Economia Angolana na era pre colonial

Páginas: 5 (1133 palavras) Publicado: 10 de junho de 2014
Com a expansão ulterior das forças produtivas, o homem começou a produzir mais do que era necessário para a sua subsistência. Nessas condições tornou-se possível usar mais trabalhadores (escravos). A princípio a escravidão manteve-se dentro dos limites patriarcais (domésticos) mas depois converteu-se na base de um novo sistema social. O trabalho de escravo levou a nova desigualdade: asfamílias que utilizavam escravos enriqueciam depressa. Os ricos passaram a escravizar não só os prisioneiros como também os companheiros de tribo que empobreciam ou se endividavam.
A desigualdade crescente entre as pessoas conduziu a fundação do Estado como órgão adequado a repressão da classe explorada pela dos exploradores. Assim a escravidão brotou nas ruinas do modo comunal-primitivo.
A primeiraformação socio económica foi o sistema comunal-primitivo, que cobriu um período de muitas centenas de anos. Assinalou o princípio da sociedade humana.
O inicio dá agricultura representou um avanço gigantesco na evolução das forças produtivas. o emprego do gado com finalidade de tração tornou o trabalho agrícola mais produtiva e o amanho do solo adquiriu base estável. Os homens primitivoscomeçaram a adaptar um modo sedentário de vida.
A transição da sociedade primitiva para a escravidão foi possibilitada pelo crescimento ulterior das forças produtivas pelo aparecimento de uma divisão social de trabalho e troca.
Ironicamente, a Angola tradicional, em contraste com a Angola moderna, era caracterizada por sua falta de liberdade económica por seculos antes da chegada dospré-colonialista europeus. Na época a unidade económica era a família estendida, a linhagem ou clã. Os meus de produção eram pertencentes à linhagem, gerando o mito da propriedade comunitária, enquanto objetos de caça eram objetos individuais.
De forma geral, a economia se organizava em torno da posse coletiva das terras. Um chefe tribal ordenava a distribuição de lotes de terra mediante opagamento de uma determinada tributação. A divisão de tarefas no trabalho agrícola contava com a participação de homens e mulheres. As famílias agregavam uma ampla extensão de indivíduos que englobava filhos, esposas, parentes mais pobres, agregados e escravos. A prática da escravidão nessas culturas contava com uma complexa organização.

Os escravos mais prestigiados eram utilizados para os combatesmilitares entre as tribos rivais. Outra parcela de escravos trabalhava junto aos camponeses e acabavam sendo incorporados ao ambiente familiar. Alguns escravos chegavam a desfrutar de alguns privilégios e poderiam até mesmo ter algum tipo de posse. A inserção social de escravo só não acontecia na livre escolha de uma esposa ou na participação das questões políticas.



Mercados
Os mercadoseram onipresentes em Angola pré-colonial. Dois tipos de eram distinguíveis: os periódicos (semanal) mercados rurais e os maiores mercados regionais. Elas serviam como ponto de troca para a mercados de longa distância.
As rotas de livre mercado eram predominantes no comércio de longa distancia enquanto as mulheres eram responsáveis pelos mercados rurais, que eram predominantes comércios deprodutos da agricultura.

Os preços do mercado de Angola não eram controlados ou afixados por chefes ou governantes tribais.
Eles sempre foram determinados pela barganha de acordo com a lei da oferta e demanda. Por exemplo, quando o milho era escasso, seu preço subia, e o preço do peixe geralmente tendia a ser maior na manhã que o começo da tarde, quando os peixeiros estavam ansiosos para voltar paracasa.
Com a expansão ulterior das forças produtivas, o homem começou a produzir mais do que era necessário para a sua subsistência. Nessas condições tornou-se possível usar mais trabalhadores ( escravos). A principio a escravidão manteve-se dentro dos limites patriarcais ( domésticos) mas depois converteu-se na base de um novo sistema social. O trabalho de escravo levou a nova desigualdade :...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • a economia angolana no periodo colonial
  • Economia no período pré-colonial
  • Economia Angolana
  • Economia Angolana
  • A ECONOMIA ANGOLANA
  • economia angolana
  • pré-colonial
  • A América pré-colonial e colonial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!