Ética prática

Páginas: 18 (4475 palavras) Publicado: 22 de novembro de 2011
A INVENÇÃO DO SUJEITO ECOLÓGICO: IDENTIDADE E SUBJETIVIDADE NA FORMAÇÃO DOS EDUCADORES AMBIENTAIS
Isabel Cristina Moura Carvalho
Quem está e atua na história faz constantemente a experiência de que nada retorna. Reconhecer o que é não quer dizer aqui conhecer o que há num momento, mas perceber os limites dentro dos quais ainda há possibilidade de futuro para as expectativas e os planos: ou maisfundamentalmente, que toda expectativa e toda planificação dos seres finitos é, por sua vez, finita e limitada. A verdadeira experiência é assim, a experiência da própria historicidade. (Gadamer, 1998, p. 527-528)
INTRODUÇÃO
Este artigo discute os processos de subjetivação implicados na internalização de um ideário ecológico, como parte importante dos processos de constituição da identidade dosprofissionais ambientais. Considera-se a formação do profissional ambiental, de um modo geral, e do educador ambiental em particular, como parte da constituição de um campo de relações sociais – materiais, institucionais e simbólicas – em torno da preocupação ambiental, que caracteriza um campo ambiental, onde se destaca a noção de sujeito ecológico, como articuladora do ethos deste campo.Neste trabalho, tomam-se os conceitos de identidade e subjetividade, em sua acepção dinâmica, ou seja, como processos sócio-históricos onde se produzem modos de ser e de compreender, relativos a um sujeito humano em permanente abertura e troca reflexiva com o mundo em que vive e não como formações acabadas, cristalizadas ou estáticas. Neste sentido, destacase a historicidade, elemento que confere aabertura destes processos aos eventos, portanto sempre passíveis de novas provocações, desestabilizações e reconstruções; assim como a natureza social da constituição do indivíduo. O sujeito implicado nestas formações subjetivas e identitárias reside no entrecruzamento de sua condição de ser singular, individual, irrepetível, e sua natureza social, histórica, constituído na relação com os outros ecom o Outro da cultura. Assim, este sujeito se humaniza no ato da inscrição de sua existência biológica e singularidade biográfica nas condições de instauração de sentidos disponibilizados em seu espaço e tempo socioculturais e encarnados nos encontros sociais deste sujeito. Neste sentido, a presente abordagem se distancia de uma visão esencialista do sujeito onde, a subjetividade é freqüentementerelacionada a uma intimidade ou interioridade individual e autônoma, e a identidade ganha o lugar de retrato idiossincrático desta interioridade.
As referências desta reflexão vêm de pesquisa realizada sobre a formação do campo ambiental no Brasil e da análise biográfica de educadores ambientais (Carvalho, 2002). Naquele estudo, as biografias se mostraram muito instigantes para se acessar emtrajetórias que são, a um só tempo, registros de percursos individuais e testemunhos da história do campo ambiental e da EA. Trabalhar na fronteira, buscando superar, assim, dicotomias como: individuo – sociedade; intimidade – esfera pública; interioridade – exterioridade, tão presentes em certa divisão disciplinar das ciências humanas – que atribuiu todo o individual/intimo/interior à psicologia, esociedade/ esfera pública/exterioridade à sociologia – é a proposta deste trabalho. Como outros desta coletânea, o presente artigo compartilha do desafio posto pelos caminhos híbridos da pesquisa e da produção de saber. Caminho já apontado por Boaventura Souza Santos quando este, ao pensar criticamente as bases do conhecimento científico, chama atenção para a necessidade de construção de “umconhecimento modesto” (Santos, 2002).

AS VICISSITUDES DO SUJEITO ECOLÓGICO E O CAMPO AMBIENTAL
O heterogêneo universo do ambiental, tomado enquanto relevante fenômeno sócio-histórico contemporâneo, produz uma rede de significados e se apresenta como uma questão catalisadora de um importante espaço argumentativo acerca dos valores éticos, políticos e existenciais que regulam a vida individual e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ética Prática
  • Ética prática
  • Ética Prática
  • ÉTICA PRÁTICA
  • Fichamento etica pratica
  • Ética Empresarial na prática
  • etica e pratica profissional em saude
  • ATIVIDADES PRATICAS SUPERVISIONADAS Etica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!