• Semana de arte moderna
    adjetivo "novo", marcando todas estas manifestações, propunha algo a ser recebido com curiosidade ou interesse.  Embora tenha sido alvo de muitas críticas, a Semana de Arte Moderna só foi adquirir sua real importância ao inserir suas idéias ao longo do tempo. O movimento modernista continuou a expandir-se...
    8720 Palavras 35 Páginas
  • esaú e jacó
    caráter do narrador, recebeu inúmeros estudos, adaptações para outras mídias e sofreu inúmeras interpretações, desde psicológicas e psicanalíticas na crítica literária dos anos 30 e dos anos 40, passando pelo feminismo na década de 1970 até sociológicas da década de 1980, e adiante. Creditado como um precursor...
    2092 Palavras 9 Páginas
  • Realismo-Naturalismo
    transformações econômicas, políticas, sociais e culturais da segunda metade do século XIX. A Revolução Industrial iniciada no século XVIII entra numa nova fase, caracterizada pela utilização do aço, do petróleo e da eletricidade; ao mesmo tempo, o avanço científico leva às novas descobertas nos campos da Física...
    2092 Palavras 9 Páginas
  • Fernando pessoa
    Excluindo o público de eleição, que muito agradado ficou com a ideia vangardista , o mesmo não se passou com o público em geral, donde recebeu árduas críticas. Após o lançamento da segunda edição eram evidentes as marcas desta que se notavam no ambiente literário e político português. Em julho do mesmo...
    7348 Palavras 30 Páginas
  • Resumão do livro Contos de Aprendiz - Carlos Drummond de Andrade
    Característica da obra. Contexto histórico. Ideologias Pregadas na obra. Resumo da obra. Comprovação dos elementos da narrativa. Biografia do autor. Resenha crítica. Referências Características da Obra ...
    2020 Palavras 9 Páginas
  • resenha; Educação em um mundo Pós- Moderno
    JOSLAINE CAMARGO KOGA RESENHA: CULTURA, SOCIEDADE, ARTE E EDUCAÇÃO EM UM MUNDO PÓS-MODERNO Resenha apresentada ao curso de Artes Visuais. Disciplina: Fundamentos do Ensino das Artes Visuais. Professor: Renan dos Santos Silva. Londrina 2010 RESENHA O texto primoroso, Cultura...
    1121 Palavras 5 Páginas
  • Guimarães Rosa
    Cordisburgo, Minas Gerais, em 27 de junho de 1908. Filho de Francisca Guimarães Rosa e Florduardo Pinto Rosa.  Faz parte da terceira geração do Modernismo.  Guimarães Rosa com menos de 7 anos estudava por conta própria francês e em 1917 com a chegada do Frei Canísio Zoetmulder, frade holandês...
    2271 Palavras 10 Páginas
  • Clássico e Romântico
    Faculdade de Artes Visuais Curso de Arquitetura e Urbanismo História da Arquitetura II Professora: Isabela Ferrante Aluno: Adriel Augusto Queiroz RESENHA – CLÁSSICO E ROMÂNTICO ARGAN, Giulio Carlo. Clássico e Romântico. In: Arte Moderna. Tradução de Denise Bottmann e Frederico Caroti. São Paulo: Companhia...
    2114 Palavras 9 Páginas
  • Resenha Pontos Luminosos Daniel Piza
     Resenha: “Pontos Luminosos”- Jornalismo Cultural O texto “Conversas Humanistas” conta a história do jornalismo cultural de uma forma diferente da convencional lida normalmente em livros convencionais de história sobre o jornalismo. O autor mesmo cita que o texto trata-se de um “passeio...
    3830 Palavras 16 Páginas
  • adolf
    ______________________________________________________________________________________ Objetivo geral: Proporcionar ao corpo discente uma visão crítica da arquitetura e suas transformações, tendo em vista a formação de repertório que o habilite para o exercício profissional comprometido com o contexto...
    1544 Palavras 7 Páginas
  • História Concisa da Literatura
    Távora, 155. O teatro, 163. Martins Pena, 163. Gonçalves Dias, 167. Alencar, 16o. Agrário de Meneses, Paulo Eiró, 169. A consciência histórica e critica, 171. Tradicionalismo,172. Radicalismo,174. Permanência da Ilustração. J. Francisco Lisboa, 175. V . O REALISMO Um nôvo ideário, 181. A ficção, 18o...
    28326 Palavras 114 Páginas
  • Formação da literatura brasileira
    UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE LETRAS CURSOS DE LETRAS PROF: DINO CAVALCANTE MÁRCIA MIRANDA DE SOUSA Resenha crítica do livro de Antônio Candido: Formação da Literatura Brasileira Quinta edição, 2º volume (1836-1880). O surgimento do romantismo se deu a partir...
    3982 Palavras 16 Páginas
  • Semana de arte moderna semana de arte moderna
    Oswald de Andrade[->66], Menotti del Picchia[->67], Manuel Bandeira[->68], Tarsila do Amaral[->69], Villa-Lobos[->70] e outros, marca o advento do modernismo brasileiro e é o ponto de encontro das várias tendências modernas que vinham, desde a Primeira Guerra Mundial (1914-18), se firmando em São Paulo...
    16466 Palavras 66 Páginas
  • autores modernistas
    em contraste à suas obras de tom bíblicas anteriores. Nesta segunda fase, Vinícius de Moraes é caracterizado por inovações na ordem formal, a mais notável destas seria o aparecimento dos sonetos. Revela também, nesta segunda fase, uma valorização para o momento, com as coisas acontecendo de repente...
    3951 Palavras 16 Páginas
  • Carrinho
    textos veiculados nesses periódicos constituem-se no corpo documental básico do trabalho, caso da instigante análise de João Luiz Lafetá sobre a crítica literária de Agripino Grieco, Tristão de Ataíde, Mário de Andrade e Otávio de Faria, levada a cabo a partir de artigos publicados em algumas das revistas...
    6161 Palavras 25 Páginas
  • Antologia de textos literarios da lingua portuguesa
    liberto da escrita nobre, o artista volta-se para uma forma prosaica de dizer, feita de palavras simples e que, inclusive, admite erros gramaticais. Resenha Crítica Esse trabalho foi criado para a apresentação de uma Antologia de textos literários da Modernidade (trabalho de Língua Portuguesa). Foram apresentados...
    4313 Palavras 18 Páginas
  • resenha crítica arquitetura contemporânea
    UNIFAVIP Caruaru, Fevereiro de 2014. RESENHA CRÍTICA Disciplina de Arquitetura Contemporânea Docente: Ariadne Paulo Silva Estudantes: Anna Gabrielly e Marianna Correia 7° período – 2014.1 RESENHA CRÍTICA DO TEXTO ‘ARQUITETURA MODERNA E PÓS-MODERNA’...
    365 Palavras 2 Páginas
  • Plano língua portuguesa
    (foco: escrita) tira em quadrinhos Texto literário (foco:leitura) A prosa e a poesia moderna Texto argumentativo (foco: leitura e escrita) resenha crítica Texto informativo (foco: leitura e escrita) Bilhete Funcionamento da língua Ecos e ambiguidades Categorias da narrativa: personagem, espaço...
    1588 Palavras 7 Páginas
  • Professora
    TRAJETÓRIA POÉTICA DE EMÍLIO MOURA: MODERNISMO E DIÁLOGO COM A TRADIÇÃO Viviana Pereira Silva- mestranda Unimontes RESUMO: Emílio Moura foi um dos nomes mais significativos do movimento renovador da literatura em Minas Gerais. Entretanto, a crítica encontra dificuldades em classificar...
    3272 Palavras 14 Páginas
  • Literatura
    Pré Modernismo no Brasil 1 – O que vem a ser Pré Modernismo? O pré-modernismo foi um período literário brasileiro, que marca a transição entre o simbolismo e modernismo e o movimento modernista seguinte. Em Portugal, o pré-modernismo configura o movimento denominado saudosismo. O termo pré-modernismo...
    9935 Palavras 40 Páginas