21

Páginas: 31 (7530 palavras) Publicado: 12 de março de 2015
Revista Brasileira de Ensino de F´ısica, v. 33, n. 4, 4603 (2011)
www.sbfisica.org.br

Astronomia islˆamica entre Ptolomeu e Cop´ernico: Tradi¸ca˜o Maraghah
(Islamic astronomy between Ptolemy and Copernicus : Maraghah Tradition)

Humberto Antonio de Barros-Pereira1
Graduando da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciˆencias Humanas, Universidade de S˜
ao Paulo, S˜
ao Paulo, SP, Brasil
Recebido em10/2/2011; Aceito em 28/7/2011; Publicado em 5/12/2011
Este artigo apresenta a descri¸ca
˜o, an´
alise e compara¸c˜
ao dos modelos da astronomia islˆ
amica na Idade M´edia
com os modelos ptolomaicos para estabelecer o processo de evolu¸ca
˜o dos modelos cinem´
aticos na Tradi¸ca
˜o Maraghah e a motiva¸ca
˜o para o desenvolvimento destes modelos n˜
ao ptolomaicos.
Palavras-chave: hist´
oria daciˆencia, astronomia, astronomia islˆ
amica.
This article show the description, examination and comparison of the islamic astronomy models in Middle
Ages with the Ptolemaic models for establish the process of evolution of the cinematic models at the Maraghah
Tradition and the motivation for development these non-Ptolemaic models.
Keywords: history of science, astronomy, islamic astronomy.

1. Introdu¸c˜ao
A vis˜ao do o papel hist´orico da astronomia islˆamica, na
Idade M´edia, como mera transcritora e tradutora dos
trabalhos de Ptolomeu na transmiss˜ao do conhecimento
para a Renascen¸ca [1], vem, a partir dos estudos de Roberts e Kennedy sobre os trabalhos de Ibn al-Sh¯atir [2,
3] na metade do s´eculo passado, sendo completamente
modificada, pois pesquisas realizadas, desde ent˜ao, demonstram aimportˆancia da astronomia islˆamica como
reformuladora dos modelos ptolomaicos.
No intuito de estabelecer qual o padr˜ao evolutivo
destes modelos e quais os motivos do desenvolvimento
desta astronomia n˜ao ptolomaica, os modelos islˆamicos
s˜ao, a seguir, dispostos cronologicamente, descritos,
analisados e comparados matematicamente aos de Ptolomeu.

2.

Astronomia Islˆ
amica

At´e o s´eculo VI,os ´arabes possu´ıam um conhecimento
rudimentar de astronomia, pois utilizavam as estrelas
como guia nas viagens pelo deserto, na determina¸c˜ao
das esta¸c˜oes, no uso de calend´ario lunar e em previs˜oes
astrol´ogicas. Com a ascens˜ao, iniciada pelo profeta
Maom´e no ano de 622, e a r´apida expans˜ao islˆamica,
que em cem anos formou um vasto imp´erio do nordeste
da ´India `a pen´ınsula Ib´erica,os tratados gregos de medicina e de ciˆencias exatas foram, do final do s´eculo
VIII ao in´ıcio do s´eculo IX, traduzidos para o ´arabe;
1 E-mail:

humberto.pereira@usp.br.

Copyright by the Sociedade Brasileira de F´ısica. Printed in Brazil.

iniciando-se, concomitantemente, o processo cr´ıtico aos
arranjos ptolomaicos frente `a diferencia¸c˜ao da f´ısica celeste da terrestre [4]. Por um lado, nos´eculo IX, surge
o movimento de separa¸c˜ao da astrologia da astronomia
em disciplinas distintas [5], cuja efetiva¸c˜ao ocorre no
s´eculo XIII; por outro, os trabalhos astronˆomicos, devido ao aperfei¸coamento dos m´etodos observacionais,
visavam ao ajustamento dos parˆametros ptolomaicos
b´asicos, tais como: a posi¸c˜ao do apogeu solar, o movimento de precess˜ao dos equin´ocios, a obliquidadeda
ecl´ıptica e o comprimento do ano tropical. No leste
do imp´erio islˆamico, no s´eculo XI, os trabalhos de
Ptolomeu passaram a ser duramente criticados sob o
ponto de vista filos´ofico, tendo como principal cr´ıtico
o astrˆonomo al-Haytam, conhecido em latim por Alhazen, devido sua an´alise dos livros Almagesto e Hip´
oteses
dos Planetas, onde apresenta suas principais obje¸c˜oes
referentes aoequante e ao modelo lunar, que violam o
princ´ıpio da uniformidade circular de movimento [6]; e,
no s´eculo XII, surge no oeste do imp´erio, na Andaluzia,
um novo p´olo cr´ıtico-filos´ofico a Ptolomeu de cunho estritamente aristot´elico, sendo proeminente o trabalho
de al-Bituji. Mas foi a partir do s´eculo XIII, no leste
islˆamico, que ocorre a reforma astronˆomica com o desenvolvimento de uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 21
  • 21
  • 21
  • 21
  • 21
  • 21
  • 21 De março
  • Agenda 21

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!