direito das coisas

Páginas: 2 (300 palavras) Publicado: 13 de agosto de 2014
Direito das coisas ou Direitos reais é um ramo do direito privado que trata dos direitos de propriedade, dos bens móveis e imóveis, bem como das formas pelas quais esses direitospodem ser transmitidos. No Brasil, tem previsão legal no art. 1225 do Código Civil. É importante entender que essa designação de nenhum modo atribui direitos às coisas: são pessoas,seres humanos, exclusivamente, os que podem ter direitos.

Princípio da coisificação - direito real deve versar sobre coisas e não sobre pessoas ou outros bens nãocoisificáveis;
Princípio da especialidade ou individualização - o objecto dos direitos reais deve ser uma coisa certa e determinada;
Princípio da totalidade da coisa - o objecto de umdireito real é a coisa na sua totalidade;
Princípio da compatibilidade - só pode existir um direito real sobre determinada coisa, na medida em que seja compativel com outrodireito real que a tenha por objecto;
Princípio da elasticidade - o direito sobre uma coisa tende a abranger o máximo de utilidades que proporciona;
Princípio datransmissibilidade - os direitos reais podem mudar de titular quer inter vivos, quando vivos, quer mortis causa, quando mortos;
Princípio da consensualidade - segundo o código civilPortuguês, basta um contrato para que se transmita um direito real, não é necessária a tradição da coisa (eficácia real do contrato);
Princípio da tipicidade - não é possívelconstituir direitos reais diferentes dos previstos na lei;

[Quanto à primeira parte (Portugal), de muito perto, Direitos Reais A. Santos Justo, Coimbra Editora]

Esta segunda partetem uma perspectiva de um editor Brasileiro (poucas ou nenhumas diferenças existem, apenas no que toca à regulação legal, no essencial os institutos são,está claro, os mesmos):
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Direito das Coisas
  • Direito das Coisas
  • Direito das coisas
  • Direito das coisas
  • Direito das coisas
  • Direito das coisas
  • Direito das coisas
  • Direito das coisas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!