Kaizen

Páginas: 52 (12828 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2013










Metodologia Kaizen











ALUNOS: Rafael Gonçalves Soares Matrícula: 2408534-1
Inácio Ronan Machado Matrícula: 2208030-0
PROFESSOR: Jorge Nei Brito



Sumário

1. Introdução 7
2. Histórico 7
3. Objetivos do Kaizen 8
4. Definições 8
4.1. Desperdícios 8
4.1.1. Tipos de desperdícios 8
4.2. Qualidade 94.2.1. Ponto de vista do cliente 9
4.2.2. Ponto de vista do fornecedor 9
4.3. Cliente x Fornecedor 9
4.4. Clientes internos e externos 10
5. A estratégia de aprimoramento contínuo 10
5.1. Razões do sucesso 10
5.2. Reconhecimento de que qualquer corporação tem problemas 10
5.2.1. Incessante aprimoramento das pessoas 11
5.3. Tipos de aprimoramento 11
5.3.1. Ponto de partida para oaprimoramento 11
5.4. Kaizen e o sistema de sugestões 12
5.5. Resultados X Processos 12
5.5.1. Critério “R” 12
5.5.1. Critério “P” 13
5.6. Aprimoramento 13
5.7. Qualidade Total na organização 13
5.7.1. Administração do processo anterior 13
5.7.2. O processo seguinte é o consumidor 13
5.8. Círculos de Controle da Qualidade (CCQ) 14
5.9. A primazia da Qualidade 14
5.10. 10 Credos gerenciais 14
6.Programas de Kaizen ou de Melhoria Contínua 14
7. Aplicação do Kaizen na organização 16
8. Ferramentas estatísticas para aplicar o Kaizen 16
8.1 Diagrama de Pareto 16
Figura 1. Vilfredo Pareto - Economista (1848 – 1923). 16
Figura 2. Juran – Engenheiro de Controle de Qualidade. 17
Figura 3. Diagrama de Pareto. 17
8.1.1. Etapas de Construção 17
8.2. Diagrama de Causa e Efeito 18
Figura4. Kaoru Ishikawa (1915-1989). 18
Figura 5. Diagrama de Causa e Efeito. 19
8.2.1. Regras básicas 19
8.3. 5W2H 19
Figura 6. Quadro de perguntas para levantamento do problema e/ou solução. 20
8.4. Histograma 20
8.4.1. Histograma simples 20
Figura 7. Histograma simples. 20
Figura 8. Histograma simples. 21
Figura 9. Histograma simples. 21
Figura 10. Histograma simples. 22
Figura 11.Histograma simples. 22
8.4.2. Histograma múltiplo 22
Figura 12. Histograma múltiplo. 23
Figura 13. Histograma múltiplo. 23
Figura 14. Histograma Múltiplo 24
8.5. Diagramas de Dispersão 24
Figura 15. Esquema do diagrama de Dispersão. 24
Figura 16. Diagrama de dispersão do número de frutos por árvore versus o peso do fruto e linha unindo os pesos médios dos frutos. 25
Figura 17. Tabela de peso dosfrutos e número de frutos por planta em 10 morangueiros na primeira safra. 25
8.6. Gráficos de Controle 25
8.6.1. Tipos de Gráficos de Controle 26
Figura 18. Gráfico de Controle P. 26
Figura 19. Gráfico de Controle C. 26
Figura 20. Gráfico de Controle U. 27
Figura 21. Gráfico de controle XR. 27
Figura 22. Gráfico de Controle CUSUM. 28
Figura 23. Gráfico de Controle EWMA. 28
9. Roteiroprático para a implementação da metodologia Kaizen 28
9.1. Identificação e seleção das oportunidades de melhoria 28
9.2. Estabelecimento de Metas de Melhoria 29
9.3. Análise do Processo Atual 29
9.4. Geração e Seleção de Alternativas de Aperfeiçoamento 29
9.5. Implementação das Melhorias 30
9.6. Avaliação Contínua do Processo 30
10. Relacionamento Interpessoal 30
10.1. Necessidades básicas dohomem 30
10.2. Os grupos: suas leis, suas características. 31
10.3. A comunicação efetiva 33
10.4. A escuta ativa – O bom ouvinte 34
10.5. Cinco etapas para agregar valor ao trabalho em grupo 34
10.6. Como obter a adesão interna do grupo de trabalho 34
11. Liderança 35
12. Estudo de caso 36
Figura 24. Planejamento do evento Kaizen 36
Figura 25. Exemplos de melhorias do aspecto deorganização 37
Figura 26. Aspecto do arranjo físico antes e depois do evento 38
Figura 27. Equipe implantando quadros kanban e supermercado de itens 38
13. Considerações Finais 40
14. Referências Bibliográficas 41






































Lista de Figuras

1. Introdução 7
2. Histórico 7
3. Objetivos do Kaizen 8
4. Definições 8
4.1....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • kAIZEN
  • KAIZEN
  • Kaizen
  • kaizen
  • Kaizen
  • KAIZEN
  • kaizen
  • Kaizen

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!