JARDIM MODERNO NO BRASIL

Páginas: 17 (4006 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2014
O JARDIM MODERNO NO BRASIL

Isis Paganini – Mat.: 6882
T.H. do Paisagismo – Leonardo
Faculdades Integradas Silva e Souza

Resumo
No momento da história onde o mundo da arquitetura procurava uma
renovação para acompanhar as expressões artísticas da época, houve algum
movimento na tentativa de alcançar o andar dessas mudanças. Surgiu então a
busca por jardins num conceito cubista,abstrato, e no Brasil, na década de
1930, a busca por uma expressão de identidade regional própria. No entanto,
essas tentativas não chegaram a incorporar o novo conceito da arquitetura
moderna, pois a paisagem se tornou estática, limitada, segregada, o que não
condizia com a liberdade de uma arquitetura mais atual. Nos anos de 1950,
Burle Marx, já atento a essas preocupações desde o início doséculo XX,
revolucionou a forma de se criar jardins, implementando a pesquisa plástica
neste campo, fazendo com que suas produções apresentassem categoria de
arte e integração às condições do terreno e clima. Os jardins passaram a ter
leveza, liberdade e movimento, além de tons e cores inteligentes. Com isso,
Burle Marx realizou um verdadeiro avanço e uma grande ruptura com o que se
produzia atéentão, tornando-se, de forma quase isolada, um expoente no
campo paisagístico. A partir de composições abstratas, revelou em cores e
intensidade a paisagem natural e cultural do Brasil e, como intérprete deste
território imenso e múltiplo, construiu uma grande sinfonia de imagens do país
e, com certeza, sua mais pura tradução.

Palavras-chave: Paisagismo; Inovação; Modernidade; Naturezaregional;
Roberto Burle Marx.

MOTIVOS DO NOVO PAISAGISMO

Na virada do século XIX para o século XX, enquanto os arquitetos
buscavam novas teorias, ideais e materiais em um esforço de produzir uma
arquitetura condizente com o momento cultural e artístico da época, muitos
paisagistas ainda se baseavam no passado, propondo jardins com influência
inglesa e suas variantes italianas. Não havia umadiscussão ou mesmo
experimentos comparáveis aos que surgiam no campo da arte e da arquitetura.
Além do mais, as poucas criações inovadoras dos jardins nessa época não se
deram no espaço público, mas no âmbito privado, não favorecendo a
repercussão e amadurecimento dessas ideias. Segundo Jean-Pierre Le
Dantec, “Impressionismo, japonismo, Nabis e art nouveau não
encontram eco jardinístico naFrança senão nos jardins de Monet, em Giverny.”

Imagem 1: “Jardim em Giverny” de Claude Monet (1900)

Além do mais, estas tentativas não chegaram a se configurar como uma
conformação espacial jardinística, mas se restringiam à estruturação das
potencialidades cromáticas da vegetação na construção.
No campo das artes, no início do século XX são realizadas
experimentações relacionadas àconcepção de um espaço contínuo,
inseparável das coisas do entorno. Era a concepção Cubista do espaço
plástico: a arte deixa de ser a representação do mundo e passa a se tornar
uma ação que se realiza. O quadro, por sua vez, deixa de ser a superfície

sobre a qual se projeta a representação da realidade, e se torna o plano
plástico em que a realidade se organiza. Assim, a obra deveriademonstrar um
procedimento que renovasse a própria experiência da realidade. A partir daí, o
sujeito moderno tinha condições de reconstruir um ambiente ao redor de si
mesmo, podendo criar mundos inteiros. Consequentemente se instaura uma
nova relação entre espaço e objeto.
Em Viena e na França, antes da 1º Guerra Mundial, surgiam conceitos
de arte de jardim que esboçavam um esforço de instituir umalinguagem
moderna, se abrindo a novas sensibilidades e propondo uma ruptura com o
passado. O jardim é concebido de acordo com as regras estruturais e
geométricas, mais do que as demandas naturais. Era uma tentativa de
negação da natureza selvagem através de um “jardim que seguia princípios
arquiteturais que fortaleciam a expressão da ilusão humana” (Joseph August
Lux). Estes trabalhos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Brasil Moderno
  • Fichamento: A ideia do Brasil moderno
  • O legado do urbanismo moderno no Brasil
  • A enfermagem no brasil moderno
  • A Enfermagem No Brasil Moderno
  • “Os jardins de infância no brasil: um longo debate”
  • a ruralidade no Brasil Moderno
  • O Teatro Moderno no Brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!