dgxbed

Páginas: 11 (2710 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
CNPJ













Contrato Social

Texas Churrascaria Ltda.
CNPJ/MF N.° 05.147.869/0001-87

Pelo presente instrumento,
NOME: Jéssica Oliveira, brasileira, solteira, gerente, nascida em 03 de março de 1990, portadora da cédula de identidade RG N° 10.302.435-8, inscrito no CPF 021.659.552-54 residente e domiciliado no município de Curitiba, Estado do Paraná, Bairro SantaCândida, CEP 82.640-360.
NOME: Willian Santiago de Aquino, solteiro, contador, nascido em 18 de abril de 1990, portador da cédula de identidade RG N° 10.568.753-1, inscrito no CPF 050.586.554-42 residente e domiciliado no município de Curitiba, Estado do Paraná, Bairro Sitio Cercado, CEP 81.900-250.
Têm, entre si, e na melhor forma de direito, como justo acordado o presente Contrato Social, peloqual constituem uma sociedade limitada, que se regerá da seguinte forma:
1. Da Denominação, Sede e Duração
1.1. A Sociedade girará sob a denominação social de Texas Churrascaria Ltda.
1.2. A Sociedade terá sua sede na Av. Nossa Senhora Aparecida, 480 - Seminário, Curitiba - PR, podendo abrir filiais.
1.3. A sociedade terá prazo de duração indeterminado.
2. Do Objeto Social
2.1. ASociedade terá por objeto principal a servir os clientes com a melhor comida e carnes de qualidade.
3. Do Capital Social
3.1. (O capital social é de R$ 60.000,00 reais), dividido em duas quotas, com valor nominal de R$ 30.000,00 cada uma, totalmente subscrito, e assim distribuído entre os sócios.
SÓCIO
Números de Quotas
Valor
Jéssica Oliveira
50%
R$ 30.000.00
Willian Santiago de Aquino
50%R$ 30.000.00
TOTAL
100%
R$ 60.000.00

3.2. O capital social deverá ser integralizado pelos sócios no prazo de até 12 (doze) meses contados da constituição da sociedade, mediante a conferência de moeda corrente nacional, bens ou direitos.
3.3. A responsabilidade de cada sócio é restrita ao valor de suas quotas, mas todos respondem solidariamente pela integralização do capital social.
3.4.As quotas são indivisíveis em relação à sociedade e cada uma delas dá direito a um voto nas deliberações sociais.
4. Do Ingresso de Terceiros na Sociedade e do Direito de Preferência para Aquisição de Quotas
4.1. O ingresso de outros terceiros no quadro de quotistas da sociedade mediante aumento do capital social ou mediante cessão e/ou transmissão, a qualquer título, de quotas sociais,depende da aprovação, por escrito, de sócios que representem mais de 10% (dez por cento) do capital social.
4.2. No caso de aumento do capital social, os sócios terão direito de preferência, na proporção de sua participação no capital social, para a subscrição das novas quotas.
4.3. Aos sócios, fica assegurado o direito de preferência quanto à aquisição de quotas sociais, em igualdade de condiçõescom terceiros ou com outro(s) sócio(s) interessado(s) na compra, observando-se, neste último caso, o disposto no subitem seguinte.
4.3.1. Havendo mais de um sócio interessado na aquisição das quotas da sociedade, o direito de preferência se dará na proporção da participação de cada um deles no capital da sociedade, e o direito de preferência deverá abranger a totalidade das quotas colocadas emnegociação.
4.3.2. O direito de preferência deverá ser exercido no prazo máximo de 30 (trinta) dias, a contar da efetiva comunicação da intenção de alienação.
4.3.3. A comunicação da intenção de alienação de quotas sociais será feita pelo sócio alienante à administração da sociedade e deverá conter as condições gerais da proposta recebida, especialmente o nome e qualificação do proponente, oobjeto, o preço, as condições de pagamento e demais condições cujo conhecimento seja necessário para a avaliação da proposta e exercício do direito de preferência.
4.4. Em caso de recusa dos demais sócios, nos termos da cláusula 4.1 deste contrato social, quanto ao ingresso de terceiros na sociedade, e desde que tenha sido realizado e observado o procedimento previsto na cláusula anterior, o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!