenção de tornar a cidade em um importante lugar de comercio, além de unir as relações comerciais à nível de nação, quanto políticas,pois com o crescimento das cidades, ocorre o aparecimento do proletariado, que tera um papel importante com que as tensões aumentem consideravelmente. Isso se deve ao afrontamento entre pequenos grupos,plebe e burguês, ricos e pobres, com que fez agitações, que se chamam de revoltas de subsistência. 
Terceira - A medicina da força de trabalho surge na Inglaterra, no momento de seudesenvolvimento industrial, fazendo aparecer uma classe pobre, plebéia e proletária que ainda não era considerada um elemento perigoso para a saúde da população, mas passaria a ser. O que fazia com que essa massa ainda não se tornasse um perigo seria a ordem quantitativa dessas pessoas que ainda não eram tão numerosos e o fato de serem úteis à vida urbana, servindo como uma parte instrumental da existência...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Livro
  • Livro
  • Livro
  • livro
  • Livro
  • Livro
  • Livro
  • livro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!