Curso sobre classes sociais

Páginas: 33 (8110 palavras) Publicado: 25 de novembro de 2013




INTRODUÇÃO AO MARXISMO.
AS CLASSES SOCIAIS
1 ARTIGO DE FRIEDRICH ENGELS PUBLICADO NO LABOUR STANDARD
2 - PARTE 1 - BURGUESES E PROLETÁRIOS
3 - CLASSES SOCIAIS NECESSÁRIAS E SUPÉRFLUAS
4 - O QUE É A MAIS VALIA?


ARTIGO DE FRIEDRICH ENGELS PUBLICADO NO LABOUR STANDARD
4 de abril de 1881
Até agora, só tratamos da função dos sindicatos operários sob dois aspectos principais: aregulação do nível dos salários e a garantia dos meios de ação dos trabalhadores na luta contra o capitalismo. Mas isso não esgota nosso assunto.
A luta dos trabalhadores contra o capitalismo, dizíamos, existe de fato, apesar do que dizem os apologistas do capitalismo, e existirá enquanto a redução dos salários for a forma mais simples e segura de aumentar os lucros; mais ainda, enquanto houvertrabalho assalariado. A própria existência dos sindicatos constitui uma prova suficiente desse fato; se eles não são feitos para combater as usurpações do capitalismo, por que razão existem? E inútil simular, nenhuma frase vazia pode esconder o fato de que a sociedade atual é dividida em duas grandes classes antagônicas: de um lado, os capitalistas, detentores dos meios de produção e, portanto,controlando a utilização e o emprego dos trabalhadores; e, do outro, os trabalhadores, que possuem apenas sua força de trabalho. O produto do trabalho dessa última deve ser dividido entre as duas classes, e é em torno dessa divisão que a luta acontece. Cada classe tenta reter para si a maior parte possível da produção, e o aspecto mais curioso dessa luta é provavelmente que a classe operária, emboralutando apenas para obter uma parte de sua própria produção, é freqüentemente acusada de querer roubar os capitalistas!
Uma luta, porém, entre duas grandes classes sociais torna-se necessariamente uma luta política. Assim foi a luta entre a classe média ou capitalista e a aristocracia fundiária; assim acontece na luta entre a classe operária e estes mesmos capitalistas. No decorrer da luta deuma classe contra outra o objetivo é sempre o poder político; a classe dominante defende sua supremacia política, ou seja, sua maioria na Assembléia Legislativa; a classe oprimida, por sua vez, luta inicialmente por uma parte e depois pela totalidade desse poder, a fim de estar em condições de alterar as leis existentes de forma que ela satisfaça a seus próprios interesses e necessidades. Assim, aclasse operária da Grã-Bretanha travou durante anos uma luta encarniçada pela Carta Popular que lhe daria ou teria dado o poder político. Ainda que derrotada, a luta causou tal impressão sobre a classe média vitoriosa que, a partir dessa época, ficou muito satisfeita, concedendo uma série de vantagens aos trabalhadores.
Portanto, na luta política de uma classe contra outra, a organização é a armamais importante. Enquanto a organização puramente política ou Cartista caía aos pedaços, a organização sindical tornou-se cada vez mais forte, atingindo, no momento, um grau de poder Inigualável no mundo. Alguns grandes sindicatos, compreendendo entre um e dois milhões de trabalhadores, apoiados pelos sindicatos menores, representam uma força que cada governo, seja Whig ou Thory, deve levar emconta.
Seguindo as tradições de suas origens e de seu desenvolvimento nesse país, até agora eles se limitaram à função de participar na regulação das horas de trabalho e dos salários, e de forçar a anulação das leis abertamente hostis aos trabalhadores. Mas eles obtiveram mais que isso: a classe dominante, que conhecia sua força mais que eles próprios, fez-lhes concessões de conseqüências maisimportantcs. O sufrágio doméstico de Disraeli concedeu o direito de voto à maior parte da classe operária organizada. Teria feito a proposta sem que supusesse que esses novos eleitores demonstrariam sua própria vontade e cessariam de ser dirigidos pelos políticos liberais da classe média? Teria sido capaz de fazer aceitar o sufrágio, se os trabalhadores, na direção de seus gigantescos sindicatos, já...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise de Karl Max sobre classes sociais
  • Resenha sobre Marx e as classes sociais e os meios de produção
  • terorias sobre estratificação social e classes sociais
  • Classes sociais
  • Classes Sociais
  • Classes sociais
  • Classes Sociais
  • Classes Sociais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!