Escola de CHICAGO

Páginas: 8 (1912 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
A chamada Escola de Chicago é apresentada como uma das primeiras correntes de pensamento dentro da Criminologia, que parte de abordagem macrossociológica e não mais biopsicológica do fenômeno da criminalidade.
 É interessante conhecer um pouco do contexto da cidade de Chicago e da Universidade que ali era fundada, para se compreender os métodos de que lançaram mão seus pesquisadores e asconclusões a que chegaram. Segundo Howard Becker uma das formas de se aproximar da sociologia é conhecer um pouco da história de suas instituições e organizações[6]:
A terceira história da sociologia é a das instituições e organizações, dos locais onde o trabalho sociológico foi realizado, porque nenhuma idéia existe por si mesma, em um vácuo; as idéias só existem porque são levadas adiante por pessoasque trabalham em organizações que perpetuam essas idéias e as mantêm vivas. (BECKER, 1996)
 De acordo com o mesmo autor, “por um bom tempo, estudar sociologia nos Estados Unidos era estudar a cidade de Chicago.”
A Universidade de Chicago foi fundada em 1890, a partir principalmente de investimentos de John Rockefeller, conforme relatam autores como Wagner Cinelli de Paula Freitas, SérgioSalomão Shecaira e principalmente Howard Becker, que decidiu incentivar a criação de uma universidade na cidade de Chicago. Foi a primeira universidade norte-americana a ter um departamento de sociologia e foi chamada de Escola de Chicago por Luther Bernard, em 1930.
 Na época da fundação da universidade, Chicago era a terceira maior cidade dos Estados Unidos e experimentava a continuidade de talcrescimento, com a expansão da indústria, redução da taxa de mortalidade, mudanças nas relações de produção e significativa chegada de imigrantes europeus e de outras regiões norte-americanas, o que ocasionava um grande déficit na oferta de vagas de empresa e também na área habitacional. O mencionado contexto acabava por proporcionar ambiente propício para o aumento dos conflitos sociais, consequentemente, do crime e sua repressão (FREITAS, 2005). É o que afirma Sérgio Salomão Shecaira (2004, p. 140): “A expansão da classe média e trabalhadora, com a vinda de grandes levas de imigrantes e migrantes para as cidades que se transformam em centros industriais dinâmicos, cria um diversificado ambiente intelectual, dentro do qual evoluíram as ciências sociais.”
 Jorge de Figueiredo Dias e Manuel daCosta Andrade (1997, p. 269), apresentam a Escola de Chicago, afirmando que o crescimento vertiginoso do espaço urbano, com o processo de industrialização:
[...] colocou a cidade e os seus modelos de convivência e interacção no centro das preocupações dos teóricos e moralistas dos fins do século XIX e princípios do século XX. Pelas suas dimensões sem precedentes, pela sua heterogeneidade étnica ecultural, pelo anonimato e atomismo da sua interacção, a cidade moderna caracteriza-se pela ruptura dos mecanismos tradicionais de controlo (família, vizinhança, religião, escola) e pela pluralidade, praticamente sem limites, das alternativas de conduta.
 Diante dos problemas observados na cidade, que era o laboratório dos pesquisadores da Universidade de Chicago, seus autores estavaminteressados em trabalhos pragmáticos, que pudessem contribuir de alguma forma para a superação dos problemas enfrentados pela população, a partir de suas próprias ações e aptidões, reforçando os mecanismos tradicionais de controle. Foram autores de tradição de pragmatismo, observação direta das experiências e análise de processos sociais urbanos.
 De acordo com Howard Becker, é comum designar como umaescola, um grupo de autores que pensam de forma razoavelmente semelhante, o que é verificado por outros pensadores, anos após a produção dos primeiros. Porém, no que se refere à Escola de Chicago, o autor considera tratar-se não apenas uma escola de pensamento, mas principalmente uma escola de atividade, que “consiste em um grupo de pessoas que trabalham em conjunto, não sendo necessário que os...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Escola de Chicago
  • Escola de chicago
  • Escola de chicago
  • Escola de Chicago
  • Escola de chicago
  • a escola de chicago
  • Escola de Chicago
  • Escola de chicago

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!