Ficiencias 2

Páginas: 4 (752 palavras) Publicado: 23 de setembro de 2015
Uso de leveduras para indução de resistência em feijoeiros ao crestamento bacteriano comum

O crestamento bacteriano comum, causado pela bactéria Xanthomonas axonopodis pv. phaseoli, é uma dasprincipais doenças da cultura do feijoeiro, que ataca principalmente suas folhas, reduzindo a área fotossintetizante. Para seu controle são registrados junto ao MAPA (descrever cigla) apenas doisprincípios ativos, que podem causar danos ambientais e na saúde de consumidores. Uma solução para este problema, seria o uso de leveduras para indução de resistência em plantas de feijoeiro contra a doençaanteriormente citada.

Avaliar o potencial das leveduras Saccharomyces boulardii e Saccharomyces cerevisiae na indução de resistência de plantas de feijoeiro ao crestamento bacteriano comum

O experimentoserá conduzido em telado localizado na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) campus de Medianeira. Serão cultivadas plantas de feijoeiro da cultivar IPR-Campos Gerais em recipienteplástico de 0,2 dm³, contendo uma mistura homogênea de duas partes de solo, duas partes de areia e uma parte de matéria orgânica (v:v:v). O delineamento experimental a ser utilizado será em blocosinteiramente casualizados, contendo sete blocos e três tratamentos. Os tratamentos empregados serão: Saccharomyces boulardii (2 g.L-1), Saccharomyces cerevisiae (2 g.L-1) e testemunha (água destilada). Ostratamentos serão aplicados quando as plantas apresentarem o primeiro trifólio completamente expandido, se aplicando 5 mL por trifólio. A Xanthomonas axonopodis pv. phaseoli será aplicada três dias apósos tratamentos, quando o segundo trifólio da planta estiver completamente aberto, na concentração de 108 UFC.mL-1. Serão realizadas avaliações de severidade da doença no primeiro e no segundo trifólioa cada 7 dias, com o auxílio de uma escala diagramática para quantificação dos sintomas. As variáveis analisadas serão área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) e severidade final da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • SEM 2 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!