• O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NA SOCIEDADE: O PORTUGUÊS FALADO, POR PESSOAS COM BAIXA INSTRUÇÃO ESCOLAR.
    grau de Licenciado em Língua Portuguesa. Orientadora: Profª Valéria Campos Muniz Rio de Janeiro 06/2013 Resumo Devido à vasta variação lingüística que a língua permite, analisamos o preconceito lingüístico como fator social. Este trabalho tem como base uma reflexão sobre os mitos do...
    1522 Palavras 7 Páginas
  • A norma padrão como uma ferramenta importe para alunos conjunto joão alves filho, em nossa senhora do socorro/se
    preconceito lingüístico, ou seja, de exclusão, mas sim como fator de inserção/inclusão social, e em refletir sobre o importante papel da instituição Escola, bem como do professor de Língua Materna no processo de ensino/aprendizagem da Norma Padrão, elencou-se aqui objetos de reflexão pautados em observações...
    3605 Palavras 15 Páginas
  • fichamento de libras
    Fichamento TCC Inclusão da Libras (Língua de Sinais) A libra, não é apenas uma linguagem, uma vez que prestam as mesmas funções das línguas orais, pois ela possui todos os níveis linguísticos e como toda língua de sinais, a LIBRAS é uma língua de modalidade visual-gestual, não estabelecida...
    983 Palavras 4 Páginas
  • As variantes lingüísticas, a oralidade e o preconceito lingüístico na sociedade brasileira “o preconceito lingüístico”
    Faculdade Batista Brasileira Padma, Pós-graduação e Projetos Educacionais Maruzana Gonçalves Gusmão As variantes lingüísticas, a oralidade e o preconceito lingüístico na sociedade brasileira “o preconceito lingüístico” Itambé-Bahia 2010...
    9640 Palavras 39 Páginas
  • As variantes lingüísticas, a oralidade e o preconceito lingüístico na sociedade brasileira “o preconceito lingüístico”
    Faculdade Batista Brasileira Padma, Pós-graduação e Projetos Educacionais Maruzana Gonçalves Gusmão As variantes lingüísticas, a oralidade e o preconceito lingüístico na sociedade brasileira “o preconceito lingüístico” Itambé-Bahia 2010...
    9640 Palavras 39 Páginas
  • Projeto de pesquisa
    MESES JUN. JUL. AGO. SET. X X X X X X X X X X X X X X X REFERÊNCIAS BAGNO, Marcos. Preconceito linguístico. 22 ed. - São Paulo: Edições Loyola, 2003. BAGNO, Marcos et al. Língua materna: letramento, variação e ensino. São Paulo: Parábola, 2002. BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto...
    1630 Palavras 7 Páginas
  • inclusao de alunos
    , que muitas das vezes nos impedem de avançar e de realizar de fato uma mudança. A abordagem do preconceito linguístico é notória entre a maioria dos profissionais da educação, quando se trata da Língua Brasileira de Sinais, pois que, por não terem o conhecimento a cerca das peculiaridades da...
    7028 Palavras 29 Páginas
  • Trabalho pedagogia
    fenômeno característico a qualquer língua do mundo, não é algo restrito à língua portuguesa. Mas, mais importante que isso: não há hierarquia entre os usos, assim como não há um uso que seja melhor que outro, são apenas usos diferentes. Variação e preconceito linguístico A língua, sendo um código...
    3998 Palavras 16 Páginas
  • Língua e variação
    atlas lingüísticos, entre outros. Espera-se que, a partir dos resultados obtidos, novos estudos dialetológicos possam ser realizados, e ainda que possam inspirar pesquisadores a realizar estudos não só sobre a linguagem da pesca, mas sobre as demais atividades que guardam traços culturais e...
    10225 Palavras 41 Páginas
  • Ajudar tcc
    Aluna: Semestre: 5º Telefone: Data prevista para a entrega do TCC: 06 de Novembro de 2013 Orientador: Professora A atividade de pesquisa para elaborar o projeto de TCC necessita de pesquisa, estudo, boa vontade, interesse e cumplicidade. Para que sua pesquisa seja satisfatória responda...
    1062 Palavras 5 Páginas
  • TCC - O ensino de SLANG em sala de aula Porque e como fazê- lo.
    curso.” (PCNs + , 107, 2007 §7) O escritor e lingüista Marco Bagno em seu livro: preconceito lingüístico – o que é , como se faz, tece comentários muito interessantes e bem postados com relação à esse saber usar a língua em diferentes contextos, destacando que “uma das principais tarefas do...
    2203 Palavras 9 Páginas
  • Variações linguisticas
    são geralmente denominados de padrão e não-padrão ou formal e informal, respectivamente frente ao preconceito lingüístico existente na sociedade, onde quem predomina é a classe burguesa e conseqüentemente, a língua padrão também, há uma separação dessas duas variações da língua portuguesa; são...
    8076 Palavras 33 Páginas
  • Pedagogia
    ). Apesar do avanço dos estudos sobre língua e linguagem, algumas ideias persistem e continuam originando aquilo que Bagno (2002) chama de preconceito linguístico. Para o autor, esse preconceito tem origem na confusão entre o que é língua e o que é gramática normativa: A língua é um enorme...
    3500 Palavras 14 Páginas
  • Graduado
    TCC DE LINGUÍSTICA: PRECONCEITO LINGUÍSTICO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E SERVIÇO SOCIAL DO BRASIL NÚCLEO SÃO MIGUÉL DO GUAMÁ – PA CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM LETRAS MARIA DE JESUS LIMA GOMES MARIA IRACY TRINDADE DA CRUZ A QUESTÃO SÓCIO-ECONÔMICA E SUA INFLUÊNCIA NA...
    12004 Palavras 49 Páginas
  • Internetês
    bibliográfica             Pesquisa na Internet             Seleção de dados             Redação do texto             Revisão do texto             Entrega do TCC             4. REFERÊNCIAS BAGNO, Marcos. Preconceito lingüístico: o que é, como se faz...
    1849 Palavras 8 Páginas
  • Diversidade
    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO PEDAGOGIA DANIELE PACHECO DE SOUZA trabalho EM GRUPO CARTILHA SOBRE DIVERSIDADE Guaíba 2013 DANIELE PACHECO DE SOUZA trabalho EM GRUPO EIXO...
    1047 Palavras 5 Páginas
  • Tcc libras
    esquecer-nos de falar sobre o preconceito linguístico que é um dos maiores entraves para o desenvolvimento dos surdos no ambiente de trabalho. Á medida que um profissional surdo é contratado é necessário uma adequação do ambiente de trabalho para que os mesmos possam ser inseridos de uma maneira...
    1533 Palavras 7 Páginas
  • Generos textuais
    só se trabalha em favor do fim da discriminação linguística, como, pelo contrário, cada vez mais se valoriza a língua da escola, que é na verdade a língua do Estado. Com base nisso é possível notar que o preconceito linguístico não só é apoiado pela escola, como de certa maneira é...
    3733 Palavras 15 Páginas
  • O abismo do padrão: Linguagem "culta" x A coloquial dos edecandos do Ensino Médio
    vasto e abre espaço para debates que vão desde a questão de que a língua é fruto da habilidade humana até mesmo a do preconceito lingüístico. O assunto que será exposto é ousado, para não dizer delicado, pois faz referências a teses de lingüistas e doutores dessa área por discorrer sobre fatos que...
    13390 Palavras 54 Páginas
  • Trabalho (M.C)
    preconceito linguístico? Para refletir sobre o Preconceito Linguístico, recomendo a leitura do livro de Marcos Bagno “Preconceito linguístico: o que é, como se faz” (Ed. Loyola) Disponível em: http://files.comunidades.net/ramalde/marcosbagnopreconceitolinguistico100619193317 phpapp01.pdf...
    5755 Palavras 24 Páginas