EMPUXO - FISICA II

Páginas: 6 (1471 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014




CURSO DE ENGENHARIA











EMPUXO

PRINCÍPIO DE ARQUIMEDES














Salvador - Ba
2014
SUMÁRIO










EMPUXO – PRINCÍPIO DE ARQUIMEDES

Luciene de Lima Martins ,Arilson Barbosa dos Santos, Marcus Vinicius Lima Lopes, GabrielaLima Braga.
Instituição de Ensino :Estácio-FIB-Centro Universitário Estácio da Bahia-Endereço Rua Xingu,179 STIEP-Salvador Bahia
cinha_lm@hotmail.com

RESUMO –Neste artigo usando o princípio de Arquimedes, foi feito experimentos sobre empuxo, e para identificar o mesmo em função das forças aparentes e a diminuição da força peso de um corpo submersos nos líquidos: água, óleo e detergente.1 -INTRODUÇÃO
Princípio de Arquimedes

Todo corpo imerso em um fluído fica submetido à ação de uma força vertical, empurrada de baixo para cima, que tem por nome empuxo, de módulo igual ao peso do volume do fluído deslocado.
Sendo Vf o volume do fluido deslocado, então a massa dofluido deslocado é:
Mf = df. Vf
Sabendo que o módulo do empuxo é igual ao módulo do peso:
E = P = m . g
Assim temos que o empuxo é:
E = df. Vf . g
O fluido deslocado é o volume do fluido que caberia dentro da parte imersa no fluido, estando ele totalmente ou parcialmente imerso, como mostra figura abaixo:

Arquimedes formulou o seu princípio para a água, mas ele funciona para qualquerfluido, até mesmo para o ar.
Quando um corpo mais denso que o líquido está totalmente imerso, percebemos que o seu peso é aparentemente menor do que no ar. Este peso aparente é a diferença entre o peso real e o empuxo.
Equação de Arquimedes:

Temos a seguinte formula.

│F│= FORÇA APARENTE │F│=│P│-│E│

│P│= PESO

│E│= INTENSIDADE DO EMPUXO2- OBJETIVOS

Aferir e verificar o Empuxo (E) sobre um cilindro em três fluídos, água (H2O), óleo de cozinha,e detergente.
Calcular a densidade em três fluídos distintos, água, óleo e o detergente.
Explicar o que acontece com o experimento considerando que a todo momentoMRU(Movimento Retílineo Uniforme) em quatro instantes.
Cilindro (corpo de prova) entrando 1/4 no fluído
Cilindro (corpo de prova) entrando 1/2 no fluído
Cilindro (corpo de prova) entrando 3/4 no fluído
Cilindro (corpo de prova) todo mergulhado no fluído, após ter tocado no fundo do recipiente

3 – CONTEXTO HISTÓRICO

Conta Vitrúvius que o sábio grego Arquimedes o descobriuenquanto tomava banho, quando procurava responder a Hierão II, rei de Siracusa, se sua coroa era realmente de ouro puro.
Hierão, assim que se tornou rei de Siracusa, mandou fazer uma coroa de ouro, para ofertar a deuses imortais, para isso, contratou um homem e ofereceu-lhe uma grande quantia de ouro; na data prevista, o homem trouxe-lhe a coroa executada na perfeição, que tinha o mesmo peso de ourofornecido, Porém, correram rumores de que parte do ouro havia sido subtraído, e substituído por prata. Hierão ficou indignado com a fraude, e sem saber como o roubo poderia ser descoberto, passou o problema para Arquimedes.
Um dia, enquanto tomava banho na banheira, Arquimedes observou que a água transbordava à medida que seu corpo mergulhava na banheira, descobrindo o método para a solução doproblema. De tão contente que estava saiu da banheira e foi para rua gritando a famosa expressão “Eureka”, que em grego quer dizer, descobri, achei, encontrei.
Assim pegou duas massas de ouro e prata, com o mesmo peso da coroa e um vasilhame de água, cheio até a borda.
Mergulhou e retirou a massa de prata, completando em seguida o volume e medindo a quantidade de água necessária para encher o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • FISICA EXPERIMENTAL II
  • Empuxo
  • relatorio 001 Física II
  • Relatório de Física Experimental II
  • Trabalho Fisica Experimento II Empuxo
  • Física
  • Fisica Empuxo
  • fisica Empuxo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!