memorial

Páginas: 8 (1846 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014

INSTITUTO PRÓ SABER




RÚBIA GERTRUDES DE MELO






MEMORIAL EDUCACIONAL










Ribeira do Pombal
2012

ADENILSON SANTOS SANTANA













MEMORIAL EDUCACIONAL



Memorial Educacional apresentado ao Instituto Pró Saber, como requisito parcial para obtenção de nota na disciplina Metodologia do Ensino Superior, no curso de História.Orientador: Prof.(a) Maria de Fátima Sobral de
Oliveira.





Ribeira do Pombal
2012
SUMÁRIO


















1. IDENTIFICAÇÃO

O Memorial em questão, tem por objetivo relatar meu percurso educacional e profissional, enfatizando as principais atividades que eu já realizei e as que executei atualmente. Escrevo também nesse memorial, os cursos de capacitação eaperfeiçoamento que realizei e venho realizando. Sou natural na cidade de Ribeira do Pombal – BA, nasci na Rua João Fernandes da Gama, em 11 de janeiro de 1966, filho de Maria madalena dos santos (doméstica) e José Francisco de Santana (mecânico), pais ambos sem instrução e trabalhadores autônomos, e pessoas a quemdevo tudo que de mais importante tenho na minha vida, pois me ensinou que valores como respeito, responsabilidade, honestidade, sinceridade e dignidade é essências na vida de todo ser humano.
Tive uma infância maravilhosa, época aquela, que as brincadeiras era muito simples, mas muito prazerosas para as crianças, algumas das brincadeiras como ladrão e soldado, chicotinho queimos ,boca de formo etc. Eram brincadeiras que não envolviam nenhuma espécie de tecnologia, apenas só a magia e o encantamento que ela transmitia para quem estava brincando.
Minha vida escolar teve inicio Mesmo assim fui em uma em pequena banca de aula próximo a casa de meus paia, naquela época, em que a maioria dos professores eram em suas diversas vezes leigas, muitos deles não tinha nem o nívelmédio atual, ou seja, muitos deles não tinham nem o curso primário completo. Mas mesmo assim devo muito a esses professores, porque naquele momento de minha vida foram eles que me ensinaram as primeiras lições. Minha primeira professora se chamava Zizi, ela era muito rígida, as suas aulas eram regadas a palmadas, puxões de orelha e castigos de joelhos encima do milho.
Hoje casado e com uma filhamaravilhosa, sou professor municipal concursado com 40 horas. E atualmente estou cursando a pós-graduação (ensino de História )no Instituto Pró-Saber –FINOM (Faculdade do Noroeste de Minas ), buscando realizar um sonho que estava esquecido e não pode ser realizado, e ao mesmo tempo me especializar e aperfeiçoar-me, e dar prosseguimento no meu percurso educacional acadêmico e minha formaçãoacadêmica e profissional.



2. FORMAÇÃO PESSOAL E PROFISSIONAL


Aos sete anos de idade comecei a minha trajetória como aluno de escola municipal, e fui estudar a 1ª série, na época conhecida como primário, na escola Municipal Luiz Viana filho, que era localizada próximo ao atual terminal rodoviário da cidade, deste período lembro-me bem de uma grande falha cometida por minha professora, noque se refere à minha caligrafia, porque escrevia de uma forma diferente.Mesmo assim foi aprovado, e no ano seguinte fiz a segunda
Na terceira série, sofri uma grande decepção, pois fui reprovado, apesar de ter ótimas lembranças da professora, que se chamava Maria de Fátima, que por sinal era uma pessoa maravilhosa e muito linda. Talvez esse detalhe, tenha contribuído de forma significativa para omeu fracasso nesta série, pois passava todas as aulas admirando a professora.
No ano seguinte, repetir a terceira série na Escola Municipal Presidente Garrastazu Médici com a professora Zélia Dias do Nascimento, e uma das grandes lembranças dessa época, é que, até aquele momento, eu escrevia meu nome da seguinte forma “JOSÉ ADENILSON SANTOS SANTANA”, e a professora muito responsável e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Memorial
  • memorial
  • memorial
  • MEMORIAL
  • Memorial
  • Memorial
  • memorial
  • MEMORIAL

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!