direito

Páginas: 2 (265 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
Elesbão, sócio da firma Ligadaços, revendedora de materiais eletrônicos, foi denunciado pelo crime previsto no art. 1º, inciso II da Lei 8137/90, acusado de ter fraudado afiscalização tributária, omitindo operação de compra e venda em livro contábil.

O MM. Juiz da Vara Criminal da Comarca da Capital de São Paulo recebeu a denúncia.Na audiência de instrução, que só ocorreu 7 meses após o recebimento da denúncia, restou demonstrado através de documentos que o débito existe e que de fato não houve olançamento no livro contábil.

Interrogado, Elesbão alegou que a operação inexistiu e que o débito fiscal era objeto de impugnação em recurso administrativo, ainda pendente dejulgamento, confirmando tal alegação com certidão emitida pelo órgão competente.
Na condição de advogado de Elesbão, redija a medida cabível em seu favor.EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
IMPETRANTE, qualificação completa, vem, com base no art. 5º, LXVIII, CRFB, e nos arts. 647/667,CPP, perante Vossa Excelência, impetrar o presente
HABEAS CORPUS


em favor do paciente ELESBÃO, qualificação completa, indicando como autoridade coatora o MM. JUIZ DA__ VARA CRIMINAL DA COMARCA DA CAPITAL, alegando o seguinte.
1. DOS FATOS
2. DO DIREITO
Sem decisão administrativa definitiva não se pode falar em débito fiscal e,consequentemente, em justa causa para o oferecimento da denúncia, conforme orientação do STF.


3. DO PEDIDO
Por esses motivos, o impetrante pleiteia a concessão da ordem, com aconsequente extinção do processo sem julgamento de mérito.
Espera deferimento.
São Paula, 24 de abril de 2014.
___________________
Advogado
Inscrição OAB nº
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • direito do DIREITO
  • Direito direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito
  • Direito

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!