Resenha Hannah Arendt Entre O Passado E O Futuro artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha: hannah, arendt. entre o passado e o futuro

    Aluna: Rafaella de Melo Gomes Resenha: HANNAH, Arendt. Entre o passado e o futuro. São Paulo: Editora Perspectiva, 1972. Arendt compreendia o político antes de tudo como resultado do amor ao mundo. Assim como via na ação a única forma de se fazer política neste mundo. O que move ou instiga o homem a tomar partido sobre os assuntos mundanos, é antes de tudo seu interesse pelo mundo, seu sentimento de responsabilidade e também sobre este. O que Arendt chama de “amor ao mundo”, conceito no...

    500  Palavras | 2  Páginas

  • Resenha Hannah Arendt

    I)   Hannah Arendt- Margarethe von Trotta       O filme de Margarethe Von Trotta sobre a pensadora política Hannah Arendt (1906-1975) conta com um personagem inusitado: o Pensamento! A luta pelo pensamento transforma o filme de Von Trotta num épico! Saí encantada do cinema e intrigada com a questão: será que as pessoas compreenderam o filme do mesmo modo? Fui ler as resenhas sobre ele e me dei conta, para minha surpresa, de que esta foi, sim, a compreensão de vários críticos[1]. Ora, é muito...

    5179  Palavras | 21  Páginas

  • Hannah Arendt: o filme. (O que quer dizer pensar?)

    Hannah Arendt: o filme. (O que quer dizer pensar?) I.b) Hannah Arendt e o julgamento de Eichmann A cineasta habilmente inseriu registros documentais sobre o julgamento de Eichmann, e então temos a oportunidade de assistir efetivamente ao ¨fato histórico¨ – real – que se deu nos inícios da década de 60, quando Hannah Arendt – agora representada pela atriz Barbara Sukova – acompanhou esse episódio. Eichmann – ele mesmo – nos é apresentado em uma gaiola, inacessível ao público que assiste ao...

    5335  Palavras | 22  Páginas

  • resenha escritores da liberdade

    Resenha do filme Escritores da Liberdade Sala 203 – a sala dos desafios e superações O filme “ESCRITORES DA LIBERDADE” tem origem na Alemanha/ EUA, foi lançado no ano de 2007, com duração de 122 min., seu gênero é drama, produção e direção de Richard La Gravenese. Estrelado pela atriz Hilary Swank, a qual interpreta a personagem da professora Erin Gruwell. A história do filme se passa no ano de 1992, baseada em fatos reais, e relata o drama vivido por adolescentes de uma cidade que na época era...

    1277  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha: Hannah Arendt

    RESENHA: HANNAH ARENDT 2014 O filme Hanna Arendt (2012), dirigido por Margarethe von Trott e estrelado por Barbara Sukowa, acompanha a vida de uma das maiores filósofas do século XX, se não a maior, que dá nome à obra, durante sua cobertura ao julgamento do ex-oficial nazista Adolf Eichmann, capturado pelo exército israelense enquanto se escondia na Argentina, e suas consequências. Antes de abordarmos a película, faz-se necessário uma pequena introdução à figura de Hanna Arendt...

    1330  Palavras | 6  Páginas

  • Hannah arendt e a questão da quebra entre passado e o futuro através da memória

    também é clara no titulo do livro "Entre o passado e o futuro" escrito por Hannah Arendt e na expressão de Walter Benjamin, "declínio da experiência". Esta condição: estar entre o que passado e o futuro, é a figura paradoxal que expressa a falta de segurança devido a obscuridade do futuro e a esperança em um novo tempo. Essa linha tênue sobre o que conhecemos que impossibilitaria qualquer um de se relacionar seguramente com o passado ou o futuro restando assim a expectativa de um mar aberto...

    3527  Palavras | 15  Páginas

  • Resenha do livro a condição humana

    Argentina John F. Kennedy Doutorado em Psicologia Social Princípio de Política Resenha – Livro: A condição humana. Autora: Hannah Arendt Professor: Doutor José Luis Speroni Por: Wilma Pereira Ramos. Brasil / Argentina 2013 ESLA / EJUS Universidade Hannah Arendt Por: Wilma Pereira Ramos. Trabalho apresentado à ESLA/ESJUS e à Universidade Kennedy...

    1180  Palavras | 5  Páginas

  • O que resta de Auschwitz RESENHA

    historicista e institui a plenitude do tempo-de-agora como kairos, discutido por Agamben no livro a Infância e a História (AGAMBEN, 1999, 128).3 Quando perguntada, nos anos de 1960, pela televisão alemã o que restava da Europa pré-hitlerista, Hannah Arendt respondeu: "A língua materna" (AGAMBEN, 2008, p. 159). Para compreender este resto, Agamben se vale das tensões que fazem a língua viva, seus polos de inovação e transformação, mas centrados no falante destituído da capacidade de falar. Por isso...

    2847  Palavras | 12  Páginas

  • Quem foi Hannah Arendt

    Quem foi Hannah Arendt? Nome de batismo. Johanna Arendt Data de nascimento. 14 de outubro de 1906 Local. Alemanha (Hannover) Influenciada por: Pré – socráticos, Socráticos, Aristóteles Data de Falecimento. 4 de dezembro de 1975 Local. Nova York, Estados Unidos Hannah Arendt, pensadora da política e da liberdade. A autora de origem judia perseguida pelo regime de Adolf Hitter construiu uma obra fundamental para a compreensão da política e da condição humana. Perdeu o pai com sete...

    679  Palavras | 3  Páginas

  • Hannah Arendt e Gandhi

    INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS PROF. CAMILLO FILHO – ICF HERMENÊUTICA E TEORIA DA ARGUMENTAÇÃO 72H/H 2014.1 NOITE GD HANNAH ARENDT E GANDHI COMPONENTES: Ana Letícia, Diogo Magalhães, Júlia Costa, Leonan D’Artagnan, Marcus Carvalho, Samantha Emanuella. 1. Introdução a Hannah Arendt Hanna Arendt (1906-1975) filósofa, judia nascida na Alemanha. Exilada pra os Estados Unidos (1941) onde faleceu em 1975. Elaborou uma definição de poder que foge aos padrões convencionais, e que tem marca...

    4307  Palavras | 18  Páginas

  • Resenha annar harendt

    Revista Ética & Filosofia Política (Volume 9, Número 1, junho/2006) Hannah Arendt: A Origem da Noção de Autoridade* Davison Schaeffer de Oliveira** Resumo: O objetivo principal deste texto é apresentar os tópicos-chave do pensamento político da Hannah Arendt no que diz respeito ao tema da autoridade. O foco principal é na origem filosófica e política do conceito de autoridade bem como no seu impacto sobre o mundo moderno. Palavras –chave: autoridade, crise, origem, conflito e fundação; ...

    6730  Palavras | 27  Páginas

  • Rupturas entre o Presente e o Passado

    ENTrE O PrESENTE E O PASSADO Leituras sobre as concepções de tempo de Koselleck e Hannah Arendt José D’Assunção Barros* Resumo Este artigo tem por objetivo desenvolver uma análise das recentes reflexões acerca das sensações contemporâneas de ruptura entre presente e passado, examinando, em particular, o pensamento de dois autores – Reinhart Koselleck e Hannah Arendt – sobre as relações entre presente, passado e futuro. O ponto de partida da análise refere-se ao ensaio Futuro passado, escrito por Koselleck...

    9418  Palavras | 38  Páginas

  • Resumo de Crise na Educação em Hannah Arendt

    Hannah Arendt: o social e o político na crise da cultura RESUMO Com implicações sociais e políticas a crise da cultura, segundo o pensamento de Hannah Arendt, foi gradualmente se fazendo sentir a partir da ascensão da burguesia que se, em um primeiro momento, desprezou tudo que não possuísse valor material e utilidade imediata, em seguida passou a monopolizar a arte, convertendo a “cultura” em um meio de adquirir status social. Tal transformação da cultura em uma verdadeira arma para...

    2861  Palavras | 12  Páginas

  • juizo politico em hannah arendt

    RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA JUÍZO POLÍTICO EM HANNAH ARENDT Dissertação de Mestrado Mara Juliane Woiciechoski Helfenstein Porto Alegre 2007 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ARENDT Dissertação de Mestrado em Filosofia para a obtenção do título de Mestre em Filosofia Universidade Federal do Rio...

    59880  Palavras | 240  Páginas

  • Hanna arendt

    Direito Hannah Arendt Filosofia aplicada ao Direito Cassiana Carvalho Viviane Casanova Passo Fundo, Agosto de 2012 Hannah Arendt Conhecida como a pensadora da liberdade, foi uma Cientista Política alemã de origem judaica, que vivenciou as grandes transformações do poder político do século XX, consagrada como um dos grandes nomes do pensamento político contemporâneo por seus estudos sobre os regimes totalitários (nazismo e comunismo) e sua visão crítica da questão judaica. Hannah Arendt segue...

    1697  Palavras | 7  Páginas

  • Filosofia do Direito - Hannah Arendt‏

     Sumário Introdução. - 1. Considerações iniciais. - 2. Política para Hannah Arendt. - 3. Política e Moral. - 4. Pensamento Filosófico e Política. - 5. Política e Direito. - 6. Conclusão. - Referências. Introdução O presente trabalho tem como objeto de estudo a pensadora Hannah Arendt, conhecida como a pensadora da liberdade. Além disso, ela foi reconhecida como uma teórica do inconformismo pelo fato de lutar contra os governos autoritários e os regimes totalitários presentes quase...

    3922  Palavras | 16  Páginas

  • PERFIL Hannah Arendt

    Quem foi Hannah Arendt O trabalho filosófico de Hannah Arendt abarca temas como a política, a autoridade, o totalitarismo, a educação, a condição laboral, a violência, e a condição de mulher. Foi uma teórica política alemã, muitas vezes descrita como filósofa, apesar de ter recusado essa designação. Hannah Arendt tornou-se um dos grandes nomes do pensamento político contemporâneo por seus estudos sobre os regimes totalitários e sua visão crítica da questão judaica. Arendt foi uma pensadora extraordinária...

    1666  Palavras | 7  Páginas

  • Hannah Arendt e os Direitos Humanos

     HANNAH ARENDT Os ideais dos Direitos Humanos Brasília-DF 2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 VIDA DE HANNAH ARENDT 5 OBRAS E IDEAIS 7 BANALIDADE DO MAL ...

    5610  Palavras | 23  Páginas

  • Entre o passado e o futuro, hannah adenth

    Faculdade de Educação - FACED Curso de Pedagogia 2012.2 Disciplina Filosofia da Educação ENTRE O PASSADO E O FUTURO HANNAH ARENDT Salvador 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Faculdade de Educação – FACED Curso de Pedagogia 2012.2 Docente : Vanessa Sievers Discente: Tathiana A. Sanches O presente trabalho tem como substrato de suas reflexões o livro de Hannah Arendt “Entre o Passado e o Futuro”, 4º edição Editora Perspectiva 1997, levando em consideração trechos do livro com base em questões...

    943  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha sobre o filme 1984

    Resenha Dirigido por Michael Radford com John Hurt, Richard Burton, em Londres, 1984 foi baseado no livro do jornalista, ensaísta e romancista britânico, George Orwell, publicado em 1949. O inicio da obra relata o fim de uma guerra com explosões atômicas, que dividiu a nação em três estados totalitários, e entregue a um tipo de poder autoritário e centralizado, assumido pelo líder, “o grande irmão”. A principal peça nessa forma de governo é um membro do partido, Winston, que trabalha na...

    649  Palavras | 3  Páginas

  • Análise do filme “entre os muros da escola” à luz da teoria de hannah arendt

    cotidiano escolar, seus conflitos e suas dificuldades ao exercer sua profissão. O professor ainda tem de lidar com os conflitos étnicos e culturais, pois sua classe têm alunos franceses e imigrantes das ex-colônias da França na África. Apesar de Hannah Arendt, em seu texto “A crise da educação”, analisar a crise da educação nos Estados Unidos, o filme exemplifica esta crise, principalmente, em relação à autoridade e à tradição. A autora deixou claro que qualquer país estaria passível aos acometimentos...

    593  Palavras | 3  Páginas

  • Hannah Arendt

    Hannah Arendt História e Historicidade não andam na contramão na vida de Hannah Arendt, caminham, navegam e sobrevoam em tempos sombrios, onde a vida do espírito ganha reflexão entre o passado e o futura, em busca de uma política justa capaz de julgar com responsabilidade, religando liberdade privada e a liberdade pública, sem perder a condição humana, a pluralidade e a singularidade. Existem pessoas que durante sua temporada existencial fecundam aos cuidados da própria historicidade valores...

    2498  Palavras | 10  Páginas

  • Reflexões sobre a Educação no Pensamento de Hannah Arendt

    Reflexões sobre a Educação no Pensamento de Hannah Arendt Ronaldo Callegaro1 Resumo: A partir das obras: “A Condição Humana” e “Entre o Passado e o Futuro” – este trabalho apresenta um esboço daquilo que Hannah Arendt entende por educação e sua relação direta com espaço público – o qual, segundo a autora, perdeu seu sentido primeiro: “o do debate político”, transformado num espaço ocupado pelo mercado, pautado exclusivamente pelas trocas comerciais. Houve uma inversão de valores: o espaço...

    5216  Palavras | 21  Páginas

  • A condição humana - hanna arendt

    A Condição Humana Hannah Arendt “O que torna tão difícil suportar a sociedade da massa não é o número de pessoas que ela abrange, ou pelo menos não é este o fator fundamental. Antes, é o fato de que o mundo entre elas perdeu a força de mantê-las juntas, de relacioná-las umas  às outras e de separá-las”. A Condição Humana (Hannah Arendt) Sumário 1. Introdução .............................................................................................. 04 2. Biografia .........

    8018  Palavras | 33  Páginas

  • A banalidade do mal em hannah arendt

    A banalidade do mal em Hannah Arendt Um esboço de anteprojeto monográfico Apresentação Hannah Arendt nasceu em Hanover, em 1906. Filha de família judia, rica e intelectualizada, chegou a ler Kant aos dezesseis anos. Na Alemanha, estudou nas Universidades de Marburgo, Friburgo e Heidelberg. Nesta última, onde se doutorou em 1928, foi aluna de Heidegger e Jaspers. Entre suas produções mais famosas, quase todas com boas traduções para a língua portuguesa, estão The Human Condition (1958); Between...

    2201  Palavras | 9  Páginas

  • hannah arendt

    INTRODUÇÃO Neste trabalho iremos apresentar a filósofa Hannah Arendt, falando sobre sua vida, suas origens e teses. Mostrando o quão foi importante para o mundo na segunda guerra mundial. Desenvolvimento Nascida no dia 14 de outubro de 1906 em Hannover na Alemanha Hannah foi batizada como Johanna. Estudou na universidade de Marburg onde permaneceu um ano durante o qual assistiu aulas de filosofia, teologia protestante e grego e na universidade de Freiburg. Cursou doutorado em filosofia na universidade...

    506  Palavras | 3  Páginas

  • A vida de Hannah Arendt

    1 HANNAH ARENDT Hannah Arendt nasceu em 1906, numa cidade chamada Hanover. Sua infância foi marcada pelo esmero, que seus pais Martha e Paul Arendt lhe ofereciam, desta maneira tornando assim a sua infância um momento inesquecível e marcante em sua vida. Esta família era marcada pela tradição judaica e por uma participação um tanto tímida na política. A condição financeira destes não era precária; entretanto, possuíam uma condição média, que lhe propiciava um bem-estar razoável. A vida de Arendt...

    2545  Palavras | 11  Páginas

  • Hannah Arendt

    Liberdade e Política em Hannah Arendt e a dificuldade de exercê-la Liberdade e Política são dois conceitos que foram tratados durante muito tempo pela filosofia e ciência política como temas que sempre estiveram inseridos no âmbito da metafísica, em um campo meramente conceitual e especulativo que, segundo Hannah Arendt, muito pouco ou quase nada prático. Por tal motivo, o conceito de política carece de profundidade, sendo debatido e discutido superficialmente. Com isso, uma questão que se...

    2116  Palavras | 9  Páginas

  • Hanna Arendt

    SALVADOR/ 2013 A Crise Na Educação Hannah Arendt Sobre a autora Hannah Arendt nasceu em Hanôver na Alemanha no ano de 1906. Foi uma filósofa política alemã de origem judaica, uma das mais influentes do século XX. Suas obras foram: O conceito do amor em Santo Agostinho; As origens do totalitarismo (1951); A condição humana (1958); Sobre a Revolução (1963); Eichmann em Jerusalém (1963). Hannah Arendt faleceu em 1975, nos E.U.A. Contexto Da...

    1513  Palavras | 7  Páginas

  • A condição humana - hannah arendt

    Resenha A condição Humana – Hannah Arendt Vita Activa – “A vida humana na medida em que se empenha ativamente em fazer algo” – “A atividade humana seria o grande pano de fundo da idéia de vita activa”. Arendt. P. 67. As origens da ação remontam á polis grega, espaço de ação política, através da pluralidade de opiniões. Nas esferas privadas e públicas Hannah pretende realizar uma genealogia da ação política sublinhando a oposição entre a esfera daquilo que é comum (koinon) aos cidadãos...

    2724  Palavras | 11  Páginas

  • O que é liberdade por hannah arendt

    O que é Liberdade por Hannah Arendt Livro – Entre o Passado e o Futuro Hannah Arendt entende a liberdade como manifestação do homem no espaço público, mediado pela ação e pela linguagem. Política sem liberdade é uma compreensão distorcida de política, tanto quanto conceber liberdade sem política. Esse espaço público é o local onde uma significa a outra. Há nessas esferas uma co-originalidade, onde uma dá suporte a outra no tocante a seu significado. A isso Arendt chama atenção da seguinte forma: ...

    890  Palavras | 4  Páginas

  • O conceito de violência de Hannah Arendt

    A reflexão sobre violência perpassa a obra de Hannah Arendt, como conseqüência de seu pensar sobre a liberdade. Hannah Arendt já alertara para a falta de grandes estudos sobre o fenômeno da violência e a conseqüente banalização do conceito. Segundo esta autora, a violência caracteriza-se por sua instrumentalidade, distinguindo-se do poder, do vigor, da força e, mesmo, da autoridade. A política constitui-se o horizonte de interpretação da violência, que não é nem natural, pessoal ou irracional. A...

    5148  Palavras | 21  Páginas

  • Percep es de Hannah Arendt Sobre a Filosofia da Educa o

    Isaías Langa João Tiago Macande Contribuições e Percepções da Educação na Perspectiva Filosófica de Hannah Arendt (1975-1906) Licenciatura em Ciências da Educação Universidade Pedagógica Maputo 2015 António Pedro Mabuleza Jaime Salvador Moiane Nádia Antonieta Isaías Langa João Tiago Macande Contribuições e Percepções da Educação na Perspectiva Filosófica de Hannah Arendt (1975-1906) Licenciatura em Ciências da Educação Trabalho de Investigação da Cadeira de Filosofia da Educação...

    3244  Palavras | 13  Páginas

  • hanna arendt

    multifacetado, naquilo que Paul Ricoeur chama de “anatomia da guerra” e de “fisiologia da violência” (RICOEUR: s/d, p. 237). Para efetuar esta tarefa, propomo-nos a entender o conceito de violência em uma autora da filosofia política de nosso século, Hannah Arendt.[4] Ela mesma já alertara para a falta de grandes estudos sobre o fenômeno da violência e a conseqüente banalização do conceito: "Ninguém que se tenha dedicado a pensar a história e a política pode permanecer alheio ao enorme papel que violência...

    6706  Palavras | 27  Páginas

  • Resenha sobre a revolução hannah

    Sobre a revolução, de Hannah Arendt. Tradução de Denise Bottmann.  O livro “Sobre a revolução”, dedicado por Hannah Arendt a Gertrud e Karl Jaspers e publicado em 1963, pouco mais de dez anos depois de “Origens do totalitarismo” (1951), é um marco na literatura política do século XX. Ele faz parte do período mais rico da trajetória intelectual da filósofa, quando foram escritos também “A condição humana” (1958), e a coletânea de ensaios “Entre o passado e o futuro” (1961). “Sobre a revolução”...

    2415  Palavras | 10  Páginas

  • Hannah e a Revolução Francesa por Newton Bignotto

    Newton Bignotto* Hannah Arendt e a Revolução Francesa Resumo O artigo trata, em primeiro lugar, das observações feitas por Arendt em Sobre a Revolução a respeito dos acontecimentos que mudaram a França no final do século XVIII. Damos destaque ao fato de que ela procura entender a Revolução Francesa, sobretudo, a partir das posições de Robespierre, e de suas ligações com o pensamento de Rousseau. Reconhecendo as limitações historiográficas do livro, procuramos mostrar que a grande contribuição...

    7414  Palavras | 30  Páginas

  • Hannah Arendt

    Hannah Arendt: pensar a crise da educação no mundo contemporâneo RESUMO Dividido em três etapas complementares, o presente artigo discute a reflexão de Hannah Arendt sobre a crise da educação no mundo contemporâneo. Na primeira parte se estabelecem algumas conexões teóricas gerais entre as teses de Arendt a respeito da crise da educação e sua reflexão filosófico-política sobre a crise política da modernidade. Na segunda parte do texto, discute-se a hipótese arendtiana de que a crise da educação...

    8696  Palavras | 35  Páginas

  • A liberdade - resenha hanna arendt

    Silvia Rosa Piccolo Silva - Matr. 201002229294 - 19/10/2011 Texto de Hannah Arendt - A liberdade (Entre o passado e o futuro) Pode-se considerar o contexto de Entre o passado e o futuro, uma seqüência de outros ensaios que refletem sobre a tradição, que preserva o mundo, e a liberdade, que o transforma. A educação se insere nesse meio,com potencial renovador que cada nova geração traz consigo. ...

    647  Palavras | 3  Páginas

  • HANNA ARENDT ANDERSON

    HANNAH ARENDT: UM OLHAR SOBRE OS PRESSUPOSTOS ANTROPOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO À LUZ DA FILOSOFIA DA EXISTÊNCIA Anderson Balbinot - UCS Resumo: Dividido em duas partes complementares, este artigo discute as contribuições que os pressupostos antropológicos presentes na filosofia da existência, representada pela obra arendtiana, podem colaborar para a reflexão sobre a educação contemporânea. Na primeira parte do artigo, se propõe a caracterização da filosofia da existência em suas ideias fundamentais. Na...

    5541  Palavras | 23  Páginas

  • A relação que Hanna Arendt faz entre a crise na Educação e a perda da tradição

    horizonte de expectativas, onde o passado recua mais rápido do que avança o futuro. Necessitando assim, de uma resistência à sedução exercida pelas expectativas puramente utópicas sem o devido valor de apoio na experiência vivida. A relação que Hannan Arendt faz entre a crise na educação e a perda da tradição potencializada pelos tempos modernos considera que a crise da autoridade na educação guarda a mais estreita conexão com nossa atitude face ao âmbito do passado. Era da essência da atitude romana...

    1133  Palavras | 5  Páginas

  • Fichamento - Hannah Arendt: Sobre a Revolução

    ARENDT, Hannah. Sobre Revolução. São Paulo: Cia. das Letras, 2011. 4. Fundação I: Constitutio libertatis 1) “Existiam homens no Velho Mundo que sonhavam com a liberdade pública, existiam homens no Novo Mundo que provaram a felicidade pública – são estes, em última análise, os fatos que determinaram que o movimento de restauração, de recuperação dos antigos direitos e liberdades, evoluíssem para uma revolução dos dois lados do Atlântico. E, por mais que os acontecimentos e as circunstâncias...

    29772  Palavras | 120  Páginas

  • arendt, hanna

    Griot – Revista de Filosofia v.8, n.2, dezembro/2013 ISSN 2178-1036 SOBRE A CONDIÇÃO HUMANA NO PENSAMENTO DE HANNAH ARENDT E KARL MARX Leonardo Pellegrinello Camargo1 Centro Universitário Claretiano (CEUCLAR) RESUMO: Neste artigo, abordamos a diferenciação entre trabalho e obra no pensamento de Hannah Arendt, que, embora pareçam para a modernidade conceitos similares ou até idênticos, para a filósofa esta diferenciação é crucial para uma abordagem crítica necessária da condição...

    5484  Palavras | 22  Páginas

  • resumo hannah arent

    Roteiro de Discussão Disciplina – Ciências Sociais e Educação Texto – ARENDT, Hannah. A Crise da Educação. In. Entre o Passado e o Futuro. São Paulo: Ed Perspectiva, 2005 (1° ed. 1954) Resumo do texto: Hannah Arendt inicia seu texto abordando a crise que acomete o mundo “Pós Segunda Guerra Mundial”, e retorna os seu olhares para a América, para ela a crise educacional é mais notável dado o grande número de imigrantes que entram no país, embora ele possua como principal lema Novus Ordo Seclorum...

    1066  Palavras | 5  Páginas

  • Hanna Arendt- O que é política

    Hannah Arendt O Que É POLÍTICA? 3- edição Organização Ursula Ludz Prefácio Kurt Sontheimer Tradução Reinaldo Guarany B BERTRAND BRASIL Copyright © R. Piper GmbH & Co., Munchen 1993 Título original: Was ist Politik? Capa: Leonardo Carvalho Editoração eletrônica: Imagem Virtual Editoração Ltda. 2002 Impresso no Brasil Prinied in Brazil CIP-Brasil. Catalogação-na-fonte Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ. Arendt, Hannah A727o O que é política? / Hannah Arendt; [editoria...

    69426  Palavras | 278  Páginas

  • Port. sociologia -resenha

    SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO EVANIO NOVAIS FERNANDES RESENHA CRITICA PILAR 2010 EVANIO NOVAIS FERNANDES RESENHA CRITICA Trabalho apresentado ao Curso BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina SOCIOLOGIA Prof...

    3067  Palavras | 13  Páginas

  • Hannah Arendt - Condição Humana

    Resultados da pesquisa 'A Condição Humana' de Hannah Arendt www.mundodosfilosofos.com.br/a-condicao-humana-hannah-arendtt.htm “A condição humana” de Hannah Arendt. Ao começar sua obra, “A condição humana”, Hannah Arendt alerta: condição humana não é a mesma coisa que ... Você visitou esta página 3 vezes. Última visita: 13/11/14 Resenha a condição humana hannah arendt - Trabalhos de ... www.trabalhosfeitos.com/...Condição-Humana-Hannah-Arendt/322877.... Avaliação: 4,5 - ‎1 voto A VIDA ATIVA...

    517  Palavras | 3  Páginas

  • Entre o Passado e o Futuro: Breve resenha sobre o pensamento político de Hannah Arendt

    filósofa política Hannah Arendt contribuíram extraordinariamente para a teoria política de nossa época. Seu pensamento tinha como paradigma a polis ateniense, da qual ela resgata as noções de liberdade, ação e política. Em seus estudos – dos quais surgiram livros importantíssimos para análise da nossa realidade moderna, como é o caso de As Origens do Totalitarismo, a Condição Humana, Sobre a violência e Entre o Passado e o FuturoArendt, analisa o fenômeno da ruptura entre o passado e a época moderna...

    3715  Palavras | 15  Páginas

  • Tese Liberdade em arendt

    Mariana de Mattos Rubiano Liberdade em Hannah Arendt. São Paulo 2011 Mariana de Mattos Rubiano Liberdade em Hannah Arendt Dissertação apresentada ao Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo para obtenção de título de Mestre em Filosofia. Orientador: Prof. Dr. Alberto Ribeiro Gonçalves de Barros São Paulo 2011 FOLHA DE APROVAÇÃO Nome: Mariana de Mattos Rubiano Título: Liberdade em Hannah Arendt Dissertação apresentada ao Departamento...

    51314  Palavras | 206  Páginas

  • RESENHA DOS LIVROS: LEVITÃ, A CONDIÇÃO HUMANA E AS MISÉRIAS DO PROCESSO PENAL

    teorias do Leviatã eliminam essa hipótese, promovendo a separação entre poder divino e secular. O pacto de Hobbes requer um governo absoluto, daí sua defesa da monarquia, simbolizada na figura do monstro bíblico. quem nos lembra A Condição Humana de Hannah Arendt é uma obra filosófica que interpreta a modernidade como a era que colocou em perigo a condição mais básica da vida humana: a pluralidade. Em sua formulação, a pluralidade consiste numa síntese entre igualdade e diferença: todo ser humano é único...

    5669  Palavras | 23  Páginas

  • pensamento de teoria política, de Hannah Arendt

    Opinião e verdade. Por Claudia Lima Alguns conhecimentos extraidos do pensamento de teoria política, de Hannah Arendt nomeadamente, opinião e verdade. Título original: «Truth and Politics». O texto original texto foi publicado pela primeira vez em The New Yorker, em Fevereiro de 1967 e integrado no livro «Between Past and Future», editado no ano seguinte.sobre a Hannah Arendt nasceu em 1906, em Hannover, na Alemanha, de uma família judia. Cedo ela direcionou seus estudos para a filosofia...

    2764  Palavras | 12  Páginas

  • Hannah Arendt

    HANNAH ARENDT – Sobre a violencia Sobre Hannah: viveu a epoca dos regimes totalitarios (nazismo e comunismo) e defendia as liberdades individuais, a legitimidade da desobediencia civil e se colocou contra as "sociedades de massas" e os crimes contra a pessoa. Distingue conceitos tratados como sinonimos • Poder: agir em concerto. Nunca e propriedade de uma so pessoa, exige o consenso e a uniao de um grupo. É um fim em si mesmo, nao um meio para um fim. Nao precisa de instrumento ou justificacao...

    578  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha: Os argonautas da cidadania - Liszt Vieira

    texto aborda o conceito de espaço público no âmbito da teoria política, com três concepções: uma tradição republicana representada pela visão agonística por Hannah Arendt; uma tradição liberal que preocupa com a questão de ordem estável e justa representada por Bruce Ackerman; e por fim, uma vertente discursiva por Jürgen Habermas. Arendt fundamenta toda sua compreensão de espaço público a partir de uma crítica à modernidade, vista como ruptura da tradição. Para ela houve uma perda do espaço público...

    3311  Palavras | 14  Páginas

  • Resenha do Filme "O Leitor"

    envergonha muito – mais do que de ter participado da morte de centenas de pessoas. RESENHA CRÍTICA Enquanto volta da escola, o adolescente Michael Berg sente-se mal e é ajudado por uma mulher, Hanna Schmitz, que o leva a seu apartamento e cuida dele. Eles se envolvem afetivamente, e passam a encontrar-se com frequência no apartamento dela. Hanna gosta que Michael leia para ela antes das relações sexuais. Passado um tempo, Hanna sente-se desconfortável com a relação em função das diferenças entre...

    995  Palavras | 4  Páginas

  • resenha-modernismo revisitado

    Modernismo Revisitado (Eduardo Jardim de Moraes) RESENHA: Eduardo Jardim de Moraes, autor de “Modernismo Revisitado” é professor de Filosofia na PUC-Rio. Fez o mestrado na PUC, doutorado na UFRJ e pós-doutorado na Alemanha. Dentre suas principais publicações estão: A duas vozes - Hannah Arendt e Octavio Paz. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007. Mário de Andrade: A Morte do Poeta. 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2005.  Em “modernismo revisitado” o autor escreve sobre...

    849  Palavras | 4  Páginas

  • 20147 82059 2 PB

    entre o passado e o futuro R esenha José Luís Schifino Ferraroa Resenha de: Editor Maria Inês Côrte Vitoria PUCRS, RS, Brasil Equipe Editorial Pricila Kohls dos Santos PUCRS, RS, Brasil Marcelo Oliveira da Silva PUCRS, RS, Brasil Carla Spagnolo PUCRS, RS, Brasil Rosa Maria Rigo PUCRS, RS, Brasil e-ISSN 2179-8435 A matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/ ARENDT, Hannah...

    2682  Palavras | 11  Páginas

  • Resenha: a condição humana

    17. A CONDIÇÃO HUMANA, de Hannah Arendt Profª. Ms. Lucirene Aparecida Carignato 1 ________________________________________________________________________________ Resenha de: ARENDT, Hannah. A condição humana. 10 ed. Rio de Janeiro: Editora Forense Universitária, 2004. A perda do espaço público como local privilegiado e único da prática da democracia e a diminuição do status do homem de ser político (que age) para Homo Faber (que cria) até Animal Laborans (que se reproduz). Eis, em síntese...

    2148  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha crítica - Hannah Arendt - O que é Política ?

    Henrique Galvão Raiane Rodrigues Reis Santos Thaylane Trindade Lima Pinto Resenha Crítica: O Sentido da Política, § I Tem a Política ainda algum Sentido? Camaçari 2014 Antonio Mateus de Oliveira Emily Lobo Cardoso Filipe Santos Diniz Gabriel Antonio Hanns Miller Santana João Gabriel Lustoza de Almeida Maria Siloé Sousa Lima Pedro Henrique Galvão Santos Raiane Rodrigues Reis Santos Thaylane Trindade Lima Pinto Resenha Crítica: O Sentido da Política, § I Tem a Política ainda algum Sentido? ...

    808  Palavras | 4  Páginas

  • O que é política - Hanna Arendt

    Henrique Galvão Raiane Rodrigues Reis Santos Thaylane Trindade Lima Pinto Resenha Crítica: O Sentido da Política, § I Tem a Política ainda algum Sentido? Camaçari 2014 Antonio Mateus de Oliveira Emily Lobo Cardoso Filipe Santos Diniz Gabriel Antonio Hanns Miller Santana João Gabriel Lustoza de Almeida Maria Siloé Sousa Lima Pedro Henrique Galvão Santos Raiane Rodrigues Reis Santos Thaylane Trindade Lima Pinto Resenha Crítica: O Sentido da Política, § I Tem a Política ainda algum Sentido? ...

    2144  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha Crítica do Filme Escritores da Liberdade

    educação e a realidade dos alunos. Por fim apresentarei nas considerações finais, o nosso ponto de vista sobre a problemática em questão. Diante disso, espero contribuir para a compreensão dessa temática, que penso ser fundamental para a formação dos futuros professores. INSERIR SUBTITULO Para Frank Mc Court (2006, p. 29) Não deixe que eles tomem conta da sala de aula. Faça frente a eles. Mostre quem manda. Seja firme ou morra. Não aceite desaforos. Diga para eles, Abram os seus cadernos hora do...

    3400  Palavras | 14  Páginas

  • Resenha Critica Filme HANNAH ARENDT

    Resenha crítica do filme “Hannah Arendt” O filme “Hannah Arendt”, lançado em 2012 e dirigido por Margarethe Von Trotta, relata a polêmica criada em torno das impressões de Hannah Arendt sobre o julgamento do nazista e ex-oficial SS, Adolf Eichmann, realizado em Jerusalém, Israel. Hannah Arendt, alemã de origem judaica e filósofa de grande influência do século XX, fora discípula e amante do filósofo e professor na Universidade de Marburg, Martin Heidegger, que se revelou nazista durante a Segunda...

    940  Palavras | 4  Páginas

tracking img