cases comentados

Páginas: 2 (347 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
Case: BankBoston
Sua política de Recursos Humanos investe na preparação dos seus funcionários tanto para a carreira profissional como para uma melhor formação pessoal. De novembro de 1997 a janeirode 1999, abriu 29 novas agências e contava com 4500 empregados e 200 estagiários. Mesmo com esse crescimento em termos de negócios, o numero de pessoas no RH da empresa continuava o mesmo.
Devido aeste crescimento o BankBoston criou a Consultoria Interna de Recursos Humanos, pois esta estratégia conseguia aproximar as pessoas da alta direção facilitando o entendimento do que deveria ser alteradona corporação. A preocupação do banco era oferecer um melhor atendimento para o cliente e para isso, precisaria saber suas reais necessidades aproximando deles. O consultor interno não precisasaber tudo e na hora, mas deve resolver o problema dentro do tempo solicitado, ele precisa ser um facilitador da transição.
Houve resistências no começo, já que a maioria dos profissionais temdificuldades de lidar com o novo, mas trabalhando o perfil de cada um e respeitando as características individuais o banco conseguiu bons resultados.

Case: Basf S.A
Investir em consultoria é importantepara auxiliar nas tomadas de decisões estratégicas, e como resultado o futuro da empresa e sua lucratividade ficam em alta. Prova disto é que a Basf atua no mercado desde 1911, em 1997 encerrou o anocom um faturamento de US$ 1,4 bilhão.
O consultor interno deve ter um vasto conhecimento das atividades de Recursos Humanos e para isso, a empresa criou as ferramentas “Falando com o RH” e “Manual deRecursos Humanos”, que foram à grande contribuição para o sucesso da implantação do conceito de consultores internos para atendimento das áreas dentro da empresa. O consultor interno de RH identificaas necessidades da área, propõe soluções e antecipa problemas, diante de uma empresa de grande porte como a Basf, houve uma necessidade do RH intensificar o atendimento das necessidades das áreas,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Case
  • Cases
  • Case
  • CASE
  • case
  • Case
  • Case
  • case

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!