economia

Páginas: 151 (37655 palavras) Publicado: 6 de agosto de 2013
Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque
Professor do Departamento de Economia da Escola de
Administração de Empresas de São Paulo –
Fundação Getúlio Vargas

Quatro Séculos de História
Econômica Brasileira

McGRAW-HILL
São Paulo • Rio de Janeiro • Lisboa • Porto • Bogotá • Buenos Aires • Guatemala • Madrid
México • New York • Panamá • San Juan • Santiago
Auck1and • Hamburg •Johannesburg • Kuala Lumpur • London • Montreal • New Delhi •
Paris Singapore Sydney Tokyo Toronto

Copyright 1977 da Editora McGraw-Hill do Brasil, Ltda.
Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, guardada pelo sistema “retrieval” ou
transmitida de qualquer modo ou por qualquer outro meio, seja este eletrônico, mecânico, de
fotocópia, de gravação, ou outros, sem prévia autorização escritada Editora.

CIP - Brasil. Catalogação–na–Fonte
Câmara Brasileira do Livro, SP

A311 q

Albuquerque, Marcos Cintra Cavalcanti, 1945 Quatro séculos de história econômica brasileira (por) Marcos
Cintra Cavalcanti de Albuquerque. São Paulo, McGraw-Hill do
Brasil, 1977.
1. Economia - História - Brasil I. Título.

77-0722

CDD-330.981

Índice para catálogo sistemático:
1. Brasil:Economia : História 330.981

SUMÁRIO
Prefácio
1 . A abordagem do produto principal

IV
1

2. As primeiras décadas: o estabelecimento dos fundamentos econômicos

11

3. Açúcar: uma economia de enclave no século XVII

27

4. Ouro: um ciclo de repressão mercantilista

37

5. Café: um ciclo de modernização e crescimento

59

Índice analítico

87

PREFÁCIO
A finalidade destetrabalho é sugerir uma interpretação dos primeiros quatrocentos
anos de história econômica brasileira, tomando a abordagem do produto principal como
arcabouço organizacional básico.
O objetivo é entender a estrutura da economia brasileira e fazer o levantamento de
seus fatores formativos. Não temos interesse em analisar políticas, mas sim em entender os
elementos fundamentais que ocasionaramas que foram observadas. Procuraremos dar uma
interpretação das características de longo prazo da economia e, por isso, o tom deste
trabalho será uma tentativa para "justificar" o que aconteceu, de modo "positivo" ao invés
de "normativo".
Nesse processo, surgirão perguntas, algumas das quais terão respostas experimentais.
Uma das matérias mais importantes é a análise dos elementos "herdados"na formação da
economia brasileira. Buscando fazê-la, fomos levados a enfatizar os fatores externos ou
internacionais que condicionaram a evolução do sistema econômico brasileiro. Este realce
dos fatores externos é uma característica da abordagem do produto principal que julgamos
justificado levar ainda além do habitual.
A abordagem do produto principal envolve uma interpretaçãoessencialmente
histórica da economia. Assim, a história brasileira foi dividida em períodos que seguem a
sucessão cronológica dos ciclos de produtos principais. Mas, antes que mergulhemos neles,
a abordagem do produto principal será descrita como tentativa para introduzir neste
trabalho um arcabouço metodológico.

IV

1. A ABORDAGEM DO PRODUTO PRINCIPAL
Ao analisar o processo do desenvolvimentoeconômico, amiúde nos sentimos tentados
a recorrer às teorias ortodoxas do crescimento e relegar a notas de rodapé as circunstâncias
particulares que condicionam o sistema econômico de um país.
Emprestando grande importância ao processo de acumulação de capital, a teoria
econômica ortodoxa está simplesmente observando, a posteriori, de que modo as
economias de sucesso foram capazes de criar umprocesso auto-sustentado de acumulação e
crescimento. Com efeito, é possível observar o modo pelo qual o crescimento é gerado,
comparando fatos empíricos com os modelos teóricos que neles se originaram; este método,
no entanto, implica um raciocínio circular. Conquanto as teorias ortodoxas do crescimento
possam ser muito úteis na formulação de política - no sentido de que apresentam um alvo a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • economia
  • Economia
  • Economia
  • Ecônomia
  • economia
  • Economia
  • Economia
  • Economia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!