auoheuiehehe

Páginas: 2 (282 palavras) Publicado: 5 de outubro de 2014
O enigma de Kasper Hauser
O filme lida com a importância do convívio social e as experiências simples e cotidianas durante a infância para a assimilação edesenvolvimento da fala. Kasper Hauser foi privado desde muito novo do convívio e contato em sociedade o que trouxe conseqüências graves em sua formação como sujeito, e através desserelato faz uma reflexão sobre o papel da cultura e o papel da linguagem em vários aspectos.
Kasper Hauser foi colocado ainda muito pequeno, preso num quarto escuro e semqualquer contato externo. A partir do momento em que sai do cativeiro, se coloca a frente de um mundo diverso onde há um abismo para sua interação. Sua principal dificuldadeestá na linguagem pois se nossa capacidade de conhecer o mundo está intimamente ligada à nossa capacidade de interagir, Kaspar não tinha como conhecer o mundo antes dalinguagem. A ele foi dado percorrer um caminho inverso: a interação sempre precária depois do cativeiro o leva a um processo de conhecer sempre turvo por se basear em fatos quenão pôde experienciar.
A forma como Kaspar Hauser compreende o mundo e se relaciona com ele indica que a percepção depende sobretudo da prática social. Pode-se dizer quecomo Kaspar Hauser não passou por um processo de socialização, onde exercitaria a compreensão através da prática social, não consegue atribuir significado às coisas, mesmotendo adquirido a posteriormente a linguagem. Assim, analisando o caso de Kaspar Hauser, somos levados a pensar que não apenas o sistema perceptual, mas as estruturasmentais e a própria linguagem são resultantes da prática social, ou seja, as práticas culturais "modelam" a percepção da realidade e o conhecimento por parte do sujeito.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!