duvida metodica de descartes

690 palavras 3 páginas
1. O que é a dúvida metódica de Descartes?
A dúvida metódica foi o meio pelo qual Descartes se valeu para chegar a um conhecimento firme e seguro. Significa que para ele o conhecimento deveria se assentar sobre uma base sólida, para que assim possa ele se desenvolver plenamente. Descartes viveu em um novo mundo recém descoberto , a maior circulação de mercadorias entre os povos trouxe consigo mais ideias, e também novas concepções sobre tudo. Era uma época em que o antigo modo de viver e antigas ideias estavam sendo postas em xeque. Isso mostrou que muitas vezes, um mesmo fenômeno tinha respostas distintas. Qual delas é a correta? Esse panorama fermentou em Descartes a necessidade de sair em busca de bases confiáveis para se edificar o palácio do conhecimento. Em suas meditações, as dúvidas que levantou o levaram a duvidar de sua própria existência. Mas, como saldo residual obteve uma primeira certeza, qual seja: penso, logo existo. A dúvida metódica foi à dúvida levada ao extremo para se extrair uma verdade incontestável, uma primeira verdade.

2. Qual é o objetivo da dúvida metódica de Descartes?
O objetivo de Descartes era poder encontrar o fundamento do conhecimento humano da realidade existente para a partir dele fundamentar seu método do conhecimento verdadeiro.
Para verificar a validade do fundamento, ele colocava em dúvida qualquer fundamentação sensível ou intelectual da realidade que lhe afigurasse. Se esse fundamento pudesse ser questionado era, de início, descartado para se passar para outro aspecto que fundamentasse a realidade.
No processo da dúvida metódica ele acha a única coisa que não pode ser questionada, a certeza do "cogito", isto é, saber que sou um ser pensante, uma substância que pensa e disso não poder duvidar, pois mesmo que queira o próprio fato de duvidar já testemunha que penso e, portanto sou. Assim ele formula a frase "Cogito ergo sum".
Da certeza do cogito ele formula toda a certeza da realidade e da possibilidade

Relacionados

  • A dúvida metódica de descartes
    921 palavras | 4 páginas
  • Filosofia
    731 palavras | 3 páginas
  • Descartes e o método
    974 palavras | 4 páginas
  • Biografia René Descartes
    1169 palavras | 5 páginas
  • trabalho
    495 palavras | 2 páginas
  • cetr
    1448 palavras | 6 páginas
  • A questão da possibilidade do conhecimento
    2436 palavras | 10 páginas
  • Filosofia
    386 palavras | 2 páginas
  • Descartes
    848 palavras | 4 páginas
  • A DÚVIDA METÓDICA E A CONSTITUIÇÃO DA PRIMEIRA VERDADE NO DUALISMO CARTESIANO
    2023 palavras | 9 páginas