Aula N 1 Introduc A O

Páginas: 13 (3155 palavras) Publicado: 9 de junho de 2015
20/03/2015
 

Liderança e motivação
Prof. Doutor Domingos Ferreira

Capitulo: Introdução

1
 

20/03/2015
 

1. Introdução os Grupos e as questões
de liderança
—  A l i d e ra n ç a é fe c t u a d a n o s g r u p o s q u e r
profissionais, quer sociais

—  Na infância, na adoslescência e manisfestam-se
através da brincadeira, jogos, camaradagem,
relacionamento, etc.

—  Os grupos são umfenómeno nuclear nas
organizações produtivas: são nucleares na vivência
informal das relações que se consolidam no
subsistema humano das organizções e são muitas
vezes nucleares na própria estruturação do
trabalho, equipas de projecto, equipas ad-hoc etc.

•  O que é ser líder?
Quantos Modos de exercer
A liderança existem?
Como surgem os líderes?
Que factores condicionam a eficácia do
líder?



20/03/2015
 

2. O Modelo Multiplex - Fundamentos
2.1. A natureza da liderança
—  Líder: grafia aportuguesada da palavra inglesa leader, guia
virtual, condutor; neologismo de liderança significa “
qualidade ou função de líder, governança”.

—  Em contrapartida, na língua inglesa, o termo aparece desde
1300, embora só no século XIX seja associado à acção
política e à influência e controlesobre o parlamento (Bass,
1978) “é dos fenómenos mais observados e menos
compreendidos”

—  Para os pensadores gregos – Homero, e Platão – a liderança
não destinguia os líderes que a corporizavam, ainda assim,
estes destinguiam-se no seio do povo, Kal K’agathos (Jaeger,
1936) por serem justos e sábios, bravos e dinámicos,
perspicazes e cheios de recursos.

—  .

2. O Modelo Multiplex –Fundamentos
2.1. A natureza da liderança
—  Noutras culturas diferentes da ocidental a líderança
—  É igualmente um fenómeno em evidência (Bass, ob.
Cit.).

—  No renascimento Machiaevel fez uma descrição no

“Principe” que de certo modo traduz uma concepção de
líderespalhada no seu tempo até aos nossos dias.

—  Após o sec. XIX, o pensamento sociológico também se

debruçou muitas vezes sobre ofenómeno da liderança,
nomeadamente na sua teorização das elites (Weber).

3
 

20/03/2015
 

2. O Modelo Multiplex – Fundamentos
2.1. A natureza da liderança
—  Contribuição Militar
—  A Lidrança faz parte do vocabulário militar.
—  Sun Tzu (Chinês), Clausewitz (europeu) generais e
guerreiros tiveram forte influência no pensamento
estratégico militar.

—  Vale à pena observar o pensamentoestratégico de
Clausewitz:

2. O Modelo Multiplex – Fundamentos
2.1. A natureza da liderança
Clausewitz
Natureza e características
militares

Estratégia

Um acto político violento para
impôr a vontade de um exército
sobre outro.

Um acto que procura influênciar o
inimigo para o levarà exaustão e ao
dispêndio de energia.

Um duelo ou acto de interacção
humana contra contra um objecto
animado que reaje.Uma procura dos centros de
gravidade sobre os quais assentam
o movimentos adversários e deles
dependem, no sentido de apurar o
mais importante ou o centro dos
centros.

A incerteza da informação actua
como impedimento a actividades
mais vigorosas.

A compressão de todos os esforços
contra os centros de gravidade ou
centro dos centros em poucas
acções.

4
 

20/03/2015
 

2. O Modelo Multiplex– Fundamentos
2.1. A natureza da liderança
Natureza e características da
guerra

Estratégia

A actividade é inibida ou
estimulada pelas forças e efeitos
psicológicos/morais (perigo,
inteligência, factores emocionais,
entre outros).

Uma procura de soburdinação de
acções menores ou secundárias;
evitar o dispêndio de energia).

A fricção (interacção de
demasiados factores) impede a
actividade.

Umaprocura de movimentação à
máxima velocidade.

O Génio (balanciamento
harmonioso entre mente/
temperamento que permite
ultrapassar a fricção e superar-se
na actividade da guerra) muda a
natureza e magnifica o scope das
operações.

Uma procura da maior batalha
(com superioridade em numero e
em condicções) que permite uma
vitória positiva e decisiva.

2. O Modelo Multiplex – Fundamentos
2.1. A...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Aula 1 Introduc a o ao Curso
  • Plano de aula n 1
  • UML Aula N 1
  • Aula atividade n° 1
  • Aula 1 Introduc A O A Pesquisa Cineti Fica 1
  • Aula 1 2010 Introduc A O Gesta O Processos
  • Relatorio da aula pratica n*1
  • Aula N 1 PRECONCEITO LINGUISTICO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!