• cidade e campo
    Clc-6 Cidade e o campo As vantagens e as desvantagens da vida na cidade e da vida no campo: A vida na cidade cada vez mais as pessoas tem todo o tipo de comodidades e tecnologia, é a evolução não quer dizer que estamos na direção certa. A vida na cidade-ambiente com muita poluição as profissões...
    867 Palavras 4 Páginas
  • qualidade de vida na area urbana e rural
     SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO tecnologia EM gESTÃO AMBIENTAL jULIO CESAR MOREIRA BASTOS QUALIDADE DE VIDA NA ÁREA URBANA E RURAL Trabalho apresentado ao Curso Técnico em Gestão Ambiental da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina...
    2581 Palavras 11 Páginas
  • A AGRICULTURA FAMILIAR E CADEIA PRODUTIVA DE ALIMENTOS ORGÂNICOS.
    RESENHA DO ARTIGO INFLUÊNCIAS NA DECISÃO DO JOVEM TRABALHADOR RURAL - PARTIR OU FICAR NO CAMPO REVISTA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS, CONTÁBEIS, ECONÔMICAS E DA COMUNICAÇÃO DA UNIJUI Maurício Corrêa Andrades Resumo O artigo escrito...
    1885 Palavras 8 Páginas
  • bebe
    DESVANTAGENS DA VIDA RURAL E VIDA URBANA Veremos agora, alguns dos aspectos positivos e negativos da vida numa comunidade rural. Em primeiro lugar analisaremos os fatores positivos porque eles constituem a razão de ser da permanência das pessoas em suas localidades. Para o habitante do meio rural, a vida no campo...
    636 Palavras 3 Páginas
  • Vida rural vs vida urban
    MODO DE VIDA DO CAMPO E DA CIDADE Qualquer pessoa conhece na prática a diferença entre cidade e campo, vida urbana e vida rural. Mas, em certos casos, nem mesmo esta distinção empírica é fácil. Em alguns casos constatam-se muitos elementos de semelhança entre cidade e campo. A diferenciação entre a...
    497 Palavras 2 Páginas
  • A Cidade e as Serras
    temática do campo versus cidade é muito recorrente nas obras de Eça de Queirós, principalmente no romance que vou abordar neste trabalho, “A cidade e as Serras”. Na tradição da literatura ocidental, o gênero pastoral sempre tratou da oposição entre a vida tranquila e sábia do camponês e a vida urbana, cheia...
    777 Palavras 4 Páginas
  • binomio cidade
    Binómio cidade/campo O contraste cidade/campo é um dos temas fundamentais da poesia de Cesário e revela-nos o seu amor ao rústico e natural, que celebra por oposição a um certo repúdio da perversidade e dos valores urbanos a que, no entanto, adere. è A cidade personifica a ausência de amor e, consequentemente...
    1221 Palavras 5 Páginas
  • cesario verde
    - imaginao transfiguradora - poesia do quotidiano nasce da impresso que o fora deixa no dentro do poeta. - Interesse pelo conflito social do campo e da cidade. - Nvel morfossintctico expressividade verbal, adjectivao abundade, rica e expressiva (hiplage), preciso vocabular, colorido da linguagem, frases...
    1458 Palavras 6 Páginas
  • A cidade e as serras
    "A cidade e as serras", Eça De Queirós Objetivos: •Explicitar a escolha do autor e do livro; •Biografia do autor; •Caracterizar a personagem principal e traçar o seu percurso de vida; •Justificar o título do romance; •Contraste entre as personagens do campo e da cidade; •Elaborar uma lista de...
    802 Palavras 4 Páginas
  • A cidade e as serras
    cidades “A Cidade e as Serras”- Eça De Queiroz Caio César nº: 05 Daniel Cássio nº: 06 Jannely Pereira nº: 11 Matheus Campanelli nº: 23 Rodrigo Cesare nº: 30 Vinicius Coelho nº: 37 Sumário Página 2- introdução; Página 3- Biografia do autor; Página 4- Resumo da obra; Página 5-...
    1374 Palavras 6 Páginas
  • binomio cesario verde
    Dicotomia cidade / campo Esta dicotomia pode ser vista com “ produto” da vida de Cesário Verde uma vida ora citadina, em Lisboa, ora campestre, em Linda - a – Pastora, e é em torno desta dualidade que a sua poesia se vai organizar. Esta dualidade “ cidade / campo” reflecte ainda as transformações...
    852 Palavras 4 Páginas
  • Cessario Verde
    A cidade e o campo · A natureza, ávida mas “honesta”, “salutar” e sempre jovem, aparece-nos pintada nos seus poemas como nas evocações da pintura geral (“pinto quadros por letras, por sinais”) – característica impressionista, porque é nas letras como um artista plástico. · Identifica-se com a...
    1222 Palavras 5 Páginas
  • Mostra de Estágio
    ⇰Cronograma: roteiro de atividades. ⇰Recursos: de acordo com a realidade dos  alunos, escola e comunidade. ⇰Distribuição das tarefas no grupo. ⇰Trabalho de campo. ⇰Produção de registros para apresentação. ⇰Busca de uma síntese geral sobre o tema. ⇰Apresentação dos resultados das investigações. ⇰Avaliação...
    1047 Palavras 5 Páginas
  • arquitetura
    qualidade de vida através da harmonização territorial em modelos de desenvolvimento rural ou urbano ____________________________________________________________________________________ 1. Assuma-se como um habitante de uma zona rural e defenda a posição da vida no campo em detrimento da vida na cidade...
    1787 Palavras 8 Páginas
  • Fugere Urbem
    caos, da vida agitada e corrida da cidade grande. Aproveitar a vida com simplicidade, ficar mais perto do verde, do rural... Fugere urbem é uma expressão em latim que significa "fugir da cidade". Inspirados na frase do escritor latino Horácio "fugere urbem" ("fugir da cidade"), e imbuídos...
    482 Palavras 2 Páginas
  • dasdasdsa
    A Cidade e as Serras é um romance de Eça de Queirós, pertencente à última fase do escritor, onde se afasta do realismo e abandona a crítica pesada que fazia à sociedadeportuguesa da época. O próprio título já indica sobre o enredo. Nesse livro, Queirós faz uma comparação entre a vida módica e agitada...
    1721 Palavras 7 Páginas
  • A literatura como instrumento para uma geografia do campo
    A LITERATURA COMO INSTRUMENTO PARA UMA GEOGRAFIA DO CAMPO Deniza Inês Giongo Colferai1 Orientadora: Marquiana de Freitas Vilas Boas Gomes2 RESUMO Este trabalho é resultado da implementação da proposta metodológica desenvolvida durante o Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE), no Colégio Estadual...
    10738 Palavras 43 Páginas
  • Cesário verde
    transfiguradora - poesia do quotidiano: nasce da impressão que o “fora” deixa no “dentro” do poeta. - Interesse pelo conflito social do campo e da cidade. - Nível morfossintático: expressividade verbal, adjetivação abundade, rica e expressiva (hipálage), precisão vocabular, colorido da linguagem...
    606 Palavras 3 Páginas
  • Cesario verde
    A dicotomia ou oposição Cidade/Campo A cidade e o campo A natureza, ávida mas “honesta”, “salutar” e sempre jovem, aparece-nos pintada nos seus poemas como nas evocações da pintura geral. Identifica-se com a cidade presente, deambulando pelas ruas e becos; revive por evocação da memória todo o passado...
    1023 Palavras 5 Páginas
  • mestranda
    A CIDADE E AS SERRAS: UM ESPELHO SOCIAL DA TRADIÇÃO CAMPESINA E DA MODERNIDADE URBANA Maria Helissa de Medeiros Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN Este trabalho parte do pressuposto de que o romance A cidade e as serras, de Eça de Queirós constitui-se de um duplo movimento, mas...
    5121 Palavras 21 Páginas