5 teste

Páginas: 9 (2170 palavras) Publicado: 17 de maio de 2015
 Filosofia
STUART MILL
Nota: “ Mentir pode ser bom tendo em conta as suas consequências”
Ética utilitarista, consequencialista-moral teleológica
O valor moral é extrínseco à ação, depende das consequências dessa ação. Os fins que pretendemos alcançar é que irão conferir moralidade ao nosso agir. O utilitarista avalia a moralidade das ações pelasvantagens ou desvantagens que os seus efeitos comportam.
O que permite definir uma ação boa ou má são as suas consequências .
Escolhemos agir de uma determinada forma não em função do dever que temos de cumprir, mas em função dos resultados.
O utilitarista defende o principio hedonista, segundo a qual a finalidade ultima de todas as nossas ações-supremo bem- a felicidade. Felicidade é o estado deprazer e de ausência de dor e sofrimento.
A ética utilitarista ajusta-se com mais facilidade à realidade permitindo que nos consigamos ultrapassar eventuais conflitos morais.
O utilitarista distingue prazeres superiores ( ligados ao espirito, duradouros) e inferiores (ligados ao corpo, momentâneos)
A felicidade de cada um e de todas as pessoas é entendida como igualmente importante.
O progresso doespirito humano é a chave para encontrar a verdadeira felicidade.
O objetivo é maximizar a felicidade do maior número de pessoas.
Age sempre de modo a produzir a maior felicidade para o maior número de pessoas.
O que torna boas as nossas intenções são as consequências das mesmas.
KANT

Ética deontológica que assenta na ideia do dever.
O valor é intrínseco à ação (valor da ação é intrínseco ámesma), a moralidade de uma ação depende do respeito por princípios ou deveres que a integram.
O valor moral de uma açãp é determinado pela intenção do sujeito, o conceito de dever é o núcleo (centro) desta perspetiva ética. A intenção é a chave do sentido (determina o sentido da ação).
Não é a ocorrência de outras consequências que vai afetar a minha ação. A minha ação é moralmente boa porqueestou a cumprir o meu dever.
A ética de Kant é muito formal o que dificulta a sua transposição para a realidade.
O cumprimento do dever é imposto pela vontade boa. Agir por dever é exibir uma vontade boa. Não podemos “negociar” com a vontade boa só, temos que obedecer à vontade boa, mas enquanto seres somos confrontados com a legalidade. A vontade boa é o que da sentido à nossa ação.
Devemosobediência ao dever. A vontade deriva da razão.
Existem três tipos de ação:
- agir contra o dever (sem valor moral : Devo vender a 10€ mas vendo a 100€)
-conforme o dever (pouco valor moral : vendo a 10€ por que estou obrigado pela lei)
-Por dever (total sentido moral: vou vender a 10€ porque valem 10€ e porque é o meu dever)
Vontade boa é decidir agir por puro e simples respeito pelo que a lei ou oimperativo categórico exigem. A única intenção é cumprir o dever.
0s deveres chegam até nos como uma ordem, um imperativo (imperativo categórico) impõe-se a todos, dotado de animalidade ( faz o bem, diz a verdade). Ordem incondicional.
Imperativo hipotético- regras que ordenam uma como meio para alcançar um qualquer fim ( Tenho de cumprir ordens apenas nas situações em que me incluo).
Os imperativoscategóricos obedecem ao Principio da universalidade, autonomia , dignidade / respeito pelo homem.
Kant afirma que a lei moral é um imperativo categórico ( aplica-se a todos, sem exceções, condições, em qualquer circunstancia). O homem é autor da lei moral. A lei moral é racional e é formulada num imperativo categórico. A lei moral é um princípio moral racional sob forma de um imperativo categórico.A máxima é aquilo que cada um pode escolher para orientar a sua ação, mas toda a máxima deve tornar-se um imperativo categórico.
Para que uma ação passe a ser considerada moral tem que satisfazer da condição: - cumprir a lei moral (ação boa)
- ter como único motivo o respeito pelo dever ou pelos princípios.
A felicidade vem do cumprimento do dever.
O...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fazer teste: Atividade 5
  • Comiunicação e expressão teste 5
  • Teste killer scjp 5
  • Teste Aula-Tema 5
  • Teste 5 abreu
  • Matriz 5 Teste
  • BPR-5 teste de psicologia
  • TESTE 5 FILOSOFIA Novo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!