Diagnóstico APPs

Páginas: 9 (2158 palavras) Publicado: 29 de julho de 2015
Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 13 a 18 de abril de 2013, INPE

Diagnóstico das Áreas de Preservação Permanente na sub-bacia do córrego Lageado,
localizado na Área de Proteção Ambiental do rio Uberaba, Uberaba-MG
Hygor Evangelista Siqueira1
Renato Farias do Valle Junior1
Vera Lúcia Abdala1
Mauro Ferreira Machado1
Joyce Silvestre de Sousa11

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro-Campus Uberaba
IFTM-Campus Uberaba
Rua João Batista Ribeiro nº 4000 Bairro: Mercês, CEP: 38.064-790 - Uberaba - MG, Brasil
hygorsiqueira@yahoo.com.br
{renato, vlabdala, joyce}@iftm.edu.br
mfmachado@netiste.com.br

Abstract. This study aimed to diagnose the use and occupancy of permanent preservation areas (APP) in thewatershed of the stream Lageado localized in Uberaba (MG), based on digital images of the satellite
ResourceSat-1, Datum WGS84, Zone 23 and the corresponding date 05/04/2012. To develop this work were
mapped areas of permanent preservation with the use of a classifier digital supervised and identified instances of
conflict of use, with reference to cool the Brazilian Forest Code (Law no. 4771/1965),Law 14309/2002 (forestry
policy and protection of biodiversity in the state of Minas Gerais) and resolution no. 303/02, CONAMA. This
article analyzed through quantitative parameters and with the use of Geographic Information Systems to
maintain permanent preservation areas, as recommended by the legislation widths along the water bodies. The
results showed a deficit of preserved areas along theriverbanks of approximately 2,17 Km ², that are not in
accordance with the law. The area occupied by the Agriculture improperly is 0,8257 Km ², livestock Km ²
1,3082, 0,0151 km ² urbanization, mining 0,0216 km ² and exposed soil within the APP 0,0117 km ². Thus,
predominates in the Watershed study in the occupation of Permanent Preservation Areas for grazing areas.
Palavras-chave: use and land cover,GIS, land use conflict ,uso e ocupação do solo, SIG, conflito de uso do
solo.

1. Introdução
Para Valle Júnior et al. (2010), a degradação dos recursos naturais, principalmente água e
solo, está ocorrendo em ritmo acelerado, alcançando hoje níveis críticos que se refletem na
deterioração
do
meio
ambiente:
assoreamento
dos
mananciais
hídricos,
contaminação/poluição da água e consequentemente menordisponibilidade deste recurso
refletindo diretamente na economia nacional.
Optou-se pelo estudo da bacia hidrográfica como unidade de planejamento, em função da
necessidade de manutenção dos recursos hídricos, uma vez que é considerada a principal
unidade fisiográfica do terreno, porque suas características governam, no seu interior, todo o
fluxo superficial da água Tucci et al.(2004).
As Áreas dePreservação Permanente, conceituada como instrumento para proteção de
atributos ambientais em todo território nacional é regulamentado pelo Código Florestal
Brasileiro, Lei n. 4.771/1965, e Resolução CONAMA 303/02 que estabelece a largura da área
das APPs. Portanto, segundo Crestana et al. (1993) sendo abrangente a legislação ambiental
brasileira, vários fatores contribuem para torná-la poucoefetiva.
Diante desses fatores as metodologias possíveis de serem implementadas utilizando os
Sistemas de Informação Geográfica (SIG) favorecem o rápido e eficiente processamento dos
dados, gerando informação para o planejamento de uso adequado do solo e da água
Nascimento et al. (2005). De acordo com Campos et al. (2004) o SIG-IDRISI permite
constatar por meio de seus diferentes módulos aclassificação digital do uso da terra e o
modelo matemático com rapidez.
7329

Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 13 a 18 de abril de 2013, INPE

O presente trabalho visa delimitar e quantificar as áreas de APPs relativas aos corpos
d’água, comparando-as com o uso e ocupação atual do solo, identificando áreas de conflito de
uso através da utilização...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE – APP DO TAGUATINGA E AS CONSEQUÊNCIAS DA OCUPAÇÃO
  • app app app
  • Apps
  • apps
  • APPs
  • apps
  • O que é uma app
  • apps

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!