Segundo O Historiador Stuart B Schwartz Burocracia E So artigos e trabalhos de pesquisa

  • oficio do historiador

    Jeffrey Richards, a obra Cada Um Na Sua Lei do Stuart Schwartz, como também imagens que terão um papel de auxiliar na compreensão...

    4367  Palavras | 18  Páginas

  • Schwartz formação de uma identidade colonial no brasil

    SCHWARTZ-A FORMAÇÃO DE UMA IDENTIDADE COLONIAL A obra da américa Portuguesa ao Brasil expressa claramente o brilho de seu autor que a...

    1240  Palavras | 5  Páginas

  • História do direito no brasil

    Por Prof. Ms.Francisco Neto Doutorando em Direito (UCSF) e Historiador (UNEB) Prezados amigos leitores para termos uma noção geral do...

    1342  Palavras | 6  Páginas

  • A Historiografia dos Primeiros Tempos do Brasil Moderno. Tendências e Desafios das Duas Últimas Décadas

    SCHWARZ, Stuart B..A Historiografia dos Primeiros Tempos do Brasil Moderno. Tendências e Desafios das Duas Últimas Décadas. In:...

    1573  Palavras | 7  Páginas

  • História do Direito

    postura discrepante entre História tradicional e História diferencial é efetivamente sentida por historiadores como Peter Burke que observa que...

    22832  Palavras | 92  Páginas

  • Uma vez configurados os principais tra os do Direito Moderno na sociedade liberal

    que aspectos desta legalidade (em suas idéias jus filosóficas e em seus principais institutos) são transpostos e adequados para o contexto evolutivo das...

    8291  Palavras | 34  Páginas

  • O BOCA DO INFERNO E A CRISE DO SÉCULO XVII

    história da literatura brasileira. Por causa dessas preocupações, esses autores que o estudam podem ser divididos em dois blocos distintos: os que acusam e...

    5136  Palavras | 21  Páginas

  • FICHAMETO SCHWARTZ, Stuart. Trabalho e cultura: vida nos engenhos e vida dos escravos. In: Escravos, roceiros e rebeldes. Bauru: Edusc, 2001. p. 89-121.

    ANGELIANE CASTRO DE SOUSA FICHAMETO SCHWARTZ, Stuart. Trabalho e cultura: vida nos engenhos e vida dos escravos....

    1350  Palavras | 6  Páginas

  • Direitos no Brasil

    um sistema com base no Direito Romano e com influências do direito Canônico, sendo desta forma o Direito que aqui fora aplicado.  Com a...

    1600  Palavras | 7  Páginas

  • estudante

    Com a descoberta do Brasil e iniciando-se sua colonização, sendo o seu território habitado por um povo, segundo a visão Eurocêntrica, de...

    1486  Palavras | 6  Páginas

  • Carta foral

    sua grande importância e marco histórico, propicia renda para o município. Por ser também uma região turística e de grande transição de pessoas, culmina...

    646  Palavras | 3  Páginas

  • Carta Foral

    desenvolver, a coroa tinha o poder de tirar seu feudo. Mas poucos foram os feudos que deram verdadeiramente certo. Muitos deles serviram apenas para...

    968  Palavras | 4  Páginas

  • carta foral

    pela relevância da inscrição do Floral de Olinda e dos contratos de aforamentos no registro imobiliário. Ou seja, possui embasamento jurídico...

    1006  Palavras | 5  Páginas

  • trabalho concreto 2

    validade do ato jurídico em questão, mesmo que antigo, ou seja, por ter embasamento jurídico inquestionável, tendo vigência ate os dias de hoje, por isso que...

    1004  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho

    Segundo o historiador Stuart B. Schwartz (Burocracia e Sociedade no...

    937  Palavras | 4  Páginas

  • Stuart Miil

    Vol 2 Editora Ática II Edição - 6. Stuart Mill e a Liberdade e Representação (pág. 189 – Elizabeth Balbachevsky – textos de...

    4945  Palavras | 20  Páginas

  • História do direito brasileiro

    desenvolvimento político, econômico e cultural brasileiro. O desenvolvimento do próprio direito no Brasil está diretamente ligado ao processo colonial....

    4962  Palavras | 20  Páginas

  • Burocracia

    Burocracia é uma estrutura organizativa composta por regras e procedimentos determinados. O termo Burocracia é originário da...

    1310  Palavras | 6  Páginas

  • historia

    B – Somente a afirmativO que é uma Carta Foral? - Por que, ainda hoje, um documento do período colonial - o foral de Olinda - é capaz de...

    1248  Palavras | 5  Páginas

  • Historia do direito

    localizado em propriedade desta ( União); não e imposto nem tributo e sim uma taxa cobrada sobre o valor do terreno sempre que este passa por uma operação...

    1746  Palavras | 7  Páginas

  • Direito

    período colonial - o foral de Olinda - é capaz de produzir efeitos de natureza arrecadatória, como por exemplo, a cobrança foreira sobre o quantitativo de...

    1432  Palavras | 6  Páginas

  • Introdução ao estudo do direito i

    Graduação e Pós-graduação em Direito da UFSC. Doutor em Direito. Mestre em Ciência Política. Pesquisador do CNPq. HISTÓRIA DO DIREITO NO BRASIL 3ª...

    53350  Palavras | 214  Páginas

  • Gregório de Matos e a crise açucareira do século XVII

    O Boca do Inferno e a crise do século XVII (Publicado na revista Oficina do Historiador) Cintia Goncalves Gomes Mestranda em História...

    5066  Palavras | 21  Páginas

  • Casos Concretos e Exercicios 1 per odo

    defende a tese de que um sistema de direito tem que se basear na vontade de quem faz a lei (legisladores) prevendo situações futuras, sendo que ao juiz...

    3709  Palavras | 15  Páginas

  • historia do direito

    pelo Colégio Eleitoral, em 15 de janeiro de 1985. Tancredo adoece, não chega a tomar posse e morre em 21 de abril. Seu vice, José Sarney assume a...

    4739  Palavras | 19  Páginas

  • CARTA FORAL

    colonial - o foral de Olinda - é capaz de produzir efeitos de natureza arrecadatória, como por exemplo, a cobrança foreira sobre o quantitativo de imóveis...

    2134  Palavras | 9  Páginas

  • 2 Primeiros Contatos No Novo Mundo Portugueses Do Seculo XVI

    desses povos, afinal, porque os índios eram tachados de “preguiçosos”? É verdade que os negros gostavam de ser escravizados? Como se deu esse processo de...

    6052  Palavras | 25  Páginas

  • Stuart Mill

    promover a felicidade, erradas na medida em que tendem a promover o reverso da felicidade." John Stuart Mill   John Stuart...

    1863  Palavras | 8  Páginas

  • SOCIOLOGIA

    a mudança do olhar sobre o direito, não se busca ensinar a fazer revolução social – pegar em armas. Trosksquista – revolução da russia tem mais influencia...

    5710  Palavras | 23  Páginas

  • JOHN STUART MILL ENTRE ECONOMIA E POLITICA

     JOHN STUART MILL ENTRE ECONOMIA E POLITICA Tereza Cristina V. de Almeida - 600368405 Curso de Engenharia de Produção – 5M1...

    1832  Palavras | 8  Páginas

  • Os dilemas da teoria política contemporânea no conflito entre burocracia e democracial

    Ciências Humanas, Florianópolis, Edição Especial Temática. p.61-82, 1999 Os dilemas da teoria política contemporânea no conflito entre...

    7640  Palavras | 31  Páginas

  • Jhon Stuart Mill

    ETEC DE VILA FORMOSA John Stuart Mill ETEC DE VILA FORMOSA John Stuart Mill Contabilidade 1ºC NOME:...

    1580  Palavras | 7  Páginas

  • Raizes do brasil

    formação da nossa sociedade, o que exige, conseqüentemente, uma análise histórica profunda do contexto colonial estabelecido pelos lusitanos a partir do...

    2667  Palavras | 11  Páginas

  • História do direito no brasil

    tese capitalista encontra-se os melhores historiadores da economia da brasileira (Caio Prado Júnior, Roberto Simonsen, Celso Furtado), tem...

    5521  Palavras | 23  Páginas

  • Direito

    própria escravidão em suas colônias em 1833, os ingleses passaram a defender ardorosamente a supressão do tráfico internacional de escravos junto às demais...

    11263  Palavras | 46  Páginas

  • O historiador, o macaco e a centaura

    O HISTORIADOR, O M ACACO E A C E N TA U R A : A “H I S T Ó R I A C U L T U R A L ” NO NOVO MILÊNIO O...

    10063  Palavras | 41  Páginas

  • Uma revolução de muitos aspectos: visões sobre a Revolução Inglesa de 1640 segundo Christopher Hill.

    visões sobre a Revolução Inglesa de 1640 segundo Christopher Hill. John Edward Christopher Hill (1912 – 2003) era um...

    2100  Palavras | 9  Páginas

  • Colonização, evangelização e resistência indígena na América Espanhola: um breve balanço historiográfico Ana Carolina Lima Almeida e Clinio de Oliveira Amaral*

    Theodoro1 nega essa tese. Para a autora, a colonização da América foi uma obra barroca porque, por meio do barroco, foi estabelecida uma “desordem” capaz...

    4720  Palavras | 19  Páginas

  • Aresa

    motins, as Cartas Chilenas,1 sublevações no final do período setecentista, tiveram as cores ressaltadas pelos historiadores republicanos como...

    6913  Palavras | 28  Páginas

  • Família escrava e trabalho

    6 Tempo Família escrava e trabalho Robert W. Slenes* Sheila de Castro Faria ** Apesar de certas premissas básicas serem aceitas por um grupo numeroso...

    4295  Palavras | 18  Páginas

  • Teoria da burocracia

    conhecimento sobre o verdadeiro significado da burocracia, seus fundamentos, sua teoria, sua origem e sua influência na sociedade...

    4510  Palavras | 19  Páginas

  • TRABALHO SOBRE “O FEDERALISTA”, TOCQUEVILLE E STUART MILL

     UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE FISOLOFIA E CIENCIAS HUMANAS FACULDADE DE CIENCIAS SOCIAIS TRABALHO SOBRE “O FEDERALISTA”,...

    856  Palavras | 4  Páginas

  • estrutura edinamica do sistema colonial

    questionasse, nem que fosse no mundo das aparências, elementos essenciais daquela interpretação, esforçava-se para manter à margem do mundo acadêmico os...

    8534  Palavras | 35  Páginas

  • REVISÃO DE HISTÓRIA DO DIREITO

    antigos documentos, pois o código civil de 1916, proibiu a criação de novas cobranças desses tipos, porém, manteve as que já existiam, além disso, o nosso...

    6346  Palavras | 26  Páginas

  • Escravos na América nos séculos XVII e XIX

    Resenha Escravidão Brasileira - um balanço historiográfico Por Midiane Venceslau dos Santos Os trabalhos de Suely R. R de Queiróz (2001), Robert W....

    655  Palavras | 3  Páginas

  • Historia Do Brasil I 1

    STUART B. SCHWARTZ SEGREDOS INTERNOS ENGENHOS E ESCRAVOS NA SOCIEDADE COLONIAL 1550-1835 Tradução: LAURA TEIXEIRA...

    28255  Palavras | 114  Páginas

  • População escrava na Bahia e a Família escrava e as delimitações da escravidão

     Referência: SCHWARTZ, Stuart.B. Segredos Internos: engenhos e escravos na sociedade colonial, 1550-1835. São Paulo: Companhia das Letras,...

    899  Palavras | 4  Páginas

  • John Stuart Mill

    John Stuart Mill, que tem sido chamado de filosofo de língua inglesa mais influente do século XIX, foi um filosofo, economista, teórico e...

    632  Palavras | 3  Páginas

  • Ascens O Dos Stuarts

     Ascensão dos stuarts (1603 - 1714) O Stuarts foram os primeiros reis do Reino Unido. Rei o James I de Inglaterra que começou...

    2023  Palavras | 9  Páginas

  • John Stuart Mill

    John Stuart Mill: Pensamento Econômico Utilitarismo John Stuart Mill: Pensamento Econômico Utilitarismo RESUMO John...

    2483  Palavras | 10  Páginas

  • Teoria da Burocracia

    Resumo A burocracia é uma forma de organização humana que se baseia na racionalidade, isto é, na adequação dos meios aos objetivos...

    1502  Palavras | 7  Páginas

  • Um estudo da teoria da burocracia como fio condutor na implantação do e-gov

    PREFEITURA MUNICIPAL DE GURUPI FUNDAÇÃO UNIRG FACULDADE UNIRG CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO UM ESTUDO DA TEORIA DA...

    15300  Palavras | 62  Páginas

  • TEORIA DA BUROCRACIA NA ADMINISTRAÇÃO

     1.1As origens da teoria da burocracia na administração. A origem da Burocracia data da antiguidade, como visto nos primórdios...

    1814  Palavras | 8  Páginas

  • caso concreto 2 direito do Brasil

    isso que até os dias de hoje figura a Carta Foral. O Foral de 1537, chega até os dias atuais legitimado, com força de lei, devido ao processo histórico, aos...

    4086  Palavras | 17  Páginas

  • Burocracia

    CAPÍTULO III - Burocracia III.1 – Características da Burocracia De acordo com Max Weber, os atributos da...

    1133  Palavras | 5  Páginas

  • As mulheres negras por cima

    para fazer o curso de História na UFBA. E, finalmente, a Gabriel, a quem dedico essa tese, era nele que eu pensava enquanto escrevia, e foi por ele que...

    102934  Palavras | 412  Páginas

  • Stuart Hall

     Stuart Hall cresceu em Kingston, na Jamaica, e estudou em Oxford, na Inglaterra, onde se estabeleceu como um dos principais sociólogos do...

    3533  Palavras | 15  Páginas

  • A Família Escrava

    passando por considerações de Gilberto Freyre e Caio Prado Júnior, de integrantes da chamada “Escola Sociológica Paulista” tendo à frente o professor...

    12459  Palavras | 50  Páginas

  • Capítulos sobre o Socialismo - John Stuart Mill

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FAFICH – POLITICA II – JUAREZ GUIMARÃES MARCELLA TRINCHERO – 2° PERÍODO Contextualização...

    4137  Palavras | 17  Páginas

  • Análise de cenário segundo peter schwartz

    ANÁLISE DE CENÁRIOS, segundo Peter Schwartz Resumo O emprego de Cenário como ferramenta indispensável no...

    3036  Palavras | 13  Páginas

tracking img