andragogia

1586 palavras 7 páginas
ANDRAGOGIA: a aprendizagem nos adultos
A Andragogia é a grande revolução tecnológica para obter a excelência organizacional, quando ela trata do desenvolvimento da pessoa adulta. As relações responsáveis pela reatividade dos profissionais devem ser substituídas pelas relações andragógicas, que buscam a conscientização da maioridade dos empregados e os conduzem à proatividade responsável. O gerenciamento das rotinas é embasado nos princípios andragógicos para obter comprometimento de transformação de sua otimização.
Na antiguidade, Confúcio e Lao Tse na China; Aristóteles, Sócrates e Platão na Grécia antiga; Cícero, Evelid e Quintilian na antiga Roma, são considerados exclusivos educadores de adultos. A percepção desses pensadores no que diz respeito à aprendizagem era de que ela é um processo de ativa indagação e não de passiva recepção de conteúdos transmitidos. Suas técnicas educacionais desafiavam o aprendiz para a indagação. Os gregos inventaram o Diálogo de Sócrates, onde o líder ou outra pessoa do grupo apresenta seu pensamento e experiência para os liderados que, por conseguinte, buscarão soluções para o assunto em questão.
A história explícita da Andragogia tem suas raízes na pedagogia e por isso deve-se resgatar um pouco da sua memória evolutiva. No começo do século VII, foi iniciada na Europa escolas para o ensino de crianças, cujo objetivo era - preparar jovens rapazes para o serviço religioso - eram as conhecidas Catedrais ou Escolas Monásticas. Os professores dessas escolas tinham como missão a doutrinação dos jovens na crença, fé e rituais da Igreja. Eles reuniram uma série de pressupostos sobre aprendizagem, ao que denominaram de "pedagogia" - a palavra, literalmente, significa "a arte e ciência de ensinar crianças".
Esse modelo de educação monástico foi mantido através dos tempos até o século XX, por não haver estudos aprofundados de sua inadequação para outras faixas etárias que não a infantil. Infelizmente ele veio a ser a base

Relacionados

  • Andragogia
    334 palavras | 2 páginas
  • Andragogia
    302 palavras | 2 páginas
  • Andragogia
    3569 palavras | 15 páginas
  • Andragogia
    862 palavras | 4 páginas
  • Andragogia
    2581 palavras | 11 páginas
  • Andragogia
    2038 palavras | 9 páginas
  • andragogia
    1076 palavras | 5 páginas
  • Andragogia
    1547 palavras | 7 páginas
  • Andragogia
    818 palavras | 4 páginas
  • Andragogia
    405 palavras | 2 páginas