Batismo e Plenitude

Páginas: 8 (1981 palavras) Publicado: 7 de outubro de 2013
RESENHA DO LIVRO “Batismo e Plenitude do Espírito Santo”
de Stott, John., 3. ed. 2001, 10° Reimpressão 2005, Ed. Vida,
São Paulo, 87 p.

Por

Tarcísio Amorim Paes de Figueiredo

Resumo Apresentado em Cumprimento
às Exigências da Disciplina Teologia Sistemática III do
curso de Bacharel em Teologia. Prof. Antonio Cláudio.
.

SEMINÁRIO TEOLÓGICO BATISTA FLUMINENSE CAMPUS AVANÇADO
MACAÉ2006.

O grande escritor John Stott foi desafiado a falar sobre um dos temas mais
polêmicos dos nossos dias. Diante de um momento de muita euforia e muito barulho
diante de atuações miraculosas do Espírito Santo. O autor faz uma reflexão profunda no
Novo Testamento em busca de resposta para várias perguntas em voga. Acontecem
milagres nos dias de hoje? Existe um batismo do Espírito após aconversão? Com um
grande zêlo pelas escrituras o autor procura exclarecer ou ao menos expor o que acredita
sobre as dificuldades de interpretação destes acontecimentos.
Baseado em Gl 4.6 e em Rm 8 14-15 o autor já defende a máxima que “todos
que tem o Espírito de Deus são filhos de Deus e todos que são filhos de Deus têm o
Espírito . É impossível, até incocebível, ter o Espírito sem serfilho, ou ser filho sem ter
o Espírito”. Com esta afirmação fica claro a não existência de uma segunda experiência
chamada batismo do Espírito Santo. Vem então o desafio de explicar se o dom do
Espírito Santo é a mesma coisa que batismo. Trabalhando os textos Atos 2 e 1 Corintios
12.13 o autor prova que batismo e dom do Espírito Santo são a mesma coisa. Pois a
promessa revelada pelo apóstoloPedro garante que todos que se arrependessem e
cressem, e desse testemunho público de sua fé penitente em Jesus, sendo batizados em
seu nome, receberiam o perdão de seus pecados e o dom do Espírito Santo. Sendo o
derramamento ou batismo do Espírito Santo não só uma bêncão diferente para esta nova
era, pois não estava disponível antes, mas também é uma benção universal, por ser
agora direitorecebido de todos os filhos de Deus. Destaca-se que nenhum apóstolo
exorta ou instrue a ser batizado com o Espírito. Pode se haver uma única explicação
para isto, eles estavam escrevendo para cristãos, e os cristãos já foram batizados pelo
Espírito Santo. Por outro lado eles exortam a crescer na fé, no amor, no conhecimento e
na santidade. Fecha a questão em Ef 1.3, que diz que pela indescritívelgraça de Deus, já
fomos abençoados com toda sorte de benção espiritual em Cristo. As bencãos só

precisam ser apropriadas constantemente, pois as mesmas já existem em Cristo Jesus.
Crescer em Cristo sim, mas qualquer outro acréscimo ou benção além de Cristo nunca.
Após definir que o dom e batismo do Espírito Santo trata-se do mesmo coisa o
autor começa a explanar sobre a plenitude doEspírito. Deixando claro que o batismo é
um dom inicial que Deus deu a todos os seus filhos e que jamais tirará deles, para uma
condição que Deus quer que seja contínua, ou seja, que este dom precisa ser contínuo e
crescentemente apropriado. Como o próprio Jesus exclamou: “se alguém tem sede,
venha a mim e beba, quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão
rios de água viva”. Overdadeiro cristão está sempre com sede e sempre bebendo da
fonte que não seca, chegando a Cristo com fé para beber e apropriar-se constantemente
do fluir do rio do Senhor por entre o seu ser. O autor ressalta que a forma de se avaliar
uma pessoa cheia do Espírito é através dos frutos e não dos dons. A igreja de Coríntios
tinha uma grande manifestação dos dons, mas foi chamada de não espirituais,pois os
seus frutos não eram do Espírito. O apóstolo Paulo descreve em Ef 5 18-21 as
conseqüências da plenitude do Espírito e todas as qualidades são morais. A plenitude do
Espírito leva a um comportamento moral controlado e racional que transforma o cristão
na imagem de Cristo.
Uma grande exortação é trazida pelo autor. Primeiro dirige-se àqueles que não
tiveram uma experiência incomum...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Batismo
  • batismo
  • Batismo
  • Batismo
  • O batismo
  • batismo
  • batismo
  • Batismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!